Site com a reunião dos trabalhos literários do autor.

21/07/2009

História de empresas






A Microsoft Corporation, frequentemente abreviada como MS, é a uma empresa multi-nacional de softwares dos EUA.

A Microsoft foi fundada em 1975 por Bill Gates e Paul Allen. O primeiro produto desenvolvido pela empresa foi uma versão do interpretador BASIC, para o computador Altair 8800 da MITS. Em 1977 é lançado o Microsoft FORTRAN, para computadores baseados em CP/M.

Em 1980 a IBM planeja lançar seu computador pessoal com o sistema CP/M, mas as negociações com a Digital Research falham e a IBM procura a Microsoft para desenvolver o seu sistema operacional. Sem ter um sistema para entregar, a Microsoft acerta um contrato não exclusivo de licenciamento com a IBM e procura a Seattle Computers para comprar o seu sistema Q-DOS. Em 1982 a Microsoft começa a desenvolver aplicações para o Macintosh da Apple, lança o Microsoft COBOL e a planilha eletrónica Multiplan para MS-DOS. No ano seguinte anuncia o Microsoft Word e o Microsoft Windows. Em 1985 a Microsoft e a IBM assinam acordo para desenvolvimento conjunto de um futuro sistema operacional, no mesmo ano lança o Microsoft Windows 1.0 por 99 dólares. Em 1987 a Microsoft compra o programa de apresentações PowerPoint e lança a planilha eletrônica Excel. Em 1988 a Apple acusa a Microsoft de plágio sobre o seu Macintosh OS (este já uma cópia, do Xerox Alto) com o Windows 2.0 , no ano seguinte formam uma aliança para desenvolver o padrão de fontes TrueType.

Em 1990 a Microsoft apresenta o Windows 3.0 para computadores pessoais e o OS/2 desenvolvido com a IBM para estações de trabalho. Nos anos seguintes anuncia em conjunto com outras empresas os padrões Multimidia PC, Advanced Power Management e o Plug and Play. Em 1992 a Microsoft e a IBM encerram o acordo de cooperação e dividem o sistema desenvolvido, a IBM passa a desenvolver o OS/2 4.0 e a Microsoft anuncia o Windows NT 3.0, no mesmo ano lança o Microsoft Access para Windows.

Em 1995 é lançado o Windows 95, um sistema operacional completo para computadores pessoais que elimina a necessidade do MS-DOS. No mesmo mês lança o Internet Explorer, parte do pacote Windows 95 Plus!, vendido separadamente. No ano seguinte lança o Windows NT 4.0, com o visual do Windows 95 e a segurança do Windows NT.

Em 1997 a Microsoft compra a WebTV e investe 150 milhões de dólares na concorrente Apple. No ano seguinte lança o Windows 98 incorporado ao Internet Explorer, iniciando um processo de monopólio movido pelo governo dos Estados Unidos, esse processo terminou em 2001 com a condenação da empresa.

Em 2001 lança o Windows XP juntando as linhas de sistemas operacionais Windows 95/98/Me para computadores pessoais, com o Windows NT/2000 para estações de trabalho, introduzindo uma nova interface gráfica. No mesmo ano lança a Xbox, a sua primeira consola de videojogos que ia competir com a Sony PlayStation e a Nintendo GameCube. Em 2007, a Microsoft lança o Windows Vista com uma interface gráfica aprimorada.

Em 1994, antes do lançamento do Windows 95, a empresa já havia sido processada por pressionar fabricantes de equipamentos a lançar seu produto apenas para sua plataforma operacional. Por tal acto a empresa foi multada em um milhão de dólares norte-americanos por dia até que cessasse as perseguições de que se referiram os pressionados.A partir de 1998 foi envolvida numa disputa legal com o governo federal dos Estados Unidos a respeito do uso de prática ilegais com o objectivo de criação e manutenção de um monopólio na área de software. Este processo acabou em 2001 com o veredito de condenação da empresa, e a imposição de novas normas de conduta para o mercado de tecnologia. As evidências levantadas durante o julgamento contribuíram para aumentar junto ao público a percepção de que a empresa se utilizou de práticas anti-competitivas para alcançar a posição dominante que desfruta até hoje no mercado. Muitos dos processos foram movidos por consumidores de 18 estados americanos, e não apenas por empresas, que a acusaram de desrespeitar os direitos do consumidor. E após o pagamento de mais de 3 bilhões de dólares em indenizações a empresa pôde continuar com seus negócios.

Em 30 de Janeiro de 2007 a Microsoft realizou o lançamento do MS Windows Vista, que segundo a empresa, é o sistema operacional mais seguro e estável já desenvolvido pela mesma, além de estar disponível para sistemas 32 bits e 64 bits. A empresa também comprometeu-se em respeitar mais os padrões da Internet, como os definidos pelo W3C, que não são adoptados integralmente pelo navegador Internet Explorer.

Mais tarde, no dia 10 de Janeiro de 2009, é lançada a versão de testes do Windows 7 (Seven), a versão do sistema operacional para PC.



A bebida Coca-Cola foi desenvolvida a partir da fórmula de um remédio, tônico para os nervos, dosado pelo farmacêutico John Styth Pemberton em 1886 em Columbus, no estado da Geórgia, EUA. Recebeu originalmente o nome de Pemberton's French Wine Coca. Ele foi inspirado pelo sucesso formidável de um produto similar europeu de Angelo Mariani chamado Vin Mariani.

A bebida recebeu o nome de Coca-Cola porque originalmente o estimulante misturado na bebida era cocaína, que vem das folhas de coca, originalmente da Colômbia. A bebida também recebeu seu sabor de noz de cola. Hoje, o estimulante foi alterado para cafeína, mas o sabor ainda é feito através de noz de cola e folha de coca. A cocaína foi removida das folhas e a bebida não contém traços da droga. Era vendida originalmente como remédio por cinco cents o copo. Depois foi relançada como bebida leve. As primeiras vendas foram feitas na Farmácia de Jacob na cidade de Atlanta, em 8 de maio de 1886, e pelos primeiros oito meses apenas nove bebidas eram vendidas durante o dia todo. Pemberton anunciou a bebida pela primeira vez em 29 de maio do mesmo ano no Atlanta Journal.

A princípio, o concentrado era embalado em pequenos barris de madeira, na cor vermelha. Por isso, o vermelho foi adotado como cor oficial da bebida. Até 1915, uma pequena quantidade de cocaína estava entre os ingredientes do refrigerante.

Asa Griggs Candler comprou Pemberton e seus parceiros em 1887 e começou a realizar uma campanha agressiva de marketing do produto. A eficiência destes anúncios não seria percebida até muito tempo depois. Pela época de seu 50º aniversário, a bebida já tinha alcançado status de ícone nacional americano.

A Coca-Cola foi vendida em garrafas pela primeira vez em 12 de março de 1894 e as primeiras latas de alumínio da Coca apareceram em 1955. O primeiro engarrafamento da Coca-Cola ocorreu em Vicksburg, Mississippi na Biedenharn Candy Company em 1891. Seu proprietário era Joseph A. Biedenharn. As garrafas originais eram garrafas Biedenharn, muito diferentes do visual atual de silhueta que as garrafas possuem. Asa Candler estava em dúvidas quanto ao engarrafamento da bebida, mas os dois empreendedores que propuseram a idéia foram tão persuasivos que Candler assinou um contrato dando-lhes controle total do procedimento. Porém o contrato tornar-se-ia ainda um problema por décadas para a companhia, devido aos seus termos um tanto falhos.

Quando os Estados Unidos entraram na Segunda Guerra Mundial, os soldados americanos enviaram cartas para a Coca-Cola Company, pedindo que a bebida lhes fosse fornecida. Motivada com as cartas, a Coca-Cola desenvolveu "fábricas" móveis que foram enviadas para as frentes de batalha junto com técnicos da empresa, que garantiam a produção e a distribuição da bebida para os soldados. Apesar dos custos de produção na frente de batalha serem elevados, a companhia decidiu arcar com os mesmos, numa tática de marketing, vendendo o refrigerante pelo mesmo preço praticado nos EUA. Tendo em vista a sua associação com os produtos americanos e os Estados Unidos, ela acabou exercendo o papel de um símbolo patriótico. A popularidade da bebida aumentou bastante após a guerra, quando os soldados voltaram fazendo propaganda do refrigerante. Então foi lançado um tipo de embalagem que vendia 6 garrafas de coca-cola (sixposts), a qual se tornou preferida das donas de casa americanas.



A Pepsi-Cola, assim como a Coca-Cola, foi concebida e batizada no meio farmacêutico. Tudo começou quando o pesquisador Caleb Bradham buscava desenvolver um remédio para combater a dispepsia, doença causada pela falta de pepsina no organismo. Encontrada no estômago, a pepsina é uma das enzimas responsáveis pelo processo de digestão. Em pouco número no suco gástrico, ela acaba por retardar a quebra dos alimentos, dando ao indivíduo uma sensação de estufamento.

Estudando esses sintomas Bradham chegou a uma fórmula medicinal que combinava cafeína, substância que estimula a fabricação de pepsina, e extrato de noz de cola, um ingrediente capaz de equilibrar a quantidade de ácido péptico no estômago. Associado a outros elementos, como baunilha e açúcar, o remédio agradou tanto ao paladar que muitas pessoas passaram a tomá-lo mesmo sem estarem doentes.

A marca Pepsi-Cola nasceu somente em 1906. Por dezesseis anos a bebida foi conhecida como “Brad’s Drink”, em referência ao nome de seu inventor – Estima-se que 40% da população mundial sofra de dispepsia. Por muito tempo a Pepsi usou sua publicidade para sustentar que o gosto de seu refrigerante era igual ao da Coca. Felizmente os executivos da empresa perceberam que era melhor investir no diferencial.



Os irmãos Dick e Mac McDonald abrem uma barraca de cachorro-quente chamada Airdome em Arcadia, Califórnia.

Os irmãos mudam a barraca Airdome para San Bernardino, também na Califórnia, onde eles abrem um restaurante McDonald´s na Rota 66, em 15 de Maio. O cardápio se baseava em 25 itens, a maioria deles churrasco. O primeiro hamburguer McDonald´s custou US$0,15 e como era comum na época, contrataram 20 carhops; garçons que em cima de patins, entregavam o pedido do cliente no carro. Isso se tornou popular e muito lucrativo.

Depois de notar que a maioria do dinheiro que eles ganhavam vinham dos hambúrgeres, os irmãos fecharam o restaurante por diversos meses para criar e implantar um inovador Sistema de Serviço Rápido, uma espécie de montagem em série para os hamburgers. Então os carhops perderam seus empregos. Quando o restaurante foi re-aberto ele passa a vender somente hamburgers, milk-shakes e batatas fritas, se tornando um extremo sucesso, cuja fama é espalhada de boca a boca.

Os irmãos McDonald começaram a criar franquias de seus restaurantes, com Neil Fox abrindo a primeira franquia e o segundo restaurante foi aberto em Phoenix, Arizona. Foi o primeiro a usar o estilo baseado nos Arcos de Ouro. No mesmo ano, o restaurante original foi reconstruído baseado nesse estilo. Ainda em 1953, o quarto restaurante foi aberto em Downey na Califórnia, na esquina da Lakewood com Florence Avenue, onde funciona até hoje, sendo o mais velho restaurante em funcionamento.

O empreendedor e vendedor de máquinas de agitar milkshake Ray Kroc fica fascinado com o restaurante McDonald's durante uma visita e descobre sua extraordinária capacidade e popularidade. (Outros que visitaram e acabaram se inspirando na idéia do McDonald's foram James McLamore, fundador da marca rival Burger King e Glen Bell, fundador do restaurante Taco Bell.) Depois de ver o restaurante em operação, Kroc propôs aos irmãos McDonald, que já vendiam franquias, a vendê-las fora da localização original da empresa (Califórnia e Arizona), sendo dele próprio a primeira franquia. Kroc trabalhou muito para vender a marca McDonald's. Ele tentou até mesmo se impor em sua amizade dos tempos de guerra com Walt Disney na esperança de abrir um McDonald's na Disneylandia, que estava prestes a ser inaugurada. Mas seu projeto fracassou.

Ray Kroc contrata Harry J. Sonneborn como Gerente de Finanças para o McDonald's. Harry Sonneborn iria se tornar uma influência importante na corporação até que se demitiu em 1967.

Ray Kroc funda o "McDonald's Systems, Inc." no dia 2 de Março, uma estrutura legalizada para suas planejadas franquias. E ainda abre, em 15 de Abril, no subúrbio de Chicago, em Des Plaines, Illinois, o nono restaraurante da marca. Somente no primeiro dia, o total de vendas é de $366.12. A literatura da companhia costuma se referir a essa data como o "início" da empresa, que já tinha quinze anos, tirando os irmãos McDonalds da história dando maior valor ao "fundador" Kroc. A empresa ainda chama a este restaurante de McDonalds "número 1".

Começo da década de 60: Uma das ideias de marketing de Kroc é sua decisão de vender hambúrgueres do McDonald's para famílias e crianças. Uma franquia em Washington, D.C. patrocina um show infantil chamado Bozo's Circus (Circo do Bozo). Bozo era um personagem franquiado, interpretado (em Los Angeles) por Willard Scott. Depois que o show foi cancelado, Goldstein contrata Scott para interpretar o novo mascote do McDonald's, "Ronald McDonald", nos três primeiros comerciais de televisão o personagem era destacado. Ronald McDonald acaba se espalhando para o resto do país por meio de uma campanha de marketing, mas mais tarde decide-se que Scott e sua versão original da fantasia não são adequadas para o papel. Um elenco completo de personagens da "McDonaldland" (McDonaldlândia) é desenvolvido.

Kroc muda o nome de sua empresa para McDonald's Corporation.

Os irmãos McDonald concordam em vender a Kroc os direitos da sua companhia por US$ 2,7 milhões, uma soma que Kroc conseguiu com empréstimos de vários investidores (incluindo a Universidade de Princeton). Achando a soma extremamente alta, Kroc resolve cortar relações com os irmãos McDonald. O acordo permitia aos irmãos manter seu restaurante original, mas por um descuido, eles não conseguem reter o direito de continuar com sua franquia do McDonald's. Foi rebatizado com o nome d "The Big M" ("O Grande M"), mas Kroc levou-o à falência, construindo um McDonald's a apenas uma quadra ao norte.

em 1963 o Filé de peixe é introduzido na cidade de Cincinnati, Ohio, num restaurante localizado numa vizinhança dominada por católicos, que não comiam carne nas sextas-feiras. Foi a primeira adição ao menu original, e foi levada a nível nacional no ano seguinte, com o peixe sendo provido por Gorton's of Gloucester.

Em 1967 é aberto o primeiro restaurante da marca fora dos Estados Unidos, em Richmond, British Columbia, no Canadá.

Também em 1967 o Big Mac, similar ao hamburger Big Boy, do restaurante de mesmo nome, e a Torta de Maça quente são introduzidos no cardápio.

Tendo mudado de mãos em 1968, o resturante "Big M" original fecha. Foi demolido dois anos mais tarde, sendo que apenas uma parte do letreiro ficou de pé.

É aberto em Julho de 1971 no distrito de Ginza em Tóquio no Japão, o primeiro McDonald´s da Ásia.

Em 21 de Agosto, é aberto o primeiro restaurante europeu da marca, em Zaandam, próximo a Amsterdã, nos Países Baixos.

Em Dezembro, é aberto o primeiro restaurante na Alemanha, na cidade de Munique. Foi o primeiro McDonald's a vender bebida alcoólica,cerveja. Os outros países europeus logo seguiram no começo da década de 1970.

Também em dezembro é aberto no subúrbio de Yagoona em Sydney, o primeiro restaurante australiano.

Em 1973 o Quarterão com Queijo é introduzido no cardápio.

Em 12 de Outubro de 1974, é aberto o primeiro McDonald's do Reino Unido. Em Woolwich, a sudeste de Londres. Foi o 3000º restaurante da empresa.

Em 1975 o sistema Drive-Thru é implantado em Janeiro na cidade de Sierra Vista, Arizona. Mais tarde ficou conhecido por "McDrive" ou "AutoMac" em alguns países.

Em 1976 é aberto, em Porirua, o primeiro restaurante da Nova Zelândia.

Em 1979 é inaugurado o primeiro restaurante da América do Sul, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. A unidade, localizada na Rua Hilário de Gouveia, em Copacabana.

Ainda em 1979 o McLanche Feliz, ou, "Happy Meal" entra no cardápio nos Estados Unidos. Também é inaugurado o primeiro restaurante da França, na cidade de Estrasburgo.

Em 1980 o McDonald's introduz o McChicken, o primeiro sanduíche feito de carne de frango. Sem sucesso, foi retirado do cardápio, e mais tarde relançado após o sucesso do McNuggets.

Em 1983 é introduzido no cardápio o McNuggets.

Em 1984, no dia 16 de Julho, James Oliver Huberty ataca um restaurante do Mc Donald's com uma arma, matando 21 pessoas em San Ysidro, Califórnia no chamado massacre do McDonald's. A companhia se torna um dos principais patrocinadores dos Jogos Olímpicos de 1984. Os resturantes nos Estados Unidos perdem dinheiro com a promoção "When America Wins, You Win" ("Quando a América Ganha, Você Ganha") após a União Soviética ter boicotado os jogos, o que resultou num grande número de medalhas ganhas pelo país.

Em 1986 o McDonald's abre sua primeira franquia na Itália, na capital Roma. Para combinar com a paisagem histórica perto dos degraus da Piazza di Spagna, ganha uma fachada menos chamativa e define novos padrões para decoração interna.

Em 1988 o McDonald's abre seu primeiro restaurante num país comunista. Em Győr, na Hungriae em Belgrado, na Iugoslávia.

Em 1990, no dia 31 de Janeiro, o primeiro McDonald's da União Soviética abre em Moscou. Foi durante algum tempo o maior McDonald's do mundo (hoje o maior fica em Pequim). Por motivos políticos, o McDonald's Canadá foi o responsável independente, com pouco apoio da matriz norte-americana; uma parede no resturante moscovita mostra juntas as bandeiras canadense e soviética. Para superar problemas de abastecimento, a empresa criou sua própria cadeia de fornecedores, inclusive fazendas da então União Soviética.

Em 1991 é inaugurado o primeiro restaurante em Portugal. No Cascaishopping no dia 23 de Maio.

Em 23 de Abril de 1992, o maior restaurante McDonald's do mundo é inaugurando em Pequim, capital da China (mais de 700 assentos).

Em 1996 é inaugurado o primeiro McDonald's na África. Na cidade do Cairo, Egito. Também é aberto o primeiro McDonald's indiano. O primeiro McDonald's também abre na Belarus, que se torna o centésimo país a receber uma franquia. Na cerimônia de abertura, a milícia bielorussa é acusada de uso brutal da força contra membros do público que queriam entrar no restaurante em Minsk.

Em Portugal é aberto em 1998 um restaurante no Parque das Nações, local onde se realizou a EXPO 98. A essa altura era o maior da Europa.

Em 2000 Eric Schlosser publica Fast Food Nation (Nação Fast-Food), um livro que critica os restaurantes fast-food em geral, particularmente McDonald's.

Em 2007 uma explosão numa lanchonete da rede de fast-food McDonald's em São Petersburgo, na Rússia, deixou pelo menos seis mortos, incluindo duas crianças.



Adidas é uma empresa alemã de equipamentos desportivos.

A história da empresa apresentada na página oficial da web, está incompleta. Talvez por que esteja indiretamente ligada a escândalos financeiros.

Tapie decidiu mudar a produção para outro país, na Ásia. Ele também contratou a cantora Madonna para promoção.

Em 1992, Tapie não pôde pagar os juros de seu empréstimo. Ele pediu ao banco Crédit Lyonnais para vender a Adidas, e o banco comprou para si mesmo, o que é normalmente proibido pelas leis francesas. Aparentemente, o banco estatal tentou fazer um favor a Tapie, tentando livrá-lo dos problemas, já que Tapie era um ministro de Assuntos Urbanos (Ministre de la Ville) no governo francês na época. Esquecendo por que o banco realmente comprou a Adidas, Tapie mais tarde processou-o, porque se sentiu lesado pela venda.

Em Fevereiro de 1993, o Crédit Lyonnais comercializou a Adidas para Robert Louis-Dreyfus, um amigo de Bernard Tapie (e primo de Julia Louis-Dreyfus do seriado de TV Seinfeld). Robert Louis-Dreyfus se tornou o novo presidente da empresa. Ele também é presidente do time de futebol Olympique de Marseille, ao qual Tapie era intimamente ligado.

O próprio Tapie foi à falência em 1994. Ele foi o objeto de diversos processos, principalmente relacionado à manipulação de resultados no clube de futebol. Ele passou 6 meses na prisão La Santé em Paris em 1997 depois de ter sido sentenciado a 18 anos.

Robert Louis-Dreyfus foi muito bem sucedido administrando a empresa até 2001.



Nike, é uma empresa estadunidense considerada a maior no segmento de roupas e calçados para esportes.

A empresa tirou seu nome da deusa grega da vitória, Niké. O chamado Swoosh, logomarca tão popular é um desenho gráfico criado por Carolyn Davidson em 1971 e vendido por apenas U$35 à empresa.

A verdadeira empresa nasceu através de um treinador de atletismo universitário, Bill Bowerman e seu sócio Phil Knight, que efetuaram várias experiências com a torradeira elétrica na casa de Bill, usando materiais como cimento, borracha a fim de descobrir uma sola melhor adaptativa a performance desportiva e ao bem estar. Com resultados bastante satisfatórios, começou a ser-lhe cobiçados, cada vez mais e mais pares, assim se fez a Blue Ribon Sports, que mais tarde vinha a se chamar Swoosh e mais tarde Nike (inicialmente uma linha da marca Swoosh).



A General Electric Company, também conhecido por GE, é uma empresa multinacional de serviços e de tecnologia.

História

Em 1890, Thomas Edison havia reunido vários de seus interesses empresariais, juntamente com uma empresa para formar a Edson General Electric. Na mesma época, Thomson-Houston Company, sob a liderança de Charles A. Coffin, ganhando acesso a um número de patentes essenciais através da aquisição de um número de concorrentes. Posteriormente, a General Electric 1892 foi formada pela fusão da Edson General Electric Company e Thomson-Houston.

Em 1896, a General Electric foi uma das 12 empresas listadas na inicial recém-formada Dow Jones Industrial Average e continua após 113 anos, o único remanescente sobre a Dow (embora não tenha sido continuamente no índice DOW).

Em 1911 a National Electric Lamp Association foi absorvida pela General Electric's. A GE, em seguida, estabeleceu a sua sede de iluminação na divisão Nela Park in East Cleveland, Ohio. Nela Park foi o primeiro parque industrial do mundo, e foi adicionado ao Registo Nacional de Lugares Históricos em 1975, e que ainda se encontra a sede da GE da iluminação negócios. A Radio Corporation of America (RCA) foi fundada pela GE em 1919 a mais International Radio. RCA rapidamente se transformar em um gigante da indústria do seu próprio. GE da longa história de trabalho com turbinas de geração de energia no campo da engenharia, deu-lhes know-how para avançar para o novo campo de aeronaves turbosuperchargers. Liderado por Sanford Moss, a GE introduziu o primeiro superchargers durante wWi, e continuou a desenvolvê-las durante o interbellum. Tornaram-se indispensável, nos anos imediatamente anteriores à Segunda Guerra Mundial, e da GE foi o líder mundial no escape-driven Sobrealimentador quando a guerra começou. Esta experiência, por sua vez, a GE fez uma seleção natural para desenvolver o motor a jato Whittle W.1 que foi demonstrado nos E.U. em 1941. Embora os seus primeiros trabalhos com desenhos de Whittle foi posteriormente entregue à Allison motores, a GE Aviation emergiu como um dos maiores fabricantes de motores.

A General Electric foi uma das oito grandes empresas de informática na maioria dos anos 1960 - com a IBM, o maior, chamado "Snow White", seguido pelo "Sete Anões": Burroughs, NCR, Control Data Corporation, Honeywell, RCA, GE e UNIVAC . A GE tinha uma extensa linha de propósito geral e para fins especiais, computadores. Entre eles estavam o GE 200, GE 400, GE e série 600 computadores de uso geral, a GE 4010, GE 4020, GE 4060 e em tempo real processo controlar computadores, e os Datanet 30 mensagem comutação computador. Um computador Datanet 600 foi concebido, mas nunca vendi. Foi dito que a GE tem computador em produção na década de 1950, porque eles eram os maiores utilizadores de computadores de fora dos Estados Unidos do governo federal. Em 1970 a GE vendeu sua divisão de computador Honeywell.

Em 1986, a GE reacquired RCA, principalmente para a rede de televisão NBC. O restante foi vendido a várias empresas, incluindo a Bertelsmann e da Thomson SA.

Em 2002 Francisco Partners e Norwest Venture Partners adquiriu uma divisão da GE chamados de Sistemas de Informação (GEIS). A nova empresa, denominada GXS, baseia-se em Gaithersburg, MD. GXS é um fornecedor líder de soluções B2B e-Commerce. A GE mantém uma posição minoritária na propriedade GXS.

Em 2004, a GE Vivendi comprou os aparelhos de televisão e cinema activos, tornando-se o terceiro maior conglomerado de mídia do mundo. A nova empresa foi nomeado NBC Universal. Também em 2004 a GE concluído o spin-off da maioria dos seus activos hipotecários e os seguros de vida em uma empresa independente, a Genworth Financial, com sede em Richmond, Virgínia.

Genpact anteriormente conhecida como a GE Capital Services International (GECIS) foi criado pela GE em finais de 1997 como seu cativeiro Índia baseia BPO. GE vendeu 60% de participação no Genpact a General Atlantic e Oak Hill Capital Partners, em 2005, e acantonada Genpact em um negócio independente.

A GE continua a ser um grande cliente para Genpact ficando os seus serviços em serviço ao cliente, finanças, tecnologia da informação e análise.

Em Maio de 2008, a GE anunciou que estava explorando opções para alienar a maior parte dos seus consumidores e as empresas industriais.



A Apple Inc. é uma empresa multinacional norte-americana que atua no ramo de aparelhos eletrônicos e informática famosa principalmente pela fabricação do computador de marca registrada, Macintosh, com seu próprio sistema operacional, Mac OS, entre outros produtos. Fundada por Steve Wozniak e Steve Jobs com o nome de Apple Computers, em 1976, na Califórnia. A empresa era conhecida por Apple Computer, Inc. pelos seus primeiros 30 anos de existência, mas retirou a palavra "Computer" de sua razão social em 9 de janeiro de 2007. A mudança de nome, que seguiu a introdução do smartphone iPhone e do sistema de vídeo digital Apple TV, é uma representante da contínua expansão da empresa em outros mercados além do seu foco tradicional em computadores.



Nintendo Company, Limited. (任天堂株式会社, Nintendou Kabushiki Gaisha) é uma empresa japonesa fabricante de videogames.

O significado da palavra Nintendo pode ser: "Equipare-se aos céus", "Deixe que os céus façam por você", ou até mesmo: "Alcance o paraíso". Esse nome tem a intenção de dar um sentimento de superioridade ao consumidor e ser uma forma de propaganda e marketing com objetivo de comparar a Nintendo a uma "bênção divina" e relacioná-la a Deus.

A Nintendo foi criada por Fusajiro Yamauchi em 1889 e fabricava cartões artesanais de um tipo de baralho tradicionalmente japonês chamado Hanafuda. Em 1950, Hiroshi Yamauchi, bisneto de Fusajiro, fez uma parceria com a Disney para produzir cartas estampadas com seus personagens. Já na década de 60, Hiroshi Yamauchi tentou obter sucesso em outras áreas: fundou uma rede de TV, uma companhia alimentícia - que tentou vender arroz instantâneo, no estilo do macarrão instantâneo - e até mesmo motéis. Mas Hiroshi não consegiu obter o sucesso desejado, as empresas faliram e, ainda por cima, após as Olimpíadas de Tóquio a venda de baralhos diminui, quase levando a Nintendo à falência.

Em meados da década de 1970 a empresa começa a perder mercado para fabricantes de jogos eletrônicos como Bandai e Atari e entra definitivamente neste ramo com a fabricação de pequenos aparelhos eletrônicos equipados com um eram LCD, chamados Game & Watch. O então criador Gunpei Yokoi daria início à era digital da empresa que prosseguiria ao longo das décadas de 1970 e 1980, com a fabricação de fliperamas. Mas os fliperamas da Nintendo não emplacavam nos Estados Unidos.

Então, Shigeru Miyamoto, um designer trabalhando desde 1977 na empresa, fora chamado para criar um jogo que pudesse usar os gabinetes do mal-sucedido Radar Scope. Miyamoto, que não entendia nada de tecnologia, criou um game sobre um marceneiro chamado Jumpman que salvava sua namorada de um gorila. Donkey Kong, lançado em 1981, foi um sucesso, e revelou dois personagens: o gorila-título, e Mario, que se tornaria mascote da empresa.

Após outros arcades bem sucedidos, como Donkey Kong Jr., e Mario Bros., a empresa resolveu investir num console. O Famicom (Family Computer) foi lançado no Japão em 1983, e em 1985 foi lançado nos Estados Unidos com o nome NES (Nintendo Entertainment System). O NES é apontado por "salvar" a indústria de videogames que tinha entrado em crash no ano de 1983, vendendo cerca de 60 milhões de consoles. Com as grandes vendas deste console e dos jogos Super Mario Bros., Metroid e The Legend of Zelda a Nintendo consagra-se definitivamente como líder mundial e torna-se símbolo de toda uma geração. Nessa época, muitas pessoas nem mesmo usavam o termo "console", preferindo referir-se a esse tipo de aparelho simplesmente como "Nintendo".

Em 1989, a Nintendo lançou seu primeiro portátil, o Game Boy, e viu um primeiro grande concorrente surgir: a Sega, com seu Mega Drive. Com a Nintendo lançando a Super NES em 1991, as duas empresas lutaram ao longo dos anos 1990 pelo domínio do mercado dos consoles. A Mega Drive reduziria os 90-95% do mercado da Nintendo a meros 35%, mas jogos como Super Mario World, Street Fighter II, The Legend of Zelda: A Link to the Past, Donkey Kong Country e a série Final Fantasy garantiriam o primeiro lugar de volta à Nintendo.

Em 1995, a Nintendo anunciou seu próximo console, o Nintendo 64, e a Sony, gigante no mundo dos aparelhos eletrônicos, lançou a PlayStation (inicialmente planeado como periférico para o SNES, para ler CD's). Como a consola da Sony usava CDs, e o Nintendo 64 mantinha os cartuchos (devido aos seus tempos de loading serem muito menores), a maioria dos fabricantes abandonou a Nintendo para trabalhar com a Sony. O Nintendo 64 foi lançado em 1996 e foi superado pelo PlayStation, ficando em 3° lugar, atrás também do Sega Saturn, mas garantiu a segunda posição nos EUA.

Em 1996, foi lançado o Game Boy Pocket, versão menor do original, e os primeiros jogos de Pokémon, que garantiram vendas enormes do portátil e viraram uma enorme fonte de lucro para a empresa. Em 1998, fora lançado o Game Boy Color.

Em 2001, a Nintendo lançou o sucessor da N64, a Nintendo GameCube. O console sofreu uma dura concorrência da Sony com o Playstation 2, e da recém-chegada Microsoft e o seu Xbox. Também em 2001 apareceu o sucessor do Game Boy, o Game Boy Advance, que foi logo substituido pelo Game Boy Advance SP, que revolucionou o mercado por ser o primeiro com luz própria. Em 2004 foi apresentado um novo consolo portátil, o Nintendo DS, com um conceito inovador: duas telas, sendo uma delas tocável, como nos Palmtops, que recebeu 3 milhões de pré-encomendas no seu lançamento. Este também sofreu uma dura concorrência com a chegada do portátil da Sony o Play Station Portable (PSP). Em 2005 foi lançada uma versão à parte do Game Boy Advance, o Game Boy Micro.

Na E3 de 2005 a empresa anunciou a sua entrada na nova geração, lançando o seu novo console, com o codinome Revolution. Em 2006, esse Revolution mudou de nome para Wii. Para muitos gerou controvérsia, pois não fazia sentido, mas, com o passar do tempo, as pessoas descobriram que fazia todo o sentido, já que para um não-gamer, ao ouvir esse nome e saber que é um vídeo game, ele saberá que este é bem simples e fácil de jogar. Ao final de 2006, foram lançados o Wii(em 19 de Novembro nos EUA e em 2 de Dezembro no Japão) e um de seus rivais, um novo membro da velha família PlayStation, o PlayStation 3, que, junto com o Xbox 360(lançado um ano antes), teria os mais avançados gráficos e som dos vídeo games, mas isso o torna caro demais até mesmo para americanos, custando US$600. A Nintendo, ao contrário, não queria gráficos avançados ainda, mas sim colocar uma nova forma de jogar com o Wii-mote, que acompanha os movimentos dos jogadores e atrair novos gamers para o mercado de vídeo games, e com isso conseguiu a liderança dos consoles.

Em 2006, a empresa lança o Nintendo DS Lite, uma versão mais fina do Nintendo DS original e com melhores gráficos.

Em 2008, foi lançada outra verção do Nintendo DS, o Nintendo DSi, que vem mais fino que o Nintendo DS Lite, mas um pouco mais largo, vem também com duas cameras de o equivalente a 3 megapixels, além de sua melhor conexão.



A Sony Corporation é uma multinacional japonesa. Ela fabrica uma infinidade de produtos eletrônicos, tais como aparelhos de televisão, som, DVDs, CDs, home theaters, câmeras digitais, computadores, video games etc. Também passou a atuar na indústria do entretenimento sendo proprietária dos estúdios de cinema Columbia Tri-Star Pictures, Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) e das gravadoras Sony Music e BMG, além dos canais de TV por assinatura Sony Entertainment Television e AXN.

A Sony foi fundada em 1946 por Massa Ibuka e Akio Morita com o nome de Tokyo Tsushin Kogyo K.K. essa empresa foi a primeira a fabricar um gravador de fita cassete no Japão. Após saber que a Bell Labs tinha inventado o transistor, Morita licenciou a tecnologia para fabricar novos eletrônicos baseados nela. Em Agosto de 1955 lançam o primeiro rádio com transistores do Japão, o Sony TR-55. A companhia então passou a se chamar Sony devido ao sucesso comercial de seu rádio. A Sony começou então a miniaturizar esses rádios, para torná-los portáteis. Lançou então o Walkman tocava fitas em K7 e tinha rádio AM/FM. O Walkman teve imenso sucesso e popularidade, sendo um fenômeno de consumo nos Estados Unidos. Isso fez a companhia crescer se tornando a maior fabricantes de eletrônicos do mundo, produzindo desde televisores até câmeras de vídeo para uso profissional. Nos anos 80 e 90 comprou várias empresas na indústria do entretenimento, se tornando um império no setor com a gravadora Sony Music e o estúdio Columbia Tri-Star Pictures. Em 1995 lançou o videogame PlayStation que foi sucesso absoluto no mercado.



Os alicerces daquela que viria a tornar-se uma das maiores empresas de eletrônica de todo o mundo foram lançados em Eindhoven, Países Baixos, em 1891. A Philips começou produzindo lâmpadas de filamento de carbono e, na virada do século, já era um dos maiores fabricantes da Europa.

Como o desenvolvimento das novas tecnologias de iluminação incentivaram um programa de expansão regular, em 1914 foi criado um laboratório de pesquisa destinado a estudar fenômenos físicos e químicos e a estimular a inovação dos produtos.

Já tinham sido criadas empresas de marketing nos Estados Unidos e na França, antes da Primeira Guerra Mundial, assim como na Bélgica, em 1919. Na década de 1920, assistiu-se a uma explosão no número de empresas desta área.

Nessa altura, a Philips começou a proteger suas inovações com patentes, em áreas como os raios-X e a recepção de rádio, fato que marcou o início da diversificação da sua gama de produtos. Tendo introduzido um tubo de raios-X em 1918, a Philips envolveu-se nas primeiras experiências de televisão em 1925.

Começou a produzir rádios em 1927 e, em 1932, já tinha atingido um milhão de unidades vendidas. Um ano mais tarde, a produção de válvulas de rádio chegou aos 100 milhões, tendo também iniciado a produção de equipamento médico de raios-X nos Estados Unidos.

O primeiro barbeador elétrico da Philips foi lançada em 1939, momento em que a empresa já tinha 45 mil empregados em todo o mundo e um volume de vendas de 152 milhões de florins. A ciência e a tecnologia sofreram uma enorme evolução nas décadas de 1940 e 1950, tendo a divisão de Pesquisa da Philips inventado as cabeças rotativas que conduziram ao desenvolvimento do barbeador elétrico Philishave, dando início a um extenso trabalho que hoje inclui o desenvolvimento dos transistores e circuitos integrados.

Nos anos 60, estes progressos deram origem a importantes descobertas, tais como os CCDs (Charge-Coupled Devices – Dispositivos para Acoplamento de Cargas) e LOCOS (Local Oxidation of Silicon - Oxidação Local de Silício).

A Philips também teve uma contribuição muito importante no desenvolvimento da gravação, transmissão e reprodução de imagens televisivas, tendo o seu trabalho na área da pesquisa conduzido ao desenvolvimento do tubo de câmara de TV Plumbicon, bem como ao aperfeiçoamento das substâncias fosforescentes destinadas a permitir imagem de melhor qualidade. Em 1963, introduziu o cassete de áudio compacto e, em 1965, produziu os seus primeiros circuitos integrados.

Ao longo da década de 1970, continuaram a ser apresentados novos produtos e idéias de grande relevância. A pesquisa na área da iluminação contribuiu para o aparecimento das novas lâmpadas PL e SL, que se destacam pela economia de energia. Ao mesmo tempo, o Philips Research lançou outras importantes novidades no processamento, armazenamento e transmissão de imagens, som e dados. Isso levou às invenções do disco óptico LaserVision, do CD e dos sistemas ópticos de telecomunicações.

Em 1972, a Philips criou a Polygram, uma gravadora muito bem-sucedida. Em 1974, adquiriu a Magnavox e em 1975 a Signetic, nos Estados Unidos. Nos anos 80, as aquisições incluíram a empresa televisiva GTE Sylvania e a empresa de lâmpadas Westinghouse. Em 1983, a empresa fixou um marco tecnológico: a criação do CD. Outros marcos de referência foram, em 1984, os 100 milhões de unidades de televisores Philips produzidos e, em 1985, os 300 milhões de aparelhos elétricos de barbear Philishave.

A década de 1990 trouxe alterações significativas para a Philips. A empresa levou a cabo um importante programa de reestruturação, com o objetivo de reconquistar uma posição forte. À medida que avançamos no novo milênio, a Philips está na vanguarda da revolução digital, introduzindo produtos do mais alto nível que ajudam a melhorar a vida das pessoas.



O Grupo LG nasceu na Coréia do Sul, em 1947, e tem atuação em diversos segmentos como: química, energia, maquinaria, metais, finanças e serviços.

Com meta de altos investimentos anuais em Pesquisa & Desenvolvimento ao redor do mundo, está no planejamento estratégico da LG desenvolver globalmente produtos high end e tecnologias número 1, com o objetivo de sustentar a ampliação de negócios do grupo.



Foi criado o primeiro banco do Brasil em 12 de outubro de 1808 pelo Rei D. João VI, por sugestão do conde de Linhares, Rodrigo de Sousa Coutinho, num conjunto de ações que visavam a criação de indústrias manufatureiras no Brasil, incluindo isenções de impostos para importação de matérias-primas e de exportação de produtos industrializados.

Instalou-se inicialmente na Rua Direita, esquina com Rua de São Pedro, no Rio de Janeiro, com 1 mil e 200 contos de réis de capital. Funcionando como uma espécie de banco central misto, foi o quarto banco emissor do mundo, depois do Banco da Suécia (1668), Banco da Inglaterra (1694) e Banco da França (1800)

Com o saque de vultosa quantia e o retorno de D. João VI para Portugal, esse primeiro Banco do Brasil veio a falir em 1829.

Anos mais tarde, Irineu Evangelista de Souza, que viria a ser Barão e Visconde de Mauá, criou em 1851 uma nova instituição denominada Banco do Brasil. Como antes, também nascida de um lançamento público, dessa vez com um capital de 10.000 contos de réis. Esse valor era considerado elevado para a época e o mais vultoso entre os das sociedades existentes na América Latina. Nesse segundo Banco do Brasil há uma forte carga simbólica de suas ligações permanentes com o mercado de capitais. As reuniões preparatórias e a assembléia de constituição se realizaram no salão da Bolsa do Rio de Janeiro.

Já em 1853, o Banco do Brasil de Mauá se fundiria com o Banco Comercial do Rio de Janeiro, por uma determinação legislativa liderada pelo Visconde de Itaboraí, considerado o fundador do Banco de hoje.

As primeiras linhas de Crédito Rural do Banco do Brasil datam da década de 80 do século XIX.

Até a criação do Banco Central do Brasil, o Banco do Brasil era emissor de moeda.

O alvará que criou o Banco do Brasil e sancionou seus estatutos, por influência do Conde de Linhares, dizia:

"Eu o Príncipe, atendendo a não permitirem as atuais circunstâncias do Estado que o meu Real Erário possa realizar os fundos, de que depende a manutenção da monarquia e o bem comum dos meus vassalos, etc; a que os bilhetes dos direitos das alfândegas tendo certos prazos nos seus pagamentos, ainda que sejam de um crédito estabelecido, não são proprios para o pagamento de soldos, ordenados, juros e pensões que constituem os alimentos do corpo político do Estado, os quais devem ser pagos nos seus vencimentos em moeda corrente; a que os obstáculos que a falta de giro dos signos representativos dos valores põem ao comércio, etc. animando e promovendo as transações mercantis dos negociantes desta e das mais praças dos meus domínios e senhorios com as estrangeiras; sou servido ordenar que nesta capital se estabeleça um Banco Público que na forma dos estatutos que baixo, assinados por D. Fernando José de Portugal, do meu Conselho de Estado, ministro assistente ao despacho do gabinete, presidente do Real Erário e secretário de Estado dos negócios do Brasil, etc. Determino que os saques dos fundos do meu Real Erário e as vendas dos gêneros privativos dos contratos e administração da minha Real Fazenda, como são os diamantes, pau-brasil, o marfim e a urzela, se façam pela intervenção do referido Banco Nacional, vencendo sobre o seu líquido produto a comissão de 2% além do prêmio do rebate dos escritos da Alfâdega que fui mandado praticar pelo Erário Real. Ordeno que se haja por extinto o cofre de depósito que havia nesta cidade a cargo da Câmara dela; e determino que no referido Banco se faça todo e qualquer depósito judicial ou extrajudicial de prata, ouro, jóias e dinheiro".

A aparência era de estabelecimento mercantil, mas estava destinado a servir imediatamente ao Governo não como agente em algumas de suas transações financiais de importância mas principalmente prestando-lhe auxílio de crédito em circunstâncias extraordinárias, em razão de gozarem as suas notas de foro de moeda legal. O capital inicial era modesto, 1.200 contos de réis divididos em 1.200 ações de um conto de réis, por prazo de 20 anos. Havia necessidade de conseguir os fundos para a manutenção da Monarquia, facilitar o pagamento de soldos, ordenados, juros e pensões, engrandecendo o crédito público, e sobretudo promover as transações mercantis, erigindo outra fonte de riqueza. Principiou assim como banco de depósitos, descontos e emissão, misto, sociedade particular, com autorização para aumentar o capital. A responsabilidade do acionista era limitada ao montante da ação.

Sua administração foi exercida por uma Assembléia de 40 capitalistas portugueses, seus acionistas, uma Junta de 10 membros renováveis a metade cada ano, e uma Diretoria de quatro Membros, renováveis no mesmo período. Só possuia voto deliberativo cada portador de cinco ou mais ações. Como banco comercial, se encarregou do desconto de letras d câmbio, comissões por cobranças, adiantamentos e hipotecas, depósitos de valores, vencendo juros e venda de produtos monopolizados pela Coroa. Suas operações monetárias consistiam em emissão de notas bancarias e letras a vista ou prazo fixo, operações cambiais de saque e remessa e operações de compra e venda de ouro e prata. O sistema monetário assim criado consistia em moeda de papel conversivel à vista em moeda metálica de ouro e prata, tendo como nota mínima o valor de 30$000, para se evitar que as notas circulassem em pequenas transações, limitando-se a pagamentos elevados no comércio atacadista sem quase circular no varejista. Houve porém resistência na praça do Rio à subscrição de ações.



The Walt Disney Company, é um conglomerado de mídia e entretenimento, conhecido por seus produtos favoráveis à família.

A companhia que Walter Elias Disney (1901-1966) e seu irmão fundaram em 1923 era especializada em produzir filmetes de animação, usando a então recentíssima inovação do som no cinema. Com a novidade, ganhou tanto dinheiro que pôde investir em seu primeiro sonho: um filme em longa-metragem inteiramente desenhado, sobre uma temática de conto de fadas e estruturado como uma peça musical. Assim, em 1937, ficou pronto “Branca de Neve e os Sete Anões”. Até hoje, muito do modo de produção dos longas de animação ainda tem origem nesse filme pioneiro, como por exemplo o fato de se gravar a trilha sonora antes da execução dos desenhos, para facilitar a sincronização de áudio e imagem.

O sucesso comercial de “Branca de Neve” foi tanto, que Disney pôde investir rapidamente em outros projetos. Em duas décadas, a pequena companhia dos filmetes seria um conglomerado de mídia e um império do setor de entretenimento, atuando não só no cinema, como também na TV, rádio, produção editorial e fonográfica, parques de diversões, hotelaria, turismo, navegação, sem contar os royalties provenientes das licenças de uso dos personagens e marcas registradas Disney para todo tipo de aplicação comercial.

O carro-chefe desse sucesso financeiro foram os filmes longa-metragem de animação. Mesmo que Walt Disney continuasse produzindo centenas de curtas (usando os personagens Mickey, Donald, Pluto, Pateta, entre vários outros), documentários sobre vida selvagem e filmes com atores de carne-e-osso (“Se Meu Fusca Falasse”, “Operação Cupido”, entre outros), era nos sucessos de “Dumbo” (1941), “Bambi” (1942) e “A Gata Borralheira/Cinderela” (1950) que Walt Disney montava para bolear o seu negócio.

Entre 1937 e 1970, a Disney lançou 15 filmes de animação em longa-metragem. A periodicidade, então, deixava 2,2 anos, em média, de intervalo entre um lançamento e outro. No entanto, não havia freqüência exata, pois houve períodos como 1940-1942, e 1950-1953, com quatro lançamentos de longas em cada, e longos recessos sem lançamentos como em 1942-1950, 1963-1968 e 1970-1977.

Com esses intervalos de sete ou oito anos, a produção seguia inconstante. Só que não podia ser acelerada, pois dependia do capital para investimento que provinha da renda de cada filme — e esta dependia tanto da recepção do filme pelo público quanto da disponibilidade de recursos de acordo com os projetos paralelos da própria empresa. Não deve ser por acaso que os dois parques temáticos da empresa foram inaugurados justamente em épocas de recesso.

Ou seja, nessa época ainda não havia para a companhia um sistema produtivo que garantisse a renovação ininterrupta de capital para reinvestimento. Somente no final da década de 1980 é que o ritmo de produção dos estúdios consolida-se como industrial e aumenta progressivamente. O lançamento de novos filmes, que em 1987 era bienal, passa a anual em 1993, e a semestral em 1998. O Paradigma Disney foi um elemento essencial para garantir o ritmo acelerado industrial da produção dos estúdios.



Warner Bros. é a abreviação de Warner Bros. Entertainment. Foi fundada em Hollywood, California, EUA, em 1923 por quatro irmãos poloneses: Harry Warner, Albert Warner, Sam Warner e Jack Warner. Começou a fazer sucesso com os filmes do cão Rin-Tin-Tin. Produziu o primeiro filme falado, O Cantor de Jazz, em 1927. Em 1930, começou a produção de desenhos animados, que levariam Pernalonga, Patolino & Companhia (Looney Tunes) ao estrelato.



A Fox Broadcasting Company, normalmente referida como Fox, é uma emissora de televisão sediada nos Estados Unidos da América.

O terreno para o lançamento da Fox iniciou-se em Março de 1985, quando a News Corporation pagou 250 milhões de dólares por 50% da TCF Holdings, dona da 20th Century Fox. Em Maio de 1985, a News Corporation concordou em pagar 1,55 bilhões de dólares para adquirir estações de televisão independente em seis grandes cidades dos Estados Unidos da América, sendo elas da empresa de Jonh Kluge, Metromedia. Essas estações foram: WNEW-TV, em Nova Iorque, WTTG, em Washington, DC, KTTV, em Los Angeles, HRIV-TV, em Houston, WFDL-TV, em Chicago, e KRLD-TV, em Dallas. Uma sétima estação, a filiada da ABC, WCVB-TV, em Boston, fazia parte da transacção inicial, porém a sua compra foi negociada separadamente, com a Hearst Corporation.

Em Outubro de 1985, a 20th Century Fox anunciou suas intenções para formar um sistema independente de televisão que iria competir com as três maiores redes de televisão americanas (ABC, CBS, e NBC) O plano era juntar os estúdios da Fox com antigas redes da Metromedia, para produzir e distribuir programas. Esses planos foram interrompidos até a Metromedia adquirir soluções regulamentares. Em Dezembro de 1985, Rupert Murdoch concordou em pagar 325 milhões de dólares para adquirir o resto do estúdio de seu parceiro, Marvin Davis. A compra das estações da Metromedia foi aprovada pela Comissão Federal de Comunicações americana, em Março de 1986. As transmissoras de Nova Iorque e Dallas foram posteriormente renomeadas como WNYW (antiga WNEW-TV, em Nova Iorque) e KDAF (antiga DRLD-TV, em Dallas), respectivamente. Essas primeiras seis estações, que transmitiam para 22% dos lares americanos, tornaram-se conhecidas como Fox Television Stations Group (Grupo de Estações Televisivas Fox).

Exceto a KDAF (que foi vendida à Renaissance Broadcasting, em 1995, e tornou-se uma filiada da Warner Brothers na mesma época), todas as estações ainda pertencem à Fox atualmente. Clarke Ingram, que mantém ainda o website da falida DuMont Television Network, sugeriu que a Fox é a reencarnação da DuMont, já que a Metromedia sucedeu a DuMont Corporation, e as estações de televisão da Metromedia formaram o núcleo da Fox. Na verdade, WNYW (conhecida inicialmete como WABD) e WTTG foram as principais estações da rede DuMont.

A Fox é membro integral da Associação de Radiodifusoras Norte-Americanas.

Em Janeiro de 1986, Murdoch falou sobre a Fox: "Nós, na Fox estamos profundamente envolvidos no desenvolvimento de nossos programas. Serão programas sem restrições. As únicas regras que iremos seguir serão que esses programas sejam bons, interessantes, têm que entreter e têm que ser originais."

Em 6 de Maio de 1986, Murdoch, juntamente com o recém contratado chefe-executivo de operações da Fox e presidente, Barry Diller, e o comediante Joan Rivers, anunciou os planos para a "FBC" ou a "Fox Broadcasting Company", que seriam lançados com um talk-show late-night diário, chamado The Late Show Starring Joan Rivers. Quando a Fox foi lançada, em 9 de Outubro de 1986, era retransmitida por 96 filiadas, atingindo mais de 80% dos lares americanos. A Fox já tinha juntando 90 estações indpendentes como afiliadas, incluindo algumas importantes, como KTVU, em Oakland, Califórnia, WTAF-TV, em Filadélfia, WKBD-TV, em Detroit, WTOG-TV, em São Petersburgo, Flórida, e KPTV, em Portland, Oregon. Por outro lado, a ABC, a CBS e a NBC tinham entre 210 e 215 afiliadas cada, atingindo mais de 97% dos lares americanos. Apesar de transmititr apenas um programa, a emissora estava ocupada produzindo novos programas, com planos de aumentar a sua grade noturna.

Rivers se ausentou do programa em 1987, sendo que vários convidados especiais apresentaram-no durante alguns anos. Um convidado notável foi Arsenio Hall, que viria a ter seu próprio talk-show, de grande sucesso, apesar de ser transmitido em uma emissora independente e não na Fox (embora, após o fracasso de The Late Show a Fox ter decidido não produzir mais late night talk-shows, o programa de Hall foi transmitido em várias afiliadas da Fox).

Desde o início, a Fox se apresentou como uma emissora diferente, irreverente e jovem, se comparada com suas rivais. Seus primeiros programas em horário-nobre, que estrearam nas noites de Domingo a partir de 5 de Abril de 1987, eram uma comédia sobre uma família disfuncional (Married... with Children) e uma série de variedades (The Tracey Ullman Show). O primeiro iria se tornar uma enorme êxito para a emissora, totalizando 11 temporadas. Já o segundo daria origem à sitcom e desenho animado de maior duração da história dos E.U.A.: The Simpsons, estreado em 1989. Outro sucesso imediato foi 21 Jump Street, um drama policial de uma hora de duração. A programação original de Domingo da Fox também incluía as sitcoms Duet e Mr. President.

A programação noturna de Sábado foi lançada durante 4 semanas, começando no dia 11 de Julho de 1987, com vários programas que hoje já caíram no esquecimento: Werewolf, Women in Prison, The New Adventures of Beans Baxter e Second Chance.

Durante os próximos dois anos foram introduzidos os programas America's Most Wanted, que simulava crimes verídicos com o objetivo de conseguir capturar os criminosos, e COPS, um reality-show que documentava as atividades diárias dos agentes policiais. Ambos os programas estão entre os de maior duração da Fox, e são conhecidos por popularizarem a chamada 'reality television'. Em Agosto de 1988, America's Most Wanted foi o primeiro programa da Fox a figurar entre os 50 mais vistos da semana, de acordo com a Nielsen Ratings. Em 2007, AMW e COPS ainda estavam em produção, sendo que os dois programas estão entre os programas de horário-nobre de maior duração da televisão.

Apesar de já ter alguns programas de sucesso, a Fox ainda não tinha uma participação significante no bolo publicitário até meados dos anos 1990, quando a News Corp. comprou mais grupos de redes de televisão. O primeiro foi o New World Communications, que havia assinado um acordo de afiliação com a Fox, em 1994. Mais tarde, em 2001, a Fox comprou várias emissoras detidas pela Chris-Craft Industries e suas subsidiárias, BHC Communications e United Television., o que fez dela uma das maiores proprietárias de redes de televisão dos Estados Unidos. Embora a Fox estivesse crescendo e se estabelecendo rapidamente como canal, ainda não era considerada um adversário às três grandes emissoras (ABC, CBS, e NBC).

Porém, tudo mudou quando a Fox transmitiu a National Football League, "roubando" a transmissão da CBS, em 1993. Foi assinado um contrato para que a Fox pudesse transmitir a NFC, que incluiu a presença de Pat Summerall, John Madden, Dick Stockton, Matt Millen, James Brown, e Terry Bradshaw, todos da CBS. A princípio, muitos foram cépticos em relação a este acordo, porém o primeiro ano foi um grande sucesso, e a Fox estava definitivamente no bom caminho.

Até meados dos anos 1990, foram lançadas várias séries dramáticas direcionadas ao público jovem que se tornaram êxitos instantâneos: Beverly Hills, 90210, Melrose Place, New York Undercover e Party of Five. Em Setembro de 1993, houve uma grande promoção a uma fracassada série western com elementos de ficção-científica, chamada The Adventures of Brisco County, Jr.. No entanto, foi A Serie que estreou logo após essa série, Arquivo X, que viria a encontrar Grande sucesso, e seria o primeiro programa da Fox a entrar na lista de fim-de-ano dos 25 programas mais vistos do ano, da Nielsen Ratings.

A série cômica de sketches In Living Color, criou várias personagens memoráveis (e lançou as carreiras das futuras estrelas de cinema Jim Carrey, Damon Wayans, Keenen Ivory Wayans, Jamie Foxx, e da então dançarina Jennifer Lopez). MADtv, outro programa do mesmo gênero, tornou-se num forte adversário ao programa Saturday Night Live, da NBC.

Em 1993, a Fox reprogramou a série de sucesso The Simpsons, para que esta competisse diretamente com The Cosby Show, da NBC. Os Simpsons era uma das principais atrações da Fox às Quintas à noite durante o Outono de 1990 (juntamente com o futuro sucesso Beverly Hills 90210), após apenas meia temporada de sucesso aos Domingos à noite (o programa foi programado para ajudar a lançar Martin, outro sucesso da Fox, em 1992; The Simpsons voltaram para os Domingos à noite no Outono de 1994.)

Alguns programas memoráveis que estrearam na segunda metade da década de 1990 incluíram a dramédia Ally McBeal e a sitcom tradicional That '70s Show, a segunda sitcom filmada ao vivo de maior duração da Fox, atrás de Married... with Children.

Devido à popularidade de The Simpsons, a Fox foi relativamente bem-sucedida com séries de animação. King of the Hill começou em 1997; Family Guy começou em 1999, e foi cancelada em 2002, mas a emissora produziu novos episódios, que começaram em 2005, devido às grandes vendas em DVD e à grande audiência das reprises do programa na televisão a cabo, no programa Adult Swim, da Cartoon Network, e American Dad, que começou em 2005. Outros programas de menor sucesso incluíram The Critic, que estrelava Jon Lovitz, do Saturday Night Live, e que originalmente havia sido transmitido na ABC e depois mudou para a Fox antes de ser cancelado, e The PJ's, que foi transmitido mais tarde na The WB.

Durante 1999 e o começo dos anos 2000, a Fox teve induscutivelmente alguns pontos baixos. Vários programas da década de 1990 haviam acabado ou estavam em declínio. Durante esse período, a Fox decidiu apostar em reality shows focados em assuntos vistos muitas vezes como extravagantes, chocantes, e/ou de mau gosto. Estes incluíam programas como Who Wants to Marry a Multi-Millionaire?, Temptation Island, e Married by America. De todos, o de maior sucesso foi Joe Millionaire, cujo final da primeira temporada foi assistido por mais de 40 milhões de pessoas, embora a segunda temporada tenha sido uma desilusão em termos de audiência. Na mesma fase, a Fox também estreou programas semanais como World's Wildest Police Videos e When Animals Attack!.

Após o fracasso de muitos destes programas, a emissora voltou a obter audiências consideráveis com aclamadas séries dramáticas, tais como 24, The O.C., House e Bones, e séries cômicas como The Bernie Mac Show e Malcolm in the Middle. Em 2005, o programa de maior sucesso da Fox foi de longe o caça-talentos American Idol, que chegou a ser assistido por 37 milhões de pessoas em certos episódios e terminou as temporadas 2004-05 e 2005-06 como o programa mais assistido dos E.U.A. House, transmitido após Idol nas noites de Terça, e após tendo sido reprisado com sucesso durante o Verão de 2005, ficou posicionado entre os 10 programas mais vistos em sua temporada 2005-06.

A Fox teve um marco histórico de audiências em Fevereiro de 2005, sendo este seu primeiro mês de estréias no qual a emissora conseguiu se posicionar em 1º lugar nas audiências. Isto aconteceu devido à transmissão do Super Bowl XXXIX, e devido à popularidade de American Idol, 24, House, e The O.C. No final da temporada televisiva 2004-05, a Fox ficou em 1º lugar entre o público na faixa etária 18-49 anos. Em 21 de Maio de 2008, a emissora ficou em 1º lugar também em termos gerais de audiência pela primeira vez, destronando a CBS, devido ao sucesso dos programas Super Bowl XLII e American Idol.

Estima-se que em 2003, a Fox pode ser assistida por 96.18% de todos os lares americanos, atingindo 102,565,710 lares nos Estados Unidos. A Fox tem 180 emissoras afiliadas em VHF e UHF nos Estados Unidos e suas possessões. A Fox começou a transmitir em alta-definição em 12 de Setembro de 2004, com uma série de jogos da NFL.



As Organizações Globo são um conglomerado de empresas brasileiras concentradas especificamente na área de mídia e comunicação, além de atuar nos mercados financeiro e imobiliário, e na indústria alimentícia.

A primeira iniciativa da holding foi o jornal A Noite, fundado e dirigido por Irineu Marinho, no Rio de Janeiro, então capital do Brasil. Em 1925, com o sucesso do vespertino, Marinho decide fundar um segundo jornal, O Globo, para concorrer com os demais como Correio da Manhã, O Paiz, Gazeta de Notícias, Diário Carioca e Jornal do Brasil. Com a morte repentina de Irineu Marinho apenas semanas depois, seu filho Roberto Marinho herdou o jornal e passou à direção da empresa. Trabalhando ativamente no Jornalismo e na administração, decidiu ampliar o negócio e investir em outras mídias além da impressa. Em 1944, inagurou a Rádio Globo, também no Rio.

O grande salto da empresa aconteceu com a inauguração da TV Globo (criada em 1964 e transmitida a partir de 1965), com a qual a empresa se tornou líder no segmento de mídia e expandiu negócios, até atingir e consolidar o monopólio de fato no Brasil e estabelecer negócios no exterior - como com a portuguesa SIC.

Na década de 1990, começaram os trabalhos do Projeto Memória das Organizações Globo, que visavam resgatar e preservar dados a respeito de todos os órgãos Globo, entre mídia impressa, audiovisual e digital.



A CNN (sigla de Cable News Network) é uma rede de televisão norte-americana pertencente ao grupo Time Warner especializada na transmissão de notícias vinte e quatro horas por dia. Sua base é a cidade de Atlanta, emitindo também de Londres e Hong Kong.

Foi fundada em 1º de junho de 1980 por Ted Turner. Desde o seu lançamento em 1980, a CNN cresceu cada vez mais, visando sempre trazer notícias 24 horas por dia em várias línguas.



A empresa norte-americana construtora de automóveis Ford foi fundada a 16 de Junho de 1903 por Henry Ford e mais onze sócios. Os tempos iniciais foram complicados, apesar da primeira encomenda ter surgido logo em Julho desse ano. Os primeiros modelos da marca eram nomeados segundo o alfabeto e foram utilizadas as 19 letras iniciais. A Ford foi, em 1913, a primeira fabricante de automóveis do mundo a recorrer à produção em série, uma inovação que posteriormente foi adotada por todas as construtoras. A Ford instalou uma linha de montagem em série na fábrica de Highland Park, no Estado do Michigan, o que permitiu aos operários permanecerem sempre no mesmo local de trabalho e desempenhar a mesma tarefa. Desta forma a Ford conseguiu melhorar os níveis de produção e tornar as viaturas mais baratas. A Inglaterra foi o primeiro país europeu a adotar este conceito, numa fábrica da Ford em Manchester. Em 1908 tinha sido lançado o famoso modelo T que viria a ser o primeiro automóvel a ser produzido em série. Até 1927 foram vendidos 15 milhões de modelos T. A Ford tornou-se então num dos maiores construtores do mundo e em 1925 comprou a empresa Lincoln, para se lançar no fabrico de carros de luxo. Na década de 30 criou a divisão Mercury, destinada a produzir automóveis de gama média. Mas, em 1927, quando deixou de produzir o modelo T, a Ford teve de fechar a fábrica de Detroit enquanto se procedeu a um processo de adaptação para construção do novo modelo A. Em Agosto de 1931, devido à Grande Depressão iniciada dois anos antes, a Ford teve de fechar a fábrica do Modelo A e as vendas só recuperaram os níveis de 1939 dez anos mais tarde. No entanto, a partir de 1941, ano em que os Estados Unidos da América entraram na Segunda Guerra Mundial, a Ford passou a construir aviões de combate. Em 1959 foi lançado na Europa o Ford Anglia, um pequeno carro com um motor de 1100cc, que se tornou num grande sucesso de vendas. Seguiu-se o Ford Cortina, em 1962, e o Escort, em 1968. Este último foi o primeiro carro da marca a ser construído simultaneamente na Alemanha e em Inglaterra, já que até então cada país produzia os seus próprios modelos. Refira-se que carros Ford na Europa sempre tiveram versões diferentes dos vendidos nos Estados Unidos da América. Em 1967 a Ford estabeleceu-se também na Europa e dois anos depois surgiu o Capri, um carro de aspecto desportivo que cativou uma enorme clientela. Foi produzido até 1986. Em 1976 começou a ser produzido em Espanha o Ford Fiesta, que viria a ser um dos carros mais populares da marca. Tratava-se um pequeno automóvel que conheceu diversas remodelações e continuou a ser produzido mesmo depois do ano 2000. Pouco depois, em 1982, surgiu o modelo Sierra, uma viatura de gama alta que contra a corrente da época mantinha a opção pela tracção traseira. Mesmo assim foi outro modelo bem sucedido.

O Fiesta, o Sierra e o Escort ajudaram a Ford, na década de 80, a atravessar um dos melhores períodos do seu historial, mas no início da década de 90 a marca sofreu um declínio. A recuperação surgiu já nos anos 90, principalmente graças ao sucesso do carro de gama média Focus, lançado em 1997 para substituir o Escort. No ano anterior tinha surgido o pequeno e inovador Ford Ka, que na Europa atingiu bons níveis de vendas. Actualmente o grupo Ford engloba a Lincoln, Mercury, Mazda, Mercury, Aston Martin e Volvo.



A origem da empresa remonta à longínqua década de 1930 na Alemanha nazista, e ao projeto de construção do automóvel que ficaria conhecido no Brasil como "Fusca", em Portugal como "Carocha", na Alemanha como "Käfer" e nos Estados Unidos e Reino Unido da Grã-Bretanha, como "Beetle". O desejo de Adolf Hitler era o de um automóvel barato, e que qualquer pessoa pudesse comprá-lo através de um sistema de poupança voltado para sua aquisição. O engenheiro encarregado de desenvolver o modelo foi Ferdinand Porsche (1875-1952), apesar de grande parte de seu desenho ter sido inspirado nos carros desenvolvidos por Hans Ledwinka para a empresa Tatra.

Cerca de 336 mil pessoas pagaram pelo modelo, e protótipos do carro, chamados em alemão KdF-Wagen (KDF significa Kraft durch Freude, em português, "força através da alegria", um dos lemas do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães, o conhecido Partido Nazista), surgiram a partir de 1936, sendo os primeiros modelos produzidos em Stuttgart. O carro já possuía as curvas de seu formato característico e o motor refrigerado a ar, de quatro cilindros, montado na traseira, similar ao Tatra. Erwin Komenda, chefe de desenho da Porsche de longa data, desenvolveu o corpo do protótipo que seria igual ao dos Carochas/Fuscas posteriores.

A nova fábrica - implantada numa cidade que foi criada em torno da mesma e batizada de KdF-Stadt (atual Wolfsburg) - só havia produzido algumas unidades quando a Segunda Guerra Mundial iniciou-se em 1939. Como conseqüência da guerra, sua produção foi adaptada para veículos militares, como o jipe Kübelwagen, o modelo anfíbio Schwimmwagen e o Kommandeurwagen.

A empresa deve a sua existência no pós-guerra a um homem, o major britânico Ivan Hirst. Em abril de 1945 a KdF-Stadt e sua fábrica fortemente bombardeada foram capturados pelos norte-americanos, e passaram às mãos da administração britânica. A primeira idéia foi usá-la para a manutenção de veículos militares pesados. Para Hirst, como ela fora usada para produção militar e fora um "animal político" (menção pessoal) ao invés de um empreendimento comercial, seu equipamento na época fora destinado às reparações de guerra. Assim, Hirst pintou um dos carros da fábrica de verde e o exibiu em instalações militares britânicas. Dispondo de poucos veículos leves de transporte, em setembro de 1945 o exército britânico foi persuadido a encomendar 20.000 unidades. As primeiras unidades foram para o pessoal das forças de ocupação e para o correio alemão. Por volta de 1946 a fábrica estava produzindo 1000 carros por mês, uma quantidade notável, uma vez que a fábrica ainda precisava de reparos: o teto e os vidros danificados interrompiam a produção quando chovia, e o aço para fazer automóveis era pago com veículos produzidos.

O carro e a cidade mudaram seus nomes da época da Segunda Guerra Mundial para, respectivamente, Volkswagen e Wolfsburg. Enquanto isto, a produção crescia. Como ainda era incerto o futuro da fábrica, a mesma foi oferecida a representantes de empresas automobilísticas britânicas, americanas e francesas. Todos a rejeitaram. Depois de visitar a fábrica, Sir William Rootes, da indústria britânica Rootes Group, declarou que "o modelo não atrai o consumidor médio de automóveis, é muito feio e barulhento... se vocês pensam que vão fazer automóveis neste lugar, vocês são uns grandes tolos, rapazes". Ironicamente, a Volkswagen fabricou nos anos 80 uma versão do Hillman Avenger, modelo criado pela empresa de Rootes (Hillman), após esta ter sido absorvida pela Chrysler em 1978, e de a Chrysler, por sua vez, ter vendido sua fábrica na Argentina - que produzia este modelo como "Dodge Polara" - para a Volkswagen.

Após 1948, a Volkswagen se tornou um importante elemento simbólico e econômico, da recuperação da Alemanha Ocidental. Heinrich Nordhoff (1899-1968), ex-gerente da área de caminhões da Opel foi chamado para dirigir a fábrica naquele ano. Em 1949 Hirst deixou a empresa, agora reorganizada como um monopólio controlado pelo governo alemão ocidental. Além da introdução do veículo comercial "VW tipo 2" (conhecido como Kombi) em suas versões de passageiros, furgão e camioneta, e do esportivo Karmann Ghia, Nordhoff seguiu a política de modelo único até pouco antes de sua morte em 1968.

A produção do "tipo 1", nome oficial do "Carocha" ou "Fusca", cresceu enormemente ao longo dos anos no mundo todo, tendo atingido 1 milhão de veículos em 1954.

Durante a década de 1960 e o início dos anos 70, apesar de o carro estar ficando ultrapassado em alguns aspectos, suas exportações para os EUA, sua publicidade inovadora e sua reputação de veículo confiável ajudaram seus números de produção total superarem os do recordista anterior, o Ford Modelo "T". Por volta de 1973 sua produção mundial já superava 16 milhões de unidades.

A Volkswagen expandiu sua linha de produtos em 1967 com a introdução de vários modelos "tipo 3", os quais eram essencialmente variações de desenho de carrocerias ("hatch", três volumes) baseados na plataforma mecânica do "tipo 1". Novamente o fez em 1969 com a linha relativamente impopular chamada "tipo 4" que diferiam bastante dos anteriores pela adoção de carroceria monobloco, transmissão automática e injeção de combustível.

A Volkswagen enfrentou sérios problemas em fins dos anos 60, com o insucesso dos "tipo 3" e "tipo 4" também com o K70, baseado em modelo da montadora NSU. A empresa sabia que a produção do "Käfer" (Carocha, Fusca) iria terminar algum dia, porém o enigma sobre como substituí-lo se convertera num pesadelo. A chave para o problema veio da aquisição da Audi/Auto-Union, em 1964. A Audi possuía os conhecimentos tecnológicos sobre tração dianteira e motores refrigerados a água dos quais a Volks tanto necessitava para produzir um sucessor de seu "tipo 1". A influência da Audi abriu caminho para uma nova geração de Volkswagens: Polo, Golf e Passat.

A produção do Käfer na fábrica de Wolfsburg cessou em 1974, sendo substituído pelo Golf. Era um veículo totalmente diferente de seu predecessor, tanto na mecânica quanto no desenho, com suas linhas retas desenhadas pelo projetista italiano Giorgetto Giugiaro). Seu desenho seguiu tendências estabelecidas pelos pequenos modelos familiares, tais como o Mini Cooper, de 1959 e o Renault 5, de 1972 -- o Golf tinha um motor refrigerado a água montado transversalmente, desenho "hatch-back" e tração dianteira, uma configuração que tem dominado o mercado desde então. A produção do Käfer (Carocha/Fusca) continuou em fábricas alemãs menores até 1978, porém o grosso da produção foi deslocado para o Brasil e o México.

Desde a introdução do Golf, a Volkswagen tem oferecido uma gama de modelos semelhantes a de outros fabricantes europeus. O Polo, menor em tamanho que o Golf e introduzido na mesma época, os esportivos Scirocco e Corrado, e o Passat, de maior tamanho, foram os mais importantes e significativos. Em 1998 a Volks lançou o chamado New Beetle, um carro com plataforma baseada no Golf e desenho que lembrara o "Beetle"/"Käfer". Em 2002, a empresa alemã - cujo nome traduzido ao português significa "carro do povo" - lançou dois automóveis para o segmento de alto luxo: a limusine Phaeton(como chamam os sedãs na Alemanha,seu maior mercado) e o SUV Touareg.

Em 30 de julho de 2003, o último Carocha/Fusca foi produzido no México, selando para o modelo um total de 21.529.464 unidades produzidas em todo o mundo.



A Seiko Epson Corporation é uma empresa japonesa fabricante de impressoras, projetores para home theaters e multimídia, robots e equipamentos de automação industrial e comercial, laptops, CIs, componentes para LCDs e outros componentes eletrônicos.

A história desta empresa japonesa teve início no ano de 1942 com a fundação da Daiwa Kogyo Ltd, predecessora da Seiko Epson Corporation. Em 1959, esta empresa se fundiu com a Daini Seikosha Company para formar a Suwa Seikosha. Dois anos depois teve início as operações da Shinshu Seiki, cujo nome mudou para Epson Corporation em 1982. O nome empresarial EPSON data de 1968, quando da introdução da EP-101 (Impressora Elétrica), primeira mini-impressora do mercado. Esse produto foi criado com as tecnologias ultrafinas e de alta precisão desenvolvidas pela EPSON para sua produção de relógios e revolucionou o mercado, tornando-se um produto amplamente reconhecido. As iniciais “EP” formaram a base do nome da empresa, à qual se juntou a palavra “son” (filho), na esperança de que uma série de produtos de sucesso seriam criados dali para frente. E assim nasceu a marca EPSON, em 1975, mesmo ano em que começou suas operações nos Estados Unidos, inaugurando a primeira subsidiária de vendas no exterior.



Fundada em 1939 por Bill Hewlett e David Packard, dois estudantes da Stanford University, que haviam se tornado amigos em um acampamento de 2 semanas no Colorado em 1934. Bill continuou os estudos em Stanford e no MIT, enquanto Dave começou a trabalhar na GE. Morando em Palo Alto – Califórnia, fizeram um investimento inicial de 538 dólares para montar numa garagem seu primeiro produto que foi um oscilador de áudio, um instrumento muito usado por engenheiros de som para fazer testes. Um de seus primeiros clientes foi a Walt Disney Studios que adquiriu 8 destes osciladores para desenvolver e testar o som para o filme de animação "Fantasia", de 1940.

Em 1940, a medida que a HP cresce, Dave e Bill criam um estilo de gerencia agressiva que forma a base de sua cultura de empresa aberta, como a Política de Portas Abertas, escritórios sem portas e a gerência por objetivos que possibilita seus funcionários trabalhar visando metas e determinando a melhor maneira dentro de suas próprias áreas de responsabilidade.

Em 1942 iniciam a construção do seu primeiro prédio próprio em Palo Alto. Planejaram o prédio de forma que pudesse se transformar numa mercearia caso não desse certo.

Na época da segunda guerra mundial eram especialistas em geradores de sinal e incorporaram muitas de suas idéias e produtos a indústria naval americana.

A partir da década de 50 seus contadores de freqüência e produtos relacionados faturaram bilhões de dólares.

Em 1958 adquire sua primeira empresa, F.L. Moseley de Pasadena, California, produtor de plotters, entrando assim no mercado de impressão.

Em 1959 se estabelece na Europa com um departamento de vendas na Suíça e uma fábrica da Alemanha.

Em 1963 faz uma joint-venture com uma empresa japonesa, entrando no mercado asiático.

Em 1966 lança seu primeiro computador, HP 2116A. Tinha 4 Kb de memória de núcleo magnéticos, expansível a 32 Kb. O primeiro exemplar foi instalado a bordo de uma embarcação de pesquisa, num ambiente de ar salgado por mais de 10 anos.

Em 1968 lança a primeira calculadora de mesa, HP 9100A, que permitia armazenar programas em cartões magnéticos e efetuar complexos cálculos científicos.

Em 1972 fazem a primeira calculadora de mão, pequena ao ponto de caber num bolso de camisa e o primeiro computador de uso geral, introduzindo a era de processamento de dados distribuído, uma vez que serve tanto à engenharia de alta tecnologia como as operações quotidianas de processamento de dados administrativos.

Em 1974 substitui a memória de núcleo magnético pela memória dinâmica de acesso aleatório nos mini computadores.

Em 1975 cria uma interface padrão (HP-IB ou interface bus) para sistemas de instrumentos, que é reconhecida como um padrão internacional, permitindo conectar um ou mais instrumentos de forma fácil a um computador.

Em 1980 lança seu primeiro computador pessoal, o HP-85 e a primeira impressora a laser.

Em 1982 introduz a tecnologia do superchip de 32-bit com o HP 9000. Neste ano também é lançado o primeiro handheld HP-75C, com 16K RAM e 48K ROM.

Em 1984 lança a impressora ThinkJet de 96 dpi, com tecnologia térmica de jato de tinta para pcs de mesa e portáteis que estava em desenvolvimento desde 1978. Neste mesmo ano lança também uma impressora laser de 300 dpi.

Em 1986 inicia a aplicação comercial para a arquitetura RISC. A Compaq começa a utilizar os processadores Intel 80386 em seus pcs.

Em 1988 lança a HP DeskJet.

Em 1991 lança seu primeiro palmtop, HP 95LX, a junção de uma potente calculadora financeira com processamento de um pc, agenda eletrônica, planilha Lotus 1-2-3, processador de textos e que permite transferência de dados por raios infra vermelho. A DeskJet 500C que permite impressão colorida também é lançada neste ano.

Em 1993 nasce a família Presário e é lançado o HP Omnibook 300, um portátil com bateria capaz de durar um vôo através dos Estados Unidos.

Em 1994 inicia em conjunto com a Intel o desenvolvimento de um processador de 64 bits, hoje chamado de Itanium, lançado em 2001.

Em 1996 morre Dave Packard.

Em 1997 recebe um prêmio Emmy pela contribuição na tecnologia de compactação MPEG para videos.

Em 1998 lança um palmtop com interface gráfica rodando Windows CE.

Em 2000 lança o servidor especializado para internet Superdome.

Em 2001 morre Bill Hewlett.

Em 2002 lança a DeskJet 5550 com tecnologia de 4800 dpi.

Em 2003 lança o HP DVD Movie Writer dc3000, que transforma VHS em DVD.

Em 2008 a HP Compra a EDS (Electronic Data Systems).

Formada por 3 executivos da Texas Instruments após um encontro em uma doceria em 1982 em Houston, Texas, a Compaq se juntou a HP em 2002, agregando uma equipe especializada em soluções computacionais; A corporação formada por esta união foi avaliada em 87 bilhões de dólares.



A Adobe Systems é uma companhia norte-americana que desenvolve programas de computador com sede em San Jose, Califórnia. Foi fundada em dezembro de 1982 por John Warnock e Charles Geschke. Eles fundaram a Adobe após saírem do Xerox PARC para que pudessem desenvolver mais e comercializar a linguagem de descrição de página PostScript. A Adobe teve um papel importante na revolução da publicação em desktop quando a Apple Computer licenciou o PostScript para usar na linha de impressoras LaserWriter em 1985. O nome da companhia, Adobe, vem de Adobe Creek, um riacho que corria próximo aos escritórios originais da empresa em Mountain View. Em 12 de Dezembro de 2005 é formalizada a aquisição da companhia Macromedia no valor aproximadamente 3.4 bilhões USD.



A Unimed é um sistema cooperativo de trabalho médico além de um plano de saúde.

Criada para ser uma alternativa contra as medicinas de grupo baseadas no capital, a primeira cooperativa nasceu com a fundação da Unimed Santos (SP) pelo Dr. Edmundo Castilho, em 1967, logo seguida da fundação da Unimed Campinas.



Em 1987 Mogarn E. O’Brien e Brian d.McAuley – profissionais da Comissão Federal dos Estados Unidos, atuantes no setor de telecomunicações –, com o intuito de prover um serviço móvel especializado de alta qualidade e redução de custos operacionais, fundam a Fleet Call, empresa especializada em radiocomunicação.

Em 1990 Craig McCaw assume a diretoria da Fleet Call, o que resulta em alianças estratégicas com líderes de empresas de comunicação de primeira linha, como Motorola e Northen, que fornecem uma campanha de tecnologia para redes de telecomunicação móvel digital. A base de assinantes de rádio freqüência era superior a 120 mil.

Em 1994 por meio da fusão com outras empresas de trunking, a empresa passa a ter 50 licenças nos principais pontos dos Estados Unidos. Nasce então a nova companhia: Nextel Communications, Inc.

Em 1996 a Nextel Communications, Inc. (NCI) – ex-proprietária exclusiva da NII Holdings, Inc. (NII) – apresenta a nova tecnologia iDEN da Motorola, a primeira a combinar telefonia móvel digital, rádio digital e pager alfanumérico em um só aparelho.

Em 1997 a Nextel Communications, Inc. chega ao Brasil, investindo 3 bilhões de reais no país. Adquire 20 empresas que possuíam pontos de trunking analógico em várias localidades.

Em 1998 a NII lança o serviço wireless digital iDEN no Brasil e na Argentina.

Em 2002 a NII converte-se em uma companhia de capital aberto.



Kingston Technology Co. é uma empresa fabricante de componentes para computadores, principalmente de memórias para computador. Foi fundada em 17 de outubro de 1987 por John Tu e David Sun.



Telemar Norte Leste S.A. é uma empresa concessionária de telefonia.

Em 1998, o Ministério das Comunicações decidiu dividir a Telebrás em doze companhias: três holdings das concessionárias regionais de telefonia fixa, uma holding da operadora de longa distância e oito holdings das concessionárias da telefonia móvel Banda A. A maior delas era Tele Norte Leste S.A., transformada em Telemar em abril de 1999. O nome TELEMAR vem de TELE(Telefonia - O serviço que a empresa presta) e MAR(A região no qual a operadora atua, que é o litoral sudeste, nordeste e norte do Brasil).

A Telemar absorveu assim, indiretamente, as antigas empresas de telecomunicações dos estados em que opera: a TELERJ, a TELEMIG, a TELEST, a TELERGIPE, a TELASA, a TELPE, a TELPA, a TELERN, a TELECEARÁ, a TELEPISA, a TELMA, a TELEPARÁ, a TELAMAZON, a TELEAMAPÁ, a TELEIMA e a TELEBAHIA. A última deu origem a Telemar.

Em 2007 a mesma passou a adotar a marca Oi, assim como a sua empresa de telefonia celular, mas muitos ainda costumam a se referir à empresa como Telemar.



A Petrobras - Petróleo Brasileiro S/A é uma empresa estatal brasileira de economia mista.

Originalmente Petrobrás, o nome da empresa é alterado para Petrobras, apesar da terminação oxítona em 'a', (seguida de 's'), obedecendo a Lei nº 7.565 de 1971, em acordo com a Academia Brasileira de Letras e a Academia das Ciências de Lisboa, segundo as quais nenhuma sigla é acentuada na língua portuguesa. Em dezembro de 2000 foi anunciada uma alteração: o novo nome fantasia seria Petrobrax, que alegadamente seria mais adequado à pronúncia da língua inglesa, já que a empresa tornava-se importante internacionalmente. Seria também uma maneira de expandir sua operação de varejo na América Latina (postos de gasolina) contornando uma negativa imagem imperialista que o Brasil exerce sobre seus vizinhos. No entanto, houve uma forte rejeição no meio político e entre os funcionários da empresa, bem como entre a população brasileira em geral, pois isso representaria o abandono do sufixo bras (de Brasil. No início de 2001, a diretoria abandonou definitivamente os planos de alterar o nome da empresa.

Em 1997, a marca da Petrobras para uso fora da América do Sul foi modificada. A cor do logotipo Petrobras foi alterada de verde para um azul da escala especial pantone. Entretanto, devido à continuidade do processo de internacionalização da companhia - particularmente no segmento Abastecimento -, com a abertura das primeiras estações de serviço na Bolívia, em 2001, novo ajuste foi realizado. Passou-se a utilizar somente o logotipo Petrobras em azul, sem o símbolo BR. Essa opção também foi adotada em todos os países da América Latina em que a empresa atua.

Fundada no dia 3 de outubro de 1953 pelo então presidente Getulio Vargas, com a edição da Lei Nº 2.004, a criação da Petrobras foi formalizada. Suas atividades foram iniciadas com o acervo recebido do antigo Conselho Nacional do Petróleo (CNP), que manteve sua função fiscalizadora sobre o setor.

As operações de exploração e produção de petróleo, bem como as demais atividades ligadas ao setor de petróleo, gás natural e derivados, à exceção da distribuição atacadista e da revenda no varejo pelos postos de abastecimento, foram conduzidas pela Petrobras de 1954 a 1997. Durante esse período, a Petrobras tornou-se líder em comercialização de derivados no país.

Depois de exercer por mais de 40 anos o trabalho de exploração, produção, refino e transporte do petróleo no Brasil, a Petrobras passou a competir com outras empresas estrangeiras e nacionais em 1997, quando o presidente Fernando Henrique Cardoso sancionou a Lei N° 9.478, de 6 de agosto de 1997. Tal lei regulamentou a redação dada ao artigo 177, §1º da Constituição da República pela Emenda Constitucional nº9 de 1995, permitindo que a União contratasse empresas privadas para exercê-lo.

A partir daí foram criadas a Agência Nacional do Petróleo (ANP), responsável pela regulação, fiscalização e contratação das atividades do setor e o Conselho Nacional de Política Energética, órgão encarregado de formular a política pública de energia.



A primeira Casas Bahia, localizada em São Caetano SP, foi comprada de Aarão Wasserman por Samuel Klein e reinaugurada em Novembro de 1957.
Pode-se considerar que na época o nome Casas Bahia, era uma pequena estratégia de comunicação, pois este surgiu para agradar e homenagear o grande número de nordestinos que moravam na cidade de São Paulo.
Quando tudo começou Samuel Klein dono da Casas Bahia não possuía departamento de Marketing, mais com o decorrer do tempo Samuel Klein notou que era necessário então chamou o funcionário João Elias para assumir este novo departamento de e falou-lhe o seguinte: "Não gosto de propaganda e não quero propaganda. Sua missão será me convencer que estou errado".
Em 1970 optou-se por propagandas mais agressivas, desde então havia anúncios em rádio, televisão e jornal, além da impressão de 1 milhão de exemplares semanais de tabloíde distribuído nos bairros de São Caetano.
Em 1984, Samuel Klein decidiu para com a venda de porta em porta.
Nesta época Samuel elogia João Elias:
"... Você mostrou e provou que é fundamental investir em propaganda".
O espaço na mídia era e é usado para vender e não simplesmente como institucional.
João apresentou a idéia de apostar no "testemunhal", fechando contrato com grandes personalidades brasileiras, estas por sua vez vestiam a camisa das Casas Bahia. Entre estas personalidades estavam: Pelé, Chitãozinho e Xororó, Gugu Liberato, etc. As personalidades falavam o seguinte Slogan nas chamadas feitas na televisão: "A Casas Bahia tem. Isso, eu garanto".
As Casas Bahia na hora do comercial focavam em estar onde estava o cliente: no jogo de futebol, programas de auditório e novelas.
Em 1986 criou-se o personagem da Casas Bahia, então passou apresentar um comercial com um bahianinho jogando futebol com um sombreiro mexicano (antes da Copa do México), até hoje as Casas Bahia possuem este personagem. Quando não existe evento importante, ele utiliza um chapéu de cangaceiro.
Em 1985, a Casas Bahia tornando-se a maior anunciante nos meios de comunicação de São Paulo da época.
Em 1994, o slogan para as comemorações da Casas Bahia era: "As Casas Bahia faz anos e quem ganha o presente é você".
Em 1999, contratou uma agência de propaganda, a Newcommbates, que transformou o que se chama no mercado publicitário de "house*" .
A Agência de Publicidade responsável pela propaganda das Casas Bahia atualmente é Young&Rubicam (Y&R) que possui uma equipe exclusiva que trabalha sete dias por semana para produzir os comerciais das Casas Bahia.



Havainas é uma marca brasileira de chinelos de borracha produzidas pela São Paulo Alpargatas, uma empresa do Grupo Camargo Corrêa.

A idéia para o produto foi inspirada nas Zori, sandálias japonesas feitas de palha de arroz ou madeira lascada e que são usadas com os kimonos. Em 8 de junho de 1958 foram lançadas as sandálias brasileiras feitas de borracha. O primeiro modelo é o mais tradicional: branco com tiras e laterais da base azuis. Não possuíam um atrativo visual, porém, eram demasiado baratas. Com o fator preço favorecendo o mercado, em menos de um ano a [Vespasiano] produzia mais de 13 mil pares por dia.

O grande público das Havaianas foi, durante trinta anos, uma classe financeiramente desfavorecida que a comprava em mercados de bairro. Assim, as Havaianas ficaram conhecidas como "chinelo de pobre". Tentando mudar esta idéia, a companhia lança em 1991 o modelo Havaianas Sky, com cores fortes e calcanhar mais alto, dando a idéia de que pertencia a um público de classe mais alta. Seu preço também é mais elevado que o das tradicionais. Para levar o lançamento ao público alvo, foram veiculadas propagandas de grande porte estreladas por artistas famosos. Em seguida a distribuição foi organizado de acordo com o público alvo. Também foi criado um display vertical para facilitar a escolha do produto e do número. Este display substituiu as antigas bancadas com pares espalhados.

Após o sucesso da Sky, foram criados novos modelos como, por exemplo, a Havaianas Olimpic, lançada durante as Olimpíadas de Atlanta. Desde a seu aparecimento, as Havaianas evoluíram dos modelos simples de chinelo de enfiar no dedo, que continuam a ser um sucesso de vendas, para designs mais elaborados com aplicações e formatos variados. Recentemente foi lançado um modelo que inclui um salto alto.



Fundada em 1961 em Collecchio, a poucos quilómetros de Parma, por Calisto Tanzi, a Parmalat foi pioneira no enchimento asséptico em embalagens da Tetra Pak conhecendo uma rápida ascensão. Em 1990 a Parmalat passa a ser cotada na bolsa e a sua facturação, depois de um processo de internacionalização, regista uma grande expansão, chegando em 2001 a 7.802 milhões de euros (1.564 milhões de contos).

Em Outubro de 1993, a Parmalat inicia a sua actividade em Portugal, apresentando-se inicialmente como produtora de Leite UHT. Mais tarde inicia a produção e comercialização de outros produtos da sua vasta gama.



A história da Nestlé começa na Suíça em 1866, quando Henri Nestlé lançou a farinha láctea, um alimento especial para crianças, à base de cereais e leite. A partir dessa iniciativa, ocorrida há mais de 130 anos na cidade de Vevey na Suíça, a Nestlé se tornou uma empresa mundial de alimentos e nutrição. Atua em doze segmentos de mercado: leites, cafés, culinários, achocolatados, cereais, biscoitos, nutrição, chocolates, refrigerados, sorvetes, food services e pet care.

Em 1905, uniu-se à Anglo-Swiss Condensed Milk Co., que desde 1866 era um importante fabricante de leite condensado.

Depois da farinha láctea e do leite condensado, muitos outros produtos passaram a fazer parte do universo Nestlé e a desfrutar da mesma qualidade e confiabilidade que asseguram a imagem de excelência da marca em todo o mundo.

Voltada essencialmente para a nutrição humana, a Nestlé diversificou suas atividades a partir da década de 1970, passando também a atuar nos segmentos farmacêutico (Alcon), cosmético (a exemplo da L'Oréal) e de alimentos para animais de estimação (Friskies Alpo e Ralston Purina).



Atari é uma empresa de produtos eletrônicos, e uma das principais responsáveis pela popularização dos video games. Foi fundada em 1972 por Nolan Bushnell e Ted Tabney, e no mesmo ano começou a produzir em massa máquinas que reproduziam o jogo Pong.

Durante os anos 70, a Atari se destacou ao produzir dezenas de jogos para arcade. Tempo depois, Nolan Bushnell vendeu a empresa para a Warner, que tinha feito uma oferta irrecusável. Com o passar do tempo, houve um certo "choque" entre a nova direção e Nolan Bushnell porcausa do modo diferente dele administrar a empresa, e também irritando os magnatas que tinham comprado a compainha. Isso culminou com Nolan Bushnell sendo despedido. O primeiro console foi o Atari VCS (Video Computer System), produzido em 1977. Seu preço era alto demais (em torno de 200 dólares), e uma sucessão de novos consoles foi lançado para tentar estabelecer uma fonte de renda segura, até que, em 1978, lançou o Atari 2600, de longe seu maior sucesso (e posteriormente o ícone da empresa). Novos consoles com mais recursos foram lançados posteriormente (como o Atari 5200, o portátil Lynx, e o mais recente Jaguar), mas nenhum chegou perto das marcas de venda alcançadas pelo 2600 durante os anos 80. Haviam centenas de empresas produzindo jogos (que chegavam aos milhares de títulos) para o 2600, entre elas a SEGA, a Coleco, e a Nintendo. As vendas começaram a cair nos Estados Unidos entre 1983 e 1984. No Brasil foi lançado em 1983 pela Gradiente e continuou como o vídeo game mais popular até o final da década, quando a SEGA entrou no mercado com o Master System. Ainda assim, é possível encontrar até hoje programadores e pequenas empresas produzindo novos jogos compatíveis com esse console.

O insucesso frente às grandes marcas surgidas à partir da "terceira geração" de video games de 8 bits causou problemas financeiros na Atari. No início dos anos 90, a companhia investiu no portátil Lynx, que não teve a mesma aceitação que o concorrente Game Boy, da Nintendo. Em 1993 lançou, em parceria com a IBM, o Jaguar, console de 64 bits, e o mais avançado de seu tempo. Mas a carência de jogos e o alto preço do aparelho fez com que as vendas nunca decolassem, sendo mais tarde eclipsado pela Nintendo com o Nintendo 64, bem como pela Sony, com o seu primeiro console, o PlayStation.

Ao longo dos anos 90, a inabilidade da Atari em acompanhar o mercado de consoles culminou com a venda de suas divisões para diversas empresas de informática, terminando com a venda da própria marca para a Infogrames em 2001. A partir daí, esta empresa usa o nome e o logotipo original da Atari em seus produtos, e assim produziu jogos de sucesso, como a série Civilization.



Sony Ericsson Mobile Communications AB é uma joint venture.

Não tendo um início muito lucrativo, a Ericsson ameaçou desfazer a Joint-Venture com a Sony, se os resultados continuassem desapontando a companhia. Porém, em Janeiro de 2003, as duas empresas resolveram injetar dinheiro na Joint-Venture. Sua principal estratégia era fazer telefones com tecnologia de câmera e som digital, para tentar agradar os consumidores. Foram lançados diversos modelos com Câmera digital, capazes de reproduzir videos em alta definição. Porem, esta estratégia falhou, e a empresa continuou tendo resultados anuais negativos cada vez maiores.

Em junho de 2003, a Sony Ericsson anunciou a parada na produção celulares com tecnologia CDMA para o mercado dos Estados Unidos e passou a se focar em celulares com tecnologia GSM. A empresa começou a se recuperar com o lançamento do telefone celular T610, um sucesso de vendas que ajudou a recuperar a empresa da situação desfavorável.

Em 2004, a Sony Ericsson aumentou sua participação no mercado de 5.6% no primeiro semestre para 7% no segundo semestre.

Em março de 2005, a Sony Ericsson apresentou seu primeiro celular da linha Walkman, após o K750i: O W800i, que foi um sucesso de vendas, capaz de armazenar 30 horas de música. Depois foram lançados outros telefones da mesma linha, como o W580, lançado em 2007, que é um dos telefones mais vendidos da Sony Ericsson. Também foram lançados telefones da linha Walkman de baixo custo, como o W200i, o mais simples e mais barato da linha.

O primeiro telefone celular da linha Cyber Shot, destinada a fotos de alta definição, foi o K750, lançado em 2005. Depois, foi lançado o k790i, com uma câmera de 3.2 megapixels em meados de 2007, e o k850i, no inicio de 2008, com uma câmera de 5 megapixels, mas logo depois veio os celulares C902 e C905 que fizeram o maior sucesso no final de 2008.



Dove é uma marca de uma linha de higiene pessoal e beleza.

O sabonete DOVE foi desenvolvido nos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial como alternativa aos sabonetes normais e devido a sua suavidade era usado em hospitais para lavar e tratar os ferimentos dos soldados. Nos anos 50, depois de cumprir sua missão nos campos de batalha, a suave fórmula do produto foi aprimorada para convertê-lo num produto de beleza diferente de todos os outros e com significativo potencial de crescimento, sendo lançado no mercado americano em 1955 pela empresa Lever Brothers (fundada em 1855 e que anos mais tarde viria a se tornar a Unilever), redimensionando o conceito de sabonete, antes relacionado apenas à higiene e ao perfume proporcionados pelo banho. O sucesso do sabonete foi construído em cima de uma promessa funcional: DOVE além de servir como sabonete cuidava e hidratava da pele, uma vez que o sabonete continha 1/4 de creme hidratante. O produto não continha gordura animal e possuía pH neutro, sendo recomendado por dermatologistas.

O símbolo do novo produto era uma pomba, símbolo mundial da paz, e bastante propício para os anos de pós-guerra. A primeira campanha publicitária da marca foi criada para o lançamento do produto pela agência Ogilvy e tinha como slogan “1/4 Cleansing Cream”. Na década de 60 a marca utilizou pela primeira vez em seus comerciais testemunhais de mulheres comuns. A expansão internacional da marca começou em 1989 com a introdução do produto na Itália, seguido de testes de mercado em 1990 na França, Alemanha e Áustria. Entre 1991 e 1994 a marca DOVE foi introduzida em 55 países. Foi nesta década que a empresa começou a diversificar sua linha de produtos lançando Sabonetes líquidos (1995), desodorantes (1997), loções corporais (1998), cremes faciais (1999) e xampu/condicionador, tornando a marca DOVE em referência no setor de beleza e tratamento.



Avon, é uma empresa norte-americana de cosméticos.

O sistema de vendas diretas no qual a empresa está fundamentada começou por vias indiretas, quando o vendedor de livros David H. McConnell, fundador da AVON, começou a oferecer um frasco de perfume como brinde para seus clientes. Criou uma fragrância nova de rosas para presentear com vidrinhos de perfume quem aceitasse ouvir sua apresentação, pois não era bem recebido nas casas, quando vendia livros de porta em porta, na cidade de Nova York. Acabou mudando de ramo, pois o sucesso do brinde foi maior do que de seus livros. Nasceu então a empresa California Perfume Company (conhecida como CPC), com foco voltado para vendas em domicílio. O negócio começou em um espaço não maior do que uma despensa de cozinha. Ele próprio produzia os perfumes, era o caixa, o correspondente, o despachante e o office boy. Com foco voltado para vendas em domicílio, ele convidou Florence Albee, viúva de um senador, para ser a primeira revendedora de sua nova empresa e vender a coleção de perfumes Little Dot, disponível nas fragrâncias Violet, White Rose, Heliotrope, Lily-of-the-Valley e Hyacinth.

Durante seis meses, Florence foi sua única funcionária da empresa e vagava de trem ou a cavalo para vender os produtos. A empresa começou também a mudar o papel das mulheres na sociedade. Vivendo em uma época em que a única ocupação aceitável para uma mulher era a de dona de casa, Ms. Albee, percebendo o grande potencial do negócio, apostou no modelo de negócio da venda porta a porta e convidou outras mulheres para montar o primeiro grupo de revendedoras da história da AVON. Nada mal para um público que na época não havia conquistado sequer o direito ao voto. Menos de uma década após sua fundação, em 1896, a empresa apresentava seu primeiro catálogo para consulta, através do qual as consumidoras podiam escolher entre perfumes, sabonetes, pó-de-arroz, cremes para a pele, xampus, cremes de barbear, entre outros produtos. Nesse mesmo período, foi contratado o maior perfumista da época, Adolph Goetting, para trabalhar no recém-inaugurado laboratório de pesquisas da empresa localizado em Suffern, Nova York.

O primeiro escritório internacional foi aberto na cidade de Montreal no Canadá em 1914. A mudança de nome só aconteceu em 1939, quando a atuação da empresa ampliou, ao ingressar em outros estados americanos além da Califórnia. Na década de 50, com o crescente sucesso dos perfumes AVON, a empresa resolveu expandir seus negócios e se espalhou rapidamente pelos cinco continentes. Na mesma trajetória de outras grandes empresas, a AVON deixava de ser apenas uma empresa multinacional para se transformar em uma organização global. Iniciou sua grande expansão internacional, quando foi formada a Divisão Internacional. A sede, nos Estados Unidos, passou a funcionar como um centro de negócios e as filiais agrupadas, atuavam como divisões autônomas. Todas operavam com produtos testados pela matriz, seguindo as exigências de cada mercado local. Baseadas nesse conceito, as unidades realizavam pesquisas técnicas e mercadológicas. Também podiam trocar informações e comercializar entre si matérias-primas e produtos acabados.

Em 1954 a vendas atingiam a marca de US$ 55 milhões e a famosa campanha publicitária “AVON Calling” foi introduzida. Em 1989, a AVON foi a primeira grande indústria de cosméticos que deixou oficialmente de usar animais para fins de pesquisa e testes. Pouco tempo depois, lançou a deo-colônia Lahana, produzida a partir do avançado sistema "living-flowers". Antes, as essências aromáticas só podiam ser extraídas com a destruição da planta. O "living-flowers" preservava a vida da flor, extraia sua essência aromática sem destruí-la e a reproduzia sinteticamente em escala industrial. Em 1997, mostrando mais uma vez seu pioneirismo na indústria cosmética, foi a primeira a vender seus produtos on-line. No ano de 2000, assina contrato com as tenistas Venus e Serena Williams, para serem as porta-vozes da campanha global denominada “Let’s Talk”. E, em 2007, a bela artiz Reese Witherspoon foi nomeada a embaixadora da marca. Em sua nova função, a atriz recebeu o título de presidente de honra da Fundação Avon, focada em temas como câncer de mama e violência doméstica.



A Caterpillar é uma empresa estadunidense e multinacional que fabrica máquinas, motores e veículos pesados, voltados principalmente para a construção civil e mineração.

A Caterpillar Inc. possui vários anos de história. Com vendas e receitas de US$ 36,34 bilhões em 2005. Em 1890 Benjamin Holt e Daniel Best fizeram experiências com vários tipos de tratores a vapor para uso na agricultura. Eles o fizeram separadamente, em diferentes empresas.

Em 1931 O primeiro Trator Diesel Sixty saiu na linha de montagem em East Peoria, Illinois, com uma nova fonte eficiente de potência para tratores de esteira.

Em 1942 Os tratores de esteira, motoniveladoras, grupos geradores e um motor especial para o tanque M4 Caterpillar são utilizados pelos Estados Unidos em sua força de guerra.

Em 1983 A Caterpillar Leasing Company é expandida para oferecer opções de financiamento de equipamentos aos seus clientes em todo o mundo e é renomeada Caterpillar Financial Services Corporation.

Em 1990 A empresa descentralizou sua estrutura, reorganizou-se em unidades de negócios responsáveis pelo retorno sobre os ativos e a satisfação do cliente.

Em 1999 A Caterpillar revela sua nova linha de equipamentos compactos para construção na CONEXPO, a maior feira de equipamentos para construção, em resposta às mudanças de necessidades dos clientes para equipamentos de construção menores, mais versáteis.

Em 2005 as vendas e receitas foram US$ 36.34 bilhões, US$ 6.03 bilhões, ou 20% a mais do que em 2004. O aumento foi o resultado de US$ 3.72 bilhões de alta no volume de vendas, US$ 1.827 em melhor realização de preços e US$ 363 milhões de aumento na receita dos Produtos Financeiros. Aproximadamente metade das vendas foram para clientes fora dos Estados Unidos.



Dow Jones & Company (NYSE: DJ) é uma editora financeira internacional dos Estados Unidos, proprietária e responsável pela publicação de um dos mais importantes jornais financeiros dos EUA e do mundo, o jornal The Wall Street Journal, que tem circulação diária de aproximadamente 2,1 milhões de cópias. Além disso, a Dow Jones atua em outros grupos de comunicação e mídia, e é sócia de emissoras de televisão na Ásia e Europa pertencentes ao grupo NBC. A empresa foi fundada em 1882 por três jornalistas: Charles Dow, Edward Jones, e Charles Bergstresser. O editora conta com mais de 7.000 funcionários de tempo integral, e seu escritório central de edição localiza-se no "1 World Financial Center", no nº200 da rua Liberty Street, New York, USA.

Em Agosto de 2007, a empresa News Corporation, de propriedade do empresário Rupert Murdoch, anunciou a compra da Dow Jones & Company por 5,6 bilhões de dólares. A News Corp. é proprietária de mais de uma centena de publicações impressas no mundo, além da rede de TV Fox, dos estúdios de cinema 20th Century Fox e do site de relacionamento MySpace.



Wal-Mart (por vezes, grafado como Walmart) é uma empresa do setor de varejo que iniciou suas atividades nos Estados Unidos da América em 1962 por Sam Walton.

Inicialmente uma loja de descontos, em Bentonville, Arkansas, hoje atua em 11 países: Estados Unidos, México, Canadá, Brasil, Argentina, Porto Rico, Alemanha, China, Coreia, Inglaterra e Japão.

Wal-Mart atua no Brasil há onze anos. Atuou primeiramente pela sudeste, expandindo seus negócios para o Nordeste com a compra da Rede Bompreço. Abriu lojas também em Brasília, Goiânia, Minas Gerais e em Campo Grande.

Adquiriu em dezembro de 2005 lojas da rede Sonae Distribuição Brasil S.A.,no Sul do País.



Carrefour (lido como carfúr em francês) é uma rede internacional de hipermercados fundada na França, em 1960, com a inauguração da loja número 1, chamada `Carrefour Parmelan¿, na região da Haute-Savoie. Em 2004, o grupo possuía dez mil unidades em trinta países e quatrocentos mil empregados. Seu volume de negócios em 2002 foi de 86 bilhões de euros e se distribuiu do seguinte modo: 51% na França, 34% no resto da Europa, 8% na América Latina e 7% na Ásia.



O Grupo Pão de Açúcar, cuja razão social é Companhia Brasileira de Distribuição, é a maior empresa varejista do Brasil, controlada por Abílio Diniz e pelo Groupe Casino francês.

O grupo teve origem com a fundação da doçaria Pão de Açúcar, em 1948 por Valentim dos Santos Diniz (1913-2008), que posteriormente se tornou uma rede de supermercados. Desde 2003 o conselho de administração é presidido por seu filho, Abílio Diniz.



A Olympikus, é uma marca de calçados e artigos esportivos do Brasil pertencente ao grupo Vulcabras-Azaleia.

A história da Olympikus inicia em 1975, quando surgiu o seu primeiro tênis: um dos primeiros modelos em couro do Brasil. Pouco tempo depois, as marcas esportivas internacionais começaram a entrar no Brasil e a Olympikus passou a disputar nos campos tecnológico, publicitário e mercadológico o espaço com estas empresas.

Na década de 90 a marca se tornou patrocinadora de vários atletas e entidades. Nomes como Claudinei Quirino, Gustavo Borges, Vanderlei Cordeiro, Maureen Maggi, Gustavo Kuerten, Giba e Bernardinho se tornaram garotos-propaganda da Olympikus.

Além disso, a Olympikus iniciou parceria com a Confederação Brasileira de Vôlei (1997), com a Confederação Brasileira de Atletismo (1999) e com o Comitê Olímpico Brasileiro (1999).

Como resultado da maior associação com o esporte a Vulcabrás decide produzir novas linhas de vestuário com a marca. Em 1996, a Olympikus deixa de ser apenas uma marca de tênis e a marca passa a vir estampada em diversas peças de vestuário esportivo, como camisetas e mochilas.

Em 2007 a marca foi escolhida como uma das patrocinadoras oficiais dos Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro. A Olympikus não só patrocinou o evento, como a delegação brasileira.

Nas Olimpíadas de Pequim a Olympikus foi fornecedora oficial de 7 delegações.

Em 2006, uma nova marca foi lançada pela Vulcabrás, mantendo uma relação ideológica com a antiga marca Olympikus: a OLK. Trata-se de uma variante da antiga marca menos voltada para materiais desportivos e mais relacionada com a vestuário casual.



A Penalty é uma marca de artigos esportivos brasileira.

A trajetória da Cambuci S/A - hoje uma das mais importantes fabricantes de produtos esportivos da indústria nacional, dona das marcas Penalty e Stadium, e de sete unidades de fabricação distribuídas pelos Estados de São Paulo, Paraíba e Bahia - tem início em uma pequena oficina de corte e costura instalada na garagem da residência do comerciante Sarhan Tuma Estefano e sua família.

No momento em que vendas começaram a crescer, Sarhan falece. A viúva, com seis filhos para criar, se uniu a seus irmãos, Ibrahin e Sarhan Curi, para seguir com a iniciativa. A união consolidou-se a partir da década de 40, com o desenvolvimento da indústria têxtil no Brasil.

Em 1945, os filhos de Assibe, Eduardo e Victorio Estefano, ainda jovens, compraram a parte dos tios e fundaram, oficialmente, a Malharia Cambuci S/A, uma confecção de artigos de vestuário masculinos e femininos localizado no bairro do Cambuci, em São Paulo.

Pouco menos de 25 anos depois, em 1968, os irmãos Eduardo, Ricardo, e Roberto Estefano, filhos de Eduardo e netos de Assibe, assumiram a empresa, após a aposentadoria do tio Victorio. Em 1970, a Cambuci criou a marca Penalty e lançou produtos para a prática de futebol. Com o sucesso, alguns anos mais tarde, a Cambuci transferiu sua produção para São Roque, no interior de São Paulo, em um complexo de fábricas criado para atender a todo o mercado brasileiro. Em seguida, fechou seu primeiro grande contrato com o São Paulo Futebol Clube. A década de 70 foi um periodo de grande crescimento para a Empresa.

Na década de 80, a Cambuci torna-se a maior fabricante brasileira de bolas. Neste período, adquiriu os direitos de fabricação de calçados da marca ASICS e raquetes e bolas de tênis Wilson e Doney. Absorvendo, a partir daí, experiência e tecnologia que lhe permitiram avançar no padrão internacional de seus produtos.

Na década de 90, a Penalty consolida sua presenca na América do Sul, tornando-se marca oficial das principais federacões e confederacões nas diversas modalidades esportivas que atua até hoje.



Motorola é uma empresa dos Estados Unidos da América especializada em eletrônica.

A Motorola começou como a Galvin Manufacturing Corporation em 1928. O nome da empresa mudou para Motorola em 1947, mas a palavra tem sido usada como marca registrada desde os anos 30. A empresa é baseada em Schaumburg, Illinois, um subúrbio de Chicago.

O fundador Paul Wault Galvin veio com o nome Motorola quando sua empresa começou a produzir rádios de carro (um número de empresas antigas que produziam fonógrafos, rádios e outros equipamentos de áudio no início do século XX usavam o sufixo "-ola", sendo o mais famoso a vitrola; também havia um equipamento de edição de filmes chamado Moviola).



A Nokia Corporation é uma empresa finlandesa de telecomunicações.

A empresa, fundada por Fredrik Idestam, empresa de pequeno porte no setor das telecomunicações móveis a nível mundial, foi fundada em 1865, sendo na época uma fábrica de papel.

Perto do final do século XIX, a empresa envolveu-se no negócio das botas de borracha e armarios de madeira e fundou uma companhia com uma vertente mais tecnológica, já que este produto e os químicos que lhe eram associados constituíam na época o setor tecnologicamente mais desenvolvido. Com a expansão da electricidade na Finlândia, a partir de 1910 a fabricação de cabos eléctricos cresceu consideravelmente, até porque também era preciso suportar as necessidades impostas pelo telefone. Nasceu assim mais uma companhia no grupo finlandês, desta feita dedicada aos cabos elétricos.

Em 1960 foi criado um departamento de eletrônica na fábrica de cabos, passo que abriu caminho para uma nova era nas telecomunicações. Em 1967 foi formada a Nokia Corporation, constituída pela Companhia Nokia que se dedicava ao negócio do papel e ainda pela fábrica de borracha e pela de cabos. Mas essa mesma década ficou principalmente marcada pela entrada da Nokia no mundo das telecomunicações, onde viria a ganhar grande destaque. Em 1963 desenvolveu um radiotelefone e em 1965 apresentou um modem para transmissão de dados.

Na década de 80 começou a desenvolver-se a indústria da microinformática e a Nokia dedicou-se, com sucesso, à produção de computadores, monitores e até de televisores preparados para as transmissões em alta definição, as ligações por satélite e o teletexto.

Entretanto, em 1981, foi criada na Escandinávia a primeira rede internacional para telefones móveis. Coube à Nokia fazer os primeiros telefones para usar em automóveis. Os celulares na altura eram muito grandes e pouco portáteis e foi de novo a empresa finlandesa a inovar ao apresentar, em 1987, um telefone verdadeiramente portátil. A partir de então, a Nokia apresenta inúmeras inovações em aparelhos de comunicação portátil agregando a eles várias funcionalidades, fazendo com que celulares tornem-se aparelhos multiuso. Em 2003, a Nokia lançou seus primeiros celulares com câmera fotográfica digital com resolução de 388x245 pixels, não chegando à 0.1Mpx. Dois anos depois, em 2005, a Nokia lançou modelos com câmera digitl VGA com 640x480 pixels, ou 0.3Mpx, além do primeiro com câmera de 1.0Mpx com exclusivo flash embutido. Já em 2006 e 2007 chegaram celulares com câmera de até 3.2Mpx além de Mp3, capacidade de armazenamento de 2GB e internet Wi-Fi. Em 2008 a Nokia lança os modelos N95 e N81 com câmeras de 5.0Mpx que inclui flash Xenon, Mp3 e capacidade de 8GB. Para 2009 a Nokia planeja o N96 com câmera 5.0Mpx, 3G, Wi-Fi, Mp3 e capacidade de 16GB entre várias outras funcionalidades. A Nokia foi também a primeira empresa a lançar celulares com tela de 16 milhões de cores, superando a concorrência que usava até 260 mil cores.

Em 1991 foi adotado o sistema GSM (Global System Mobile Communications - Sistema Global de Comunicações Móveis) em toda a Europa, que permitia, para além do som, a transmissão de dados, o mercado foi regularizado. A Nokia, a primeira empresa a realizar uma chamada em GSM, viu as potencialidades do setor e esta tornou-se na principal área de intervenção do grupo finlandês. Nesse mesmo ano ajudou a instalar o sistema GSM em nove países europeus. A Nokia é a 119ª maior companhia do planeta de acordo com a Fortune 500 de 2007.

Especulações dão conta que a gigante Microsoft estaria de olho em uma possível compra em massa de suas ações na Bolsa de Valores de New York, entretanto foi desmentida pela assessoria de imprensa, que se referiu ao episódio como uma "especulação descabida e sem nexo" de mercado.

Logo em 1993 foi a Nokia quem, pela primeira vez, transmitiu uma mensagem de texto via celular através do sistema GSM. Foi o primeiro indício de que seria possível ligar um celular a um computador. Em 1994 lançou a família de celulares 2100 compatível com os principais sistemas existentes no Mundo, incluindo o GSM. Em 1997, a Nokia forneceu sistemas de GSM para 59 operadores de celulares em 31 países. Entretanto, começou a desenvolver celulares bastante inovadores em termos de design, que passaram ser a referência do mercado, colocando a marca no topo das preferências dos utilizadores.

Os celulares Nokia são vendidos em mais de 130 países e a empresa emprega cerca de 60 mil trabalhadores em todo o Mundo.



A Panasonic é uma empresa japonesa fabricante de eletroeletrônicos. Foi fundada em 1918 com o nome de Matsushita Electric Industrial Co. Ltd.

História

Em 1958 foi fundada a Panasonic Mobile Communications como um ramo da Matsushita Electric Industrial, formada especialmente para a produção de produtos eletrônicos industriais, incluindo telecomunicações, áudio profissional, entre outros equipamentos eletrônicos. No ano seguinte foi fundada a Matsushita Electric Company of America na cidade de Nova York, contando apenas com três funcionários. Inicialmente vendia no mercado americano rádios e televisores. Rapidamente adotaram o nome "Panasonic", que significa "wide-ranging-sound" em seus produtos.

Em 1960 foi introduzida a televisão de 21 polegadas colorida no mercado nacional. Em 1962 foi inaugurada a empresa de vendas na Europa sob o nome National Panasonic na Alemanha. Esta empresa foi usada como base para a entrada da Panasonic no continente europeu. Nesse mesmo ano foi introduzido no mercado o fac-símile (popularmente conhecido como FAX). No ano de 1967 foi lançado o rádio AM/FM cassette recorder, modelo RQ-231, para exportação. A partir deste lançamento a empresa desenvolveu inúmeros produtos nesse segmento como o primeiro rádio auto-reverse stereo do Japão, entre outros aparelhos de áudio. A divisão de produtos para casa (Home Appliance) foi estabelecida em 1970.

Três anos depois foi introduzido no mercado americano o primeiro micro-ondas para uso doméstico, um aparelho compacto, na vertical e que ocupava muito pouco espaço. Em 1977 introduziu no mercado o Video Home System, ou simplesmente VHS. No ano de 1982 a Panasonic desenvolveu o primeiro aparelho de CD (CD Player) que chamou a atenção do público quando apresentado na Tokyo Audio Fair e na feira de Berlim. O Pancom Pro Note, primeiro notebook produzido pela empresa, foi lançado em 1990. No ano seguinte o telefone celular MOVA P causou grande impacto no mercado, sendo o menor e mais leve aparelho disponível, equipado com bateria de níquel com hidrogênio. Em 1996 foi introduzido no aparelho de DVD. Em 1998 a empresa introduziu as televisões digitais no mercado americano. No ano de 2001 lançou o slogan "Changes your life". Atualmente a empresa utiliza o slogan "Panasonic Ideas for Life".



A 1 de Março de 1938, o presidente fundador Byung Chull Lee iniciou um negócio em Taegu, Coreia, com 30.000 won.

Inicialmente, o negócio centrava-se principalmente na exportação, vendendo peixe seco, vegetais e fruta coreanos, para a Manchúria e Pequim. Em pouco mais de uma década, a SAMSUNG - cujo significado é “três estrelas” em coreano - tinha já os seus próprios moinhos e máquinas de confeitaria e as suas próprias operações de fabrico e vendas, e evoluiu para se tornar na moderna corporação global que, até hoje, possui o mesmo nome.

Durante os anos 70, a SAMSUNG estabeleceu a base estratégica para o crescimento futuro, investindo nas indústrias pesadas, química e petroquímica.

Neste período, a empresa também procurou melhorar a sua posição competitiva na indústria têxtil mundial, integrando os seus processos de fabrico, desde a matéria-prima ao produto final. Consequentemente, foram criadas muitas novas empresas, incluindo a SAMSUNG Empresa de Indústrias Pesadas, em 1974, e a SAMSUNG Empresa de Construção de Navios e a SAMSUNG Empresa de Precisão (agora SAMSUNG Techwin), em 1977.
Outro impulsionador do crescimento da SAMSUNG foi o florescente negócio de electrodomésticos. A SAMSUNG Electronics, que já era um grande fabricante no mercado coreano, começou a exportar os seus produtos, pela primeira vez, durante esta fase. A SAMSUNG adquiriu também 50% das acções da Korea Semicondutores, consolidando ainda mais a posição da SAMSUNG Electronics como líder no fabrico de semicondutores.

Os negócios de tecnologia fundamental da SAMSUNG diversificaram-se e expandiram-se globalmente durante os finais dos anos 70 e inícios dos anos 80.

Em 1978, a SAMSUNG Semicondutores e a SAMSUNG Electronics tornaram-se entidades separadas. A SAMSUNG Indústrias Aeroespaciais (actualmente SAMSUNG Techwin) foi lançada em Fevereiro de 1987 e a SAMSUNG começou a desenvolver as suas capacidades aeroespaciais com velocidade sem precedentes.
A SAMSUNG também entrou no negócio de desenvolvimento de sistemas, fundando a SAMSUNG Data Systems em 1985 (agora denominada SAMSUNG SDS) como um líder nos serviços de tecnologia da informação, incluindo a integração de sistemas, administração de sistemas e serviços de consultoria e rede.
O foco crescente da SAMSUNG na tecnologia levou à criação dos dois institutos de investigação e desenvolvimento (I&D) da empresa, que ajudaram a expandir ainda mais o seu alcance no âmbito da electrónica, semicondutores, químicos de altos polímeros, engenharia genética, telecomunicações ópticas, aeroespaço e em novos campos de inovação tecnológica, desde a nanotecnologia a arquitecturas de rede avançadas.
Em 1987, faleceu o Presidente fundador da SAMSUNG, Byung-Chull Lee, depois de quase cinquenta anos no comando da empresa. O filho, Kun-Hee Lee, sucedeu-o no cargo de Presidente. Durante este período, a SAMSUNG assumiu o desafio interno de reestruturar negócios antigos e iniciar novos, visando tornar-se numa das cinco maiores empresas de electrónica do mundo.

O início dos anos 90 apresentou grandes desafios aos negócios de alta tecnologia.

Fusões, coligações e aquisições eram comuns, enquanto a concorrência e a consolidação floresciam. As empresas foram forçadas a reconsiderar as suas ofertas de tecnologia e de serviços. Os negócios começaram a cruzar fronteiras entre países e empresas. A SAMSUNG tirou o máximo partido destas oportunidades reorientando a sua estratégia de negócio para melhor responder às exigências do mercado.

Em meados da década de 90, a SAMSUNG revolucionou o seu negócio dedicando-se ao desenvolvimento de produtos de classe mundial, proporcionando a satisfação total do cliente e sendo um bom cidadão corporativo – tudo na perspectiva de "primeira qualidade".

Durante este período, 17 produtos diferentes - desde semicondutores a monitores de computador, ecrãs LCD-TFT a tubos de imagens a cores - foram classificados entre os cinco melhores produtos em termos de participação no mercado global nas suas áreas, tendo outros 12 alcançado o primeiro lugar.
Ser o “número um” também significa satisfazer as obrigações sociais, quer se trate de uma causa de bem-estar social, conservação ambiental, eventos culturais ou desportivos. Como tal, a SAMSUNG participou activamente no marketing desportivo e, como resultado dos esforços intensos, o seu Presidente na altura, Kun-Hee Lee, foi escolhido como membro do Comité Olímpico Internacional (COI) em Julho de 1996, expandindo a imagem da empresa como um colaborador fundamental para o desporto mundial.

Apesar de crise financeira de 1997 que afectou praticamente todos os negócios coreanos, a SAMSUNG foi uma das poucas empresas que continuou a crescer, graças à sua liderança nas tecnologias digitais e de rede e à sua concentração na electrónica, finanças e serviços relacionados.

A SAMSUNG respondeu à crise reduzindo o número das suas empresas afiliadas para 45 (de acordo com o Monopoly Regulation and Fair Trade Act [Lei de regulação de monopólios e comércio justo]), diminuindo o pessoal em cerca de 50.000, vendendo 10 unidades de negócio e melhorando a estabilidade da sua estrutura financeira, reduzindo o seu índice de endividamento de 365% em 1997 para 148% no final de 1999.



Siemens AG (Siemens Aktiengesellschaft) é uma companhia de produtos eletrônicos.

Em 1847 os engenheiros alemães Werner von Siemens e Johann Georg Halske fundaram a Telegraphen-Bauanstalt Siemens & Halske para instalar linhas telegráficas e fabricar o produto que desenvolveram no ano anterior, o telégrafo de ponteiro. Diferente do telégrafo comum que exigia conhecimento do código morse para ser usado, o telégrafo de Siemens e Halske tinha uma tecla distinta para cada letra, podendo ser operado por qualquer adulto alfabetizado.

O primeiro contrato para a instalação de uma linha foi firmado com o governo da Prússia, para ligar as cidades de Frankfurt e Berlim, em 1848. Para que parte da linha pudesse ser subterrânea, Siemens criou a prensa de guta-percha, máquina que revestia os fios com material isolante. Antes disso, as linhas telegráficas eram todas suspensas.

A empresa correu risco de falir quando o governo prussiano cancelou todos os seus contratos, mas, numa nova virada, o governo russo contratou a companhia para a instalação de uma enorme linha, com mais de dez mil quilômetros, ligando a Finlândia com a região da Criméia. Este e outros contratos permitiram a expansão da empresa durante a década de 1850. Werner e seu irmão, Wihelm, instalaram na Inglaterra a Siemens Brothers, fábrica destinada a produção de cabos. Mandaram construir um barco no país, o Faraday, utilizado na instalação de cabos telegráficos submarinos.

Em 1870 a Siemens & Halske completou seu trabalho mais famoso: a Linha Telegráfica Indo-Européia, ligando as cidades de Londres a Calcutá, no leste da Índia. A essa altura, a empresa já estava bem estabelecida, com várias representações em países estrangeiros. Em 1879, com a transferência da sede de Berlim para Viena, começou uma nova fase de diversificação de objetivos. No mesmo ano, Siemens inventou o gerador elétrico a apresentou a primeira ferrovia elétrica. Em 1881, instalou a primeira rede de iluminação elétrica de rua da Europa e a primeira linha de bondes do mundo. No fim do século XIX foi criada a Siemens-Shuckertwerke dedicada à área de engenharia elétrica.

Em [1908], com Werner von Siemens já falecido, a Siemens-Schuckertwerke incorporou a Protos, fabricante de carros alemã. Os modelos da Protos já eram bastante requisitados pela elite européia, mas a Siemens decidiu diversificar projetando carros de corrida. No mesmo ano da compra, um modelo de corrida da Protos venceu a Corrida Automobilística Nova York-Paris. A fabricação de carros foi encerrada na década de 1920, com a Siemens se concentrando cada vez na produção de material elétrico e eletrodomésticos (muidos dos quais lançados sob a marca Protos).

Durante a Primeira Guerra Mundial a Protos praticamente abandonou a produção de carros de passeio, concentrando-se na construção de veículos para o exército alemão. Nessa fase fabricou caminhões de carga, caminhões-geradores e ambulâncias. Apesar destes contratos com o governo, a primeira Grande Guerra foi uma época de crise para todas as empresas do grupo Siemens. Os empreendimentos mais prejudicados foram os fortemente dependentes de importações, como os serviços de instalação elétrica industrial e construção de ferrovias. O fim da guerra iniciou um curto período de recuperação. Em 1919 Carl Friedrich von Siemens, filho mais novo de Werner, assumiu o comando da empresa. O novo ciclo de crescimento foi interrompido pela Quebra da Bolsa de 1929.

Com a deflagração da Segunda Guerra Mundial novamente as importações foram prejudicadas, e a produção regional tornou-se iminentemente necessária. Para manter os estoques, a Siemens montou várias oficinas de manufatura utilizando mão-de-obra escrava judia, voltadas para seu próprio consumo. A Siemens passou a produzir eletrodos, disjuntores e transformadores em lugares onde antes apenas os instalava.

A partir da década de [1950], o gerenciamento das companhias começou a ser centralizado. Antes disso, as três principais empresas do grupo – Siemens & Halske, Siemens Shuckertwerke e Siemens-Reiniger-Werke – eram administradas separadamente.



A Sega (Service Games) Corporation 株式会社セガ (Kabushiki-kaisha Sega, 株式会社セガ) é uma empresa desenvolvedora de software e hardware para video games, e uma antiga produtora de consoles.

História

A Sega foi originalmente fundada em 1940 na cidade de Honolulu, Havaí como Standard Games, por Martin Bromely, Irving Bromberg e James Humpert, para fornecer divertimentos pagos ao pessoal das bases militares americanas. Bromely sugeriu a mudança para Tóquio em 1951, e a "Service Games do Japão" (SeGa) foi registrada em Maio de 1952.

Em 1954, o empresário americano David Rosen se estabeleceu no Japão com a companhia Rosen Enterprises, com a finalidade de exportar obras de arte. Quando a companhia importou cabines de fotografia instantânea, esbarrou num sucesso de vendas: as cabines se tornaram extremamente populares no Japão. Os negócios estavam crescendo, e a Rosen Enterprises se expandiu com a importação de jogos eletro-mecânicos.

A Rosen Enterprises e a Sega se fundiram em 1965 para se tornar a Sega Enterprises. Em um ano, a nova companhia lançou um jogo simulador de submarinos chamado "Periscópio" que alcançou sucesso estrondoso no mundo inteiro.

Em 1969, a Gulf & Western Industries comprou a Sega, e Rosen foi mantido como CEO. A Sega continuou a crescer e prosperar. Nos arcades, a Sega tornou-se conhecida pela criação de Frogger e Zaxxon, e foi necessária sua divisão entre Sega da América e do Japão devido à imensa carga de trabalho. Em 1982, o lucro das duas divisões juntas foi de US$ 214.000.000,00.

Então aconteceu o crash dos video games de 1983. Perdendo dinheiro, a Gulf & Western vendeu a divisão americana da Sega para a Bally Manufacturing Corporation. A Sega do Japão foi comprada por 38 milhões de dólares por um grupo de investidores liderados por Rosen e Hayao Nakayama, um empresário japonês que havia sido dono de uma das empresas compradas por Rosen. Nakayama se tornou o novo CEO da Sega, e Rosen assumiu a direção de sua subsidiária nos Estados Unidos. Em 1984, o conglomerado japonês CSK comprou a Sega, e a renomeou para Sega Enterprises Ltd., com sede no Japão, e dois anos depois, suas ações estavam sendo negociadas na Bolsa de Valores de Tóquio.

Em 1986, a Sega lançou o primeiro Alex Kidd. Ele foi o mascote da empresa até 1991, quando seria substituído por Sonic. Ainda em 1991, investindo no sucesso dos arcades, lançou Time Travelers, jogo inspirado em velho oeste com atores reais. As imagens eram reproduzidas por uma tela e refletidas por um espelho curvo sobre a área de jogo, criando a falsa impressão de holograma. A tecnologia era cara e a jogabilidade tinha problemas, e não houve mais investimentos nessa linha.

Em meados de 2004, a Sammy assumiu o controle majoritário da Sega sob um custo de 1.1 bilhão de dólares, criando a nova companhia denominada Sega Sammy Holdings, agora uma das maiores desenvolvedoras de jogos do mundo.



A Electronic Arts (normalmente abreviada como EA) é uma editora estadunidense de jogos para computador e para videogame.

História

A Produtora de jogos Electronic Arts foi fundada em 1982, pelo empresário Trip Hawkins, com um investimento de US$200.000,00 (duzentos mil dólares americanos). Nos primeiros anos a empresa seguiu à risca essa filosofia diferenciada, lançando títulos considerados clássicos hoje em dia, como M.U.L.E., The Bard's Tale, Populous, The Immortal e Skate or Die!.

Basicamente, a EA funcionava como um selo para os talentos de criação: seus nomes eram colocados nas campanhas publicitárias e as embalagens dos jogos tinham a forma quadrada dos álbuns musicais.



Maxis é uma empresa criadora de jogos de computador fundada por Will Wright e Jeff Braun em 1987, situada na Califórnia e especializada em jogos de simulação.

Seu primeiro jogo de simulação (Will Wright já havia desenvolvido antes um jogo chamado Raid on Bungeling Bay), SimCity, teve dificuldade para conseguir um distribuidor, pois era um gênero novo que não tinha nenhum objetivo e onde era impossível perder.

Em 1993 a Maxis criou uma sequência para SimCity, que foi chamada de SimCity 2000. Mais títulos SIM foram criados, alguns completamente esquecidos. Em 1997 a Electronic Arts (EA) comprou a Maxis, como na conclusão de Will seria um reforço a mais para desenvolvimento de seus jogos.



Intel Corporation é a contração de Integrated Electronics Corporation, empresa multinacional de origem americana fabricante de circuitos integrados, especialmente microprocessadores.

História

O primeiro produto da empresa foi o circuito integrado de memória RAM (random-access memory), e a mesma logo se tornou líder neste mercado nos anos 1970. Paralelamente, os engenheiros da Intel Marcian Hoff, Federico Faggin, Stanley Mazor e Masatoshi Shima inventaram o primeiro microprocessador. Originalmente desenvolvido para a companhia japonesa Busicom a fim de substituir o ASIC's da calculadora já produzida pela Busicom, o Intel 4004 foi introduzido no mercado para produção em massa em 15 de Novembro 1971, embora o microprocessador não se transformou no núcleo do negócio de Intel até meados dos anos 1980 (nota: À Intel é dado geralmente o crédito juntamente com a Texas Instruments pela invenção quase-simultânea do microprocessador).

Em 1983, alvorecer da era do computador pessoal, os lucros de Intel vieram sob a pressão aumentada dos fabricantes japoneses de circuitos integrados de memória, e o então presidente Andy Grove resolveu dirigir a companhia com foco nos microprocessadores. Um elemento chave de seu plano era a intenção, considerada então radical, de transformar-se na única fonte para os sucessores do popular microprocessador 8086. Foi lançado o processador 8086, que fez um grande sucesso para os computadores recém-lançados da IBM, os primeiros PC´s. Posteriormente surgiram outros que ganharam mais recursos e maior velocidade de processamento, como o 80386 e o 80486. Mas, ao lançar o quarto processador que deveria se chamar 80586, a Intel acabou criando a marca registrada Pentium (apesar do rótulo 80586, mais conhecido como 586, ter sido aplicado por muito tempo por concorrentes da Empresa).

Até então, a manufatura de circuitos integrados complexos não era confiável o bastante para que os clientes dependessem de um único fornecedor, porém a Grove começou a produzir processadores em três fábricas geograficamente distintas e cessou de licenciar os projetos de microprocessadores aos concorrentes tais como Zilog e AMD. Quando a indústria do PC explodiu nos anos 1980 e no começo dos anos 1990, a Intel foi uma das mais beneficiadas.

Durante os anos 1990, os Laboratórios da Arquitetura Intel(Intel Architecture Labs - IAL) eram responsáveis por muitas das inovações da estrutura do computador pessoal, incluindo o barramento PCI, o barramento PCI express (PCIe), o barramento serial universal (Universal Serial Bus - 'USB'), e a arquitetura agora dominante para usuários de multiprocesadores, a x86.



Duracell é uma marca internacional de pilhas alcalinas, fabricadas pela Procter & Gamble.

História

A Duracell teve início com a parceria do cientista Samuel Ruben Samuel Ruben e do empreendedor Philip Rogers Mallory, que se encontraram nos anos 20. Ruben procurou a P. R. Mallory and Co Inc, que produzia células de mercúrio para equipamentos de uso militar, a fim de encontrar uma peça que faltava para sua experiência.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Ruben projetou a primeira pilha de mercúrio, que armazenava mais energia em um espaço menor e apresentava uma durabilidade bem maior que a da pilha de zinco-carbono — que muitas vezes não funcionava em lugares como o Norte da África e o Pacífico Sul. A PR Mallory fabricou milhões de pilhas de mercúrio que foram utilizadas durante a guerra. Logo após esse período, a Mallory Battery Company se formou.

Nos anos 50, Samuel Ruben iniciou a fabricação de pilhas alcalinas, mais compactas e duráveis. Foi quando a empresa Kodak lançou câmeras fotográficas com flash, que exigiam mais energia do que as pilhas zinco-carbono podiam oferecer. Ruben criou, então, as pilhas alcalinas em outro tamanho, a AAA (palito), que atendia às necessidades das câmeras.

Em 1964, a marca Duracell chegou ao mercado, como a junção das palavras “durable cell” (célula durável, em inglês).



Os M&M's são pequenos pedaços de chocolate ao leite populares em vários países. São produzidos pela Mars, Incorporated. A marca possui conhecidos "M&Ms falantes" que aparecem nos comerciais de televisão do produto.

Os M&M's foram criados em 1940 quando Forrest Mars viu soldados espanhóis a comerem pedaços de chocolate cobertas de açúcar, para não o chocolate não dereter nos dedos, durante a Guerra Civil Espanhola. Foi em 1940 que os primeiros M&M's foram vendidos nos Estados Unidos. Na altura em que os americanos entraram na Segunda Guerra Mundial, os soldados recebiam do exército estes snacks devido à sua conveniência de transporte em qualquer tipo de clima; pouco depois disto o doce foi publicitado e tornou-se numa grande sucesso de vendas.

O nome M&M's surgiu de "Mars & Murrie" (o parceiro de negócios de Mars era Bruce Murrie, filho de William Murrie, rival de William S. Hershey). Os M&M's logo viraram um sucesso porque, na época, o ar condicionado ainda não era muito encontrado em lojas, casas e automóveis e o derretimento das barras de chocolate tornou-se um problema, mas os M&M's não derretiam por causa de seu revestimento.

Em 1954, o sabor de amendoim foi introduzido. Naquele mesmo ano, os personagens da marca e o slogan "The milk chocolate melts in your mouth, not in your hand" ("O chocolate ao leite derrete em sua boca, não em sua mão") foram registrados. Os doces possuíam originalmente seis cores: vermelho, laranja, amarelo, verde, marrom e violeta (os de amendoim possuíam as mesmas cores, exceto o violeta). O vermelho foi eliminado da mistura na década de 1970 por causa de preocupações se o corante usado era saudável. Apesar de que os M&M's não possuíam este tipo específico de corante, os vermelhos foram removidos do produto, para satisfazer os consumidores. Em 1987, o vermelho voltou à tradicional mistura de cores, atendendo a intensos pedidos dos consumidores. A cor violeta também foi retirada da mistura e foi trocada por dourado em 1949, mas esta cor não era muito popular e também foi retirada das opções.

No Reino Unido os M&M's de amendoim eram conhecidos como Treets até 1990. Além deste, os Toffee Treats também foram disponibilizados por algum tempo. As versões de chocolate não foram introduzidas até que a marca tornou-se M&M's. Isto ocorreu em parte porque o Smarties, doce similar da Nestlé, era mais popular lá; vender um sabor de chocolate poderia tirar a credibilidade da marca Treets.

Em 1993, a Mars fez uma pesquisa com os consumidores nos Estados Unidos perguntando que cor eles preferiam que fosse introduzida: azul, rosa ou roxo. O azul ganhou e foi adicionado um tempo depois. Na mesma época, M&M's novos foram disponibilizados em lojas especializadas em 24 cores diferentes.

Em junho de 2004, o M&M's ganhou mais fama quando o piloto da SpaceShipOne, Mike Melvill, abriu um pacote da marca ao atingir a fronteira do espaço, mostrando a leveza do ar enquanto os pedaços flutuavam na cabine.

Os mais populares sabores de M&M's são os de chocolate ao leite e amendoim. Outros sabores existem, mas são mais difíceis de serem encontrados. Incluem: amêndoas, crispy, manteiga de amendoim, chocolate branco, chocolate amargo, menta, doce de leite e café. Existe ainda a versão "mini" de chocolate ao leite e chocolate branco.



Garoto é uma fabricante brasileira de chocolates, conhecido por produtos de sucesso que atravessam gerações, como, por exemplo, o Crocante, Baton, Garoto Mix, a Serenata de Amor, Mundy, Surreal entre outros.

Em 16 de agosto de 1929, o imigrante alemão Henrique Meyerfreund fundou a fábrica de balas H. Meyerfreund & Cia., num galpão localizado na Prainha, Vila Velha, ES.

As primeiras balas eram vendidas por meninos, em tabuleiros, nos pontos de bonde de Vila Velha e assim logo passaram a ser chamadas balas "Garoto". Mas rapidamente as balas passaram a ser distribuídas para casas comerciais, tanto da capital como das cidades do interior do estado.

Em 1934, Henrique recebeu herança de seus pais e comprou máquinas para a produção de chocolates. Dois anos depois, conseguiu financiamento para montar uma fábrica mais moderna no bairro da Glória, local onde até hoje está o parque industrial da Garoto. Com nova infra-estrutura e produtos à base de chocolate, a empresa entrou numa fase de grande desenvolvimento, chegando a vender para além dos limites do Espírito Santo.

Em 1938, os negócios foram impulsionados pela entrada na sociedade de Günther Zennig que, além de capitalizar a empresa, permitindo novos investimentos na modernização da estrutura produtiva e comercial, trouxe uma nova visão empresarial à Garoto.

O ciclo inicial de prosperidade da H. Meyerfreund só foi interrompido na época da Segunda Guerra Mundial (1939-45). Por sua origem alemã, Henrique foi detido no presídio de Maruípe e a fábrica passou a ser gerida por interventores federais. Terminado o conflito, a empresa novamente seguiu um ritmo de intenso crescimento.

Em 1962, a Meyerfreund sofreu a grande perda de Zennig, falecido em um acidente aéreo ao retornar de uma viagem de negócios. No mesmo ano, a Meyerfreund transformou-se em uma sociedade anônima de capital fechado e passou a ser CHOCOLATES GAROTO S/A.

Ainda na década de 1960, os filhos de Henrique Meyerfreund - Helmut e Ferdinand - passaram a dividir responsabilidades com o pai. Em 1973, com o falecimento de Henrique, Helmut Meyerfreund passou a ocupar a presidência da Garoto.

Durante os anos de 1970 e 1980, a Garoto ampliou e modernizou suas instalações industriais e seus processos produtivos, adotou novas políticas comerciais e marcou presença em todo o mercado nacional e internacional. Em 1972, exportou pela primeira vez manteiga e torta de cacau para a América do Sul e Estados Unidos. A partir de 1978, também passou a exportar produtos acabados para vários países do mundo.

Essas iniciativas deram sustentação a um crescimento ainda mais acentuado da Garoto, na passagem para os anos de 1990. Investindo continuamente em tecnologia, nesse período foram lançados novos produtos e consolidada a estrutura comercial da Garoto. Em 1989, foi inaugurado um moderno Centro de Distribuição em São Paulo, para atender os estados de São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. No mesmo ano, entrou em operação uma nova fábrica de pastilhas - a Fábrica 2. Em 1997, foi concluída a montagem do então mais moderno armazém vertical do país, junto à Fábrica 2 - o Centro de Distribuição do Espírito Santo.

No final da década, quando a Garoto completava 70 anos de sua fundação, foi promovida ampla reformulação dos quadros diretivos da empresa, abrindo espaço para a terceira geração de administradores. Paulo Meyerfreund, filho de Ferdinand, tornou-se presidente da diretoria executiva. A garoto possui hoje a maior fábrica de chocolates de todo o hemisfério sul.

Em 2008 a Chocolates Garoto bateu o recorde de toneladas faturadas da América Latina, alcançando um total de 102.407 (cento e duas mil e quatrocentas e sete).

No ano de 2009 a empresa comemorou seus 80 anos.



O LEGO é um brinquedo produzido pelo LEGO Group, cujo conceito original se baseia em um sistema patenteado de peças de plástico que se encaixam, permitindo inúmeras combinações.

História

A história da empresa e dos brinquedos LEGO está associada a uma origem humilde, na oficina de Ole Kirk Christiansen, um mestre carpinteiro da Dinamarca. A inovação que trouxe à sua pequena empresa familiar, prosperaria e se tornaria uma das mais respeitadas empresas do segmento de brinquedos no mundo.

Nos idos de 1916, Ole Kirk adquiriu uma loja de artigos de madeira em Billund, a qual tinha sido fundada em 1895. O carpinteiro ganhava a vida construindo casas e mobiliário para os fazendeiros da região, com o auxílio de um pequeno grupo de aprendizes. A sua oficina foi destruída em 1924 por um incêndio, decorrente de um fogo, iniciado por dois de seus filhos pequenos, que se comunicou a algumas tábuas de madeira. Sem desalentar, Ole Kirk encarou o desastre como uma oportunidade para construir uma oficina maior, e esforçava-se para expandir o seu negócio; entretanto, a Grande Depressão logo faria sentir os seus efeitos na Europa, e no modo de vida daquela comunidade dinamarquesa. Em busca de modos para minimizar os seus custos de produção naquele momento, em que poucas pessoas se animavam a construir novas casas ou a reformar ou remobiliar as existentes, Ole Kirk começou a produzir versões em miniatura dos seus produtos, as quais até então eram usadas como simples modelos. Foram estas escadas em miniatura e estas tábuas de passar roupas que o inspiraram a produzir brinquedos.

Uma versão não-oficial desse trecho da história, atribuída a um antigo empregado da oficina de Ole Kirk, sugere que a mudança de linha para a produção de brinquedos deveu-se mais ao incentivo do governo dinamarquês que à iniciativa do proprietário. Em 1932 a oficina estava quase fechando as suas portas quando a agência de desenvolvimento local sugeriu ou de algum outro modo encorajou o proprietário a fabricar brinquedos.

Ambas as versões concordam em que 1932 foi o ano em que brinquedos de madeira começaram a ser manufaturados e comercializados por Ole Kirk. Entre os itens produzidos encontravam-se carrinhos de puxar, porcos-mealheiros (cofrinhos), carrinhos e caminhões. A iniciativa conheceu um relativo sucesso, mas à época as famílias encontravam-se empobrecidas e freqüentemente eram incapazes de adquirir esses brinquedos, tendo fazendeiros da região por vezes trocado alimentos por esses brinquedos. Ole Kirk compreendeu que deveria continuar a produzir mobiliário verdadeiro de modo a se manter no negócio. Em meados da década de 1930 o modismo do ioiô, proporcionou-lhe um breve período de atividade, até ao seu súbito desaparecimento. Mais uma vez Ole Kirk converteu a desvantagem a seu favor, reaproveitando as partes não-utilizadas nos ioiô como rodas em um caminhão de brinquedo. Neste período, o seu filho Godtfred Kirk Christiansen, começou a trabalhar na oficina, vindo a ter uma ativa participação nos negócios.

A partir de 1934, então empregando seis funcionários, a empresa de brinquedos adotou o nome LEGO. Nesse ano, Ole Kirk promoveu um concurso entre os seus funcionários, oferecendo como prêmio uma garrafa de vinho caseiro. Ole Kirk considerava, pessoalmente, dois nomes: Legio (no sentido de uma "legião" de brinquedos) e Lego, uma expressão criada a partir da frase em dinamarquês leg godt, com o significado de "brincar bem". De acordo com a versão do LEGO Group., anos mais tarde, a palavra lego, em latim significa eu ponho junto ou eu uno, embora isso seja, na realidade, uma tradução demasiado livre de uma forma verbal traduzida academicamente como "eu leio" ou "eu reúno".

A linha de brinquedos de madeira continuaria em produção até à década de 1960.

Quando o uso do plástico começou a se difundir, Ole Kirk acompanhou a tendência e começou a produzir brinquedos desse novo material. Um desses primeiros brinquedos produzidos era modular: um caminhão que podia ser desmontado e remontado. Em 1947, Ole Kirk e seu filho Godtfred obtiveram amostras de tijolos plásticos que se encaixavam, produzidos pela empresa inglesa Kiddicraft. Os chamados Kiddicraft Self-Locking Building Bricks, foram projetados e patenteados por Hilary Harry Fisher Page, um cidadão britânico. No ano seguinte, a empresa começou a produzir e a comercializar uns tijolos semelhantes, denominando-os como Automatic Binding Bricks. Estes tijolos de plástico, fabricados em acetato de celulose, tendo sido desenvolvidos no mesmo espírito dos tradicionais blocos de madeira coloridos, que podiam ser empilhados uns sobre os outros, entretanto apresentavam como novidade a capacidade de serem "presos" juntos. Para isso, possuíam diversos "botões" redondos no topo e um fundo retangular vazado. Eles podiam ser mantidos unidos, mas não tão fortemente que não pudessem ser separados. Em 1953, esses blocos ganharam um novo nome: LEGO Mursten ou "tijolos" LEGO.

O uso do plástico na manufatura de brinquedos não era muito bem visto pelos comerciantes nem pelos consumidores tradicionais de brinquedos à época. Muitos dos pedidos feitos à empresa eram devolvidos após vendas insuficientes: parecia que os brinquedos de plástico jamais substituiriam os de madeira. Uma vez mais, Ole Kirk perseverou. Em 1954, Godtfred tornou-se o diretor-administrativo júnior da empresa. Nesse ano, ao participar de uma feira de brinquedos, escutou as queixas de um potencial comprador estrangeiro acerca da inexistência de um tipo de brinquedo que, como um "sistema", atendesse simultaneamente a diversas faixas etárias.

A empresa familiar produzia, à época, mais de duzentos diferentes itens. Dentre eles, apenas os tijolos de ligação automática satisfaziam aqueles requisitos, e a partir deles, Godtfred imaginou montar um sistema de brincadeiras e aprendizado. O produto foi lançado no mercado, no ano seguinte (1955), com o nome LEGO System of Play.

Embora tivessem imenso potencial, os "tijolos" ainda apresentavam alguns problemas do ponto de vista técnico: a sua capacidade de se "prender" era limitada e eles não eram muito versáteis, permitindo apenas construir casas, veículos e figuras simples de animais e de pessoas.

Foi apenas em 1958 que o design do "tijolo" clássico foi desenvolvido: os blocos foram melhorados com tubos vazados em seu interior. Com esta solução, patenteada, proporcionava-se mais suporte na base, permitindo uma melhor capacidade de encaixe e uma maior versatilidade das peças. A nova tecnologia e o conceito de um "sistema" de brinquedo, aumentaram rapidamente as vendas. Nesse mesmo ano, quando Ole Kirk faleceu, tendo Godtfred herdado a liderança da empresa, o sistema LEGO já se tinha transformado no brinquedo mais popular da Europa Ocidental.

Em 1959, a empresa fundou um novo departamento: a Divisão Futura. Com um número reduzido de funcionários, passava a ser responsável pela geração de idéias para novos conjuntos do brinquedo.

No ano seguinte (1960), um outro incêndio consumiu um depósito da empresa, destruindo a maior parte do estoque de brinquedos de madeira. Neste momento, a linha de brinquedos de plástico já era forte o bastante para se manter e, desse modo, empresa decidiu descontinuar a produção da linha em madeira. No final deste ano, a empresa já contava com quatrocentos e cinqüenta empregados.

O brinquedo chegou ao mercado dos Estados Unidos da América em 1961. Neste ano, e no seguinte, foram introduzidas as primeiras rodas LEGO, um importante acréscimo que expandiu o potencial construtivo do brinquedo permitindo montar carros, caminhões, ônibus e outros veículos com os blocos originais. Nesta época, a empresa também lançou os primeiros conjuntos do brinquedo voltados especificamente para o segmento de pré-escola, e assinou um acordo que permitia à Samsonite começar a produzir e a comercializar produtos LEGO no Canadá, um acordo que se manteria até 1988. O número de diferentes conjuntos do LEGO System of Play em fabricação neste período elevava-se a mais de cinqüenta.

A partir de 1963, a matéria-prima usada na fabricação dos blocos LEGO, o acetato de celulose, foi substituído pelo acrilonitrilo-butadieno-estireno (ABS), um plástico mais estável, utilizado até 2004. As vantagens do ABS eram consideráveis: não era tóxico, era menos sujeito a descoloração e deformação, e mais resistente ao calor, ácidos, sais e outros produtos compostos químicos que o seu antecessor. Peças LEGO fabricadas em 1963 ainda mantém as suas formas e cores, conservando a sua capacidade de encaixe com as últimas peças fabricadas, quarenta anos depois.

No ano de 1964, os primeiros manuais com instruções e sugestões de montagem passaram a integrar os conjuntos.

Um dos itens mais populares da empresa veio a público a partir de 1966: os conjuntos do sistema de trens (LEGO Train System). Os primeiros conjuntos incluíam um motor elétrico de 4,5 volts e trilhos; dois anos mais tarde, um motor de 12 volts passou a integrar a série.

A expansão do grupo foi marcada com a inauguração, em 7 de Junho de 1968, do primeiro parque temático LEGOLAND, em Billund, sua cidade-natal. Nesse ano, a empresa atingiu a marca de mais de um milhão de conjuntos vendidos.

No ano seguinte (1969), foi lançada a linha DUPLO, um sistema recém-desenvolvido, voltado para o segmento de crianças mais pequenas, com peças maiores, mas compatíveis com os blocos clássicos.

Ao se iniciar a década de 1970, o crescimento das vendas e da empresa fora de tal ordem, que a principal questão de sua direção era a de como administrar e controlar o grupo e o seu mercado em expansão. No ano de 1970 o número de empregados era superior a novecentas pessoas. Questões concernentes à fabricação, distribuição e marketing adquiririam maior importância no futuro.

O primeiro segmento a ser abordado à época foi o das meninas, com uma linha de peças de mobiliário e de casas de bonecas, já em 1971. No ano seguinte (1972) o universo LEGO expandiu-se na direção dos meios de transporte, com o lançamento de conjuntos de barcos e de navios, com cascos que realmente flutuavam.

Ainda neste momento, o filho de Godtfred, Kjeld Kirk Kristiansen (com "K" ao invés de "Ch", devido a um erro de grafia na certidão de nascimento, que posteriormente optou por conservar), juntou-se à administração do Grupo, após ter se graduado em Negócios em escolas na Suíça e na Dinamarca. Uma de suas primeiras ações na empresa foi a fundação de novas instalações fabris, assim como a criação de um Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento responsável pela atualização dos métodos e processos do grupo.

Um dos ícones LEGO foi antecipado em 1974, quando figuras humanas com braços articulados foram lançadas, nos conjuntos LEGO Family, registrando imediato recorde de vendas. No mesmo ano, uma primitiva versão da miniatura de pessoa ("minifig") foi lançada, mas os seus braços não eram articulados e não dispunha de rosto impressa em sua cabeça. Nesse ano foi inaugurada uma fábrica própria em Enfield, Connecticut, nos Estados Unidos da América.

O ano seguinte (1975) foi marcado pelo lançamento da Expert Series, direcionada para um segmento de público mais velho, mais experiente com as construções LEGO. A linha foi melhor posicionada com o nome de Expert Builder em 1977. Estes conjuntos, mais técnicos, apresentavam inovações como partes móveis – engrenagens, diferenciais, alavancas, eixos e juntas universais -, permitindo a construção de modelos mais realísticos tais como automóveis com suspensão, direção e movimentos semelhantes aos reais.

As "minifigs", com braços e pernas articulados, e rostos sorridentes foram lançadas em 1978, caracterizando o universo clássico LEGO. Estas figuras foram utilizadas em centenas de conjuntos, permitindo aos consumidores construir cidades detalhadas, com edifícios, estradas, veículos, trens e barcos na mesma escala, povoando-as com as sorridentes minifiguras dos cidadãos LEGO.

O final do período foi marcado pelo lançamento dos conjuntos LEGO Space, em 1979. O universo LEGO saía do planeta Terra à conquista do Universo, com "minifigs" de astronautas, foguetes espaciais, veículos lunares e espaçonaves tripuladas, tornaram a série um novo sucesso de vendas.

Os blocos LEGO sempre apresentaram um potencial construtivo que foi percebido por alguns educadores como constituindo uma valiosa ferramenta para auxiliar crianças e jovens a desenvolver a criatividade e a capacidade de resolverem problemas por si próprias. Desde os anos sessenta alguns professores vinham utilizando os blocos em suas salas de aula por uma variedade de razões. Em 1980, o LEGO Group criou o Departamento de Produtos Educacionais, renomeado como LEGO Dacta em 1989, com a função de ampliar as possibilidades educacionais dos seus brinquedos. O ano de 1980 foi marcado pela inauguração de uma fábrica de montagem e embalagem de conjuntos na Suíça, seguida por outra, de manufatura de pneus, na Jutlândia, na Dinamarca.

No ano seguinte (1981) foi lançada a segunda geração de trens LEGO. Como a primeira, oferecia motores de 4,5 volts (alimentado a pilhas) ou 12 volts (com transformador), mas agora com uma maior variedade de acessórios, incluindo luzes, desvios, cruzamentos e sinais acionados por controle remoto.

Em 1982, a linha Expert Builder amadureceu, transformando-se na linha Technic. O dia 13 de agosto desse ano marcou o cinqüentenário da empresa, comemorado com a publicação do livro 50 Years of Play.

Em 1983, a linha DUPLO foi ampliada, passando a atingir crianças ainda mais novas, particularmente os bebês: a linha passou a oferecer chocalhos e figuras com membros ajustáveis.

O novo ano trouxe para as "minifigs" do universo LEGO um reino de cavaleiros e seus cavalos, com a introdução dos primeiros conjuntos de castelos.

Os conjuntos Light & Sound (luzes e sons) fizeram a sua estréia em 1985. Eles incluíam uma caixa de pilhas que permitiam acender luzes, emitir sons e outros acessórios que conferiram às construções LEGO um novo grau de realismo. Também nesse ano, a Divisão Educacional do grupo produziu o Technic Computer Control, o que foi um sistema educacional através do qual montagens com peças da linha Technic – robôs, caminhões e outras construções motorizadas – podiam ser controladas por um computador. Finalmente, ainda nesse ano, foi inaugurada uma nova fábrica na cidade de Manaus, no Brasil, na América do Sul.

Em agosto de 1988, trinta e oito crianças, de dezessete diferentes países, tomaram parte na primeira LEGO World Cup, em Billund, na Dinamarca. Nesse ano, foi estabelecida a LEGO no Canadá, sendo desfeita a tradicional parceria com a Samsonite.

No ano seguinte, estreou a linha LEGO Pirates, explorando este universo de aventuras, oferecendo uma variedade de embarcações de piratas, ilhas desertas e tesouros escondidos. Esta série inovou por trazer pela primeira vez um conjunto de diferentes faces de piratas nas "minifigs", rompendo o tradicional sorriso-padrão das mesmas. No mesmo ano, o Departamento de Produtos Educacionais foi renomeado como LEGO Dacta. No Massachusetts Institute of Technology, o Dr. Seymour Papert, do Laboratório de Aprendizagem em Computação, foi nomeado como Professor LEGO de Pesquisa em Aprendizado, após o seu trabalho continuado em associar a linguagem de programação LOGO com os produtos LEGO.

A década de 1990 foi marcada por diversos avanços e inovações, antecipada no ano de 1990 pelo lançamento de uma nova linha para construtores avançados: a linha Model Team iniciou-se com a apresentação de três conjuntos, incluindo um carro de corridas e um veículo fora-de-estrada, incorporando um nível de detalhamento e realismo até então nunca visto em qualquer uma das linhas LEGO. Onde a linha Technic se mostrava mecanicamente acurada, os conjuntos Model Team mostravam-se visualmente e estilisticamente acurados. Nesse ano o Lego Group tornou-se uma das dez maiores empresas de brinquedos do mundo, e a única empresa européia nesse seleto grupo. Ainda nesse ano, pela primeira vez em sua história, o parque temático LEGOLAND em Billund superou a marca anual de um milhão de visitantes. O primeiro professor de Dinâmica de Negócios, Xavier Gilbert, foi indicado para uma cadeira patrocinada no International Institute for Management Development em Lausanne, na Suíça. Foi fundada a LEGO na Malásia.

No ano de 1991 a empresa padronizou os componentes e sistemas elétricos dos conjuntos produzidos. Desse modo, os motores dos trens e da linha Technic passaram a ser produzidos em 9 volts, compatibilizando-os com o restante das linhas LEGO.

Nesse ano, a linha DUPLO foi ampliada com o lançamento da linha Toolo, apresentando uma chave de fendas, uma chave de boca, porcas e parafusos; a linha Paradisa lançada, direcionada ao segmento juvenil feminino, introduzindo uma variedade de novas cores pastéis além das do sistema tradicional, focada em torno de cavalos e em ambientes de praia.

O ano seguinte (1993) trouxe o primeiro trem DUPLO e um aspirador de blocos com o formato de um papagaio, capaz de recolher os blocos LEGO espalhados pelo chão.

O ano de 1999 trouxe o lançamento dos primeiros conjuntos produzidos sob licença, destacando-se os veículos da primeira seqüência de Star Wars, e da trilogia clássica. No futuro, seriam licenciados conjuntos baseados nos filmes Spider-Man, Harry Potter, Jurassic Park e muitos outros.



Panini Group, ou simplesmente Panini, é um grupo editorial italiano de produção de história em quadrinhos (fumetti, mangás, etc) e vídeos animados.

História

A Panini é oriunda da reunião, na Itália, de várias editoras que publicavam separadamente os títulos da Marvel Comics, originalmente conhecida como Marvel Italia. A Marvel foi convencida, em 1994, por Marco M. Lupoi, a estabelecer a nova empresa - concentrada na Panini Edizioni, de Módena.

Depois a Marvel cedeu a Panini para o Grupo Merloni, o que também se passou com a sua subsidiária européia. A denominação oficial da editora passou então de Marvel Italia para Panini Comics, embora a marca precedente ainda seja usada, na Itália, para os títulos da Marvel.



Marvel Comics, às vezes apelidada de House of Ideas (Casa de Idéias), é uma editora norte-americana de Banda Desenhada/história em quadrinhos.

História

A Marvel Comics foi fundada nos anos 30 do século XX, por Martin Goodman, como Timely Comics. A sua primeira publicação ocorreu em 1939, com o primeiro número da revista Marvel Comics, onde se deram as primeiras aparições do super-herói Tocha Humana e do anti-herói Namor, o Príncipe Submarino. Nos anos 40 a Timely tornou-se conhecida por publicar o herói patriota Capitão América.

Nos anos 50, a Marvel atravessou tempos difíceis, da mesma maneira que as outras editoras. Durante está década publicou principalmente histórias com monstros, em geral com toques de ficção científica. Neste período, a empresa ficou conhecida como Atlas Comics e Timely/Atlas.

No final dos anos 50 e início dos 60, o sucesso da DC Comics ao reviver o gênero de super-heróis nas histórias em quadrinhos (principalmente com a Liga da Justiça) fez com que a Marvel seguisse o mesmo caminho. Os principais expoentes desta época foram os seus empregados Stan Lee (edição e argumento) e Jack Kirby (arte), responsáveis pela criação do Quarteto Fantástico. A revista foi um enorme sucesso o que levou a Marvel a publiar outros títulos de super-heróis, entre os quais se destacou o gibi do personagem Homem-Aranha, criado por Stan Lee e Steve Ditko.

As histórias da Marvel distinguiam-se das demais pelo universo em que se desenvolviam ter características mais próximas da realidade, sendo mais humanizado e verossímil. Os argumentos exploravam a caracterização dos personagens. No caso do Homem-Aranha, ele era um jovem herói com alguma falta de auto-estima e muitos problemas mundanos, semelhantes ao de muitos adolescentes. Este novo olhar acabou por incentivar uma revolução nas histórias em quadrinhos (banda desenhada) norte-americanas com o passar do tempo. Até mesmo a concorrente DC Comics adotou algumas inovações realizadas pela Marvel em suas histórias. Stan Lee ganhou prestígio e foi durante alguns anos o diretor da empresa.

No início dos anos 70, uma série de novos directores trabalharam para a empresa em mais uma época não favorável para esta indústria. No entanto, no final dessa década, a Marvel estava novamente de boa saúde, graças a novas estratégias de marketing na distribuição e à renovação do título dos X-Men, arquitetado principalmente por Chris Claremont e John Byrne.

Nos anos 80, Jim Shooter era o diretor. Apesar da sua personalidade controversa, conseguiu eliminar alguns dos males da empresa - como a não publicação das revistas no prazo devido - e promover um renascimento criativo na Marvel, fazendo com que seus gibis tornassem-se ainda mais vendidos .

Em 1981, a Marvel comprou os estúdios de animação DePatie-Freleng Enterprises do famoso animador do desenho da A Pantera Cor-de-Rosa, Friz Freleng. A empresa foi rebatizada de Marvel Productions Ltd. e produziu séries de desenhos animados bastante conhecidas, como G.I. Joe, Transformers e Muppet Babies.

Em 1988, a Marvel foi comprada pelo investidor/empresário Ronald Perelman, que colocou a empresa na Bolsa de Nova Iorque e promoveu o aumento do número de títulos publicados. Entretanto, a empresa vendeu o seu catálogo de animação à Saban Entertainment e fechou permanentemente o estúdio de animação, optando por contratar terceiros para produzir seus projetos de animação.

A Marvel ganhou bastante dinheiro no início dos anos 90 devido ao boom das histórias em quadrinhos (banda desenhada) nos EUA, mas no meio da década enfrentou graves problemas financeiros, com acusações de que Perelman havia tirado todo o dinheiro da empresa em proveito próprio. Como consequência, a Marvel anunciou que o seu distribuidor exclusivo passaria a ser o Heroes World, que fez com que toda a indústria de distribuição de revistas de histórias em quadrinhos (banda desenhada) sofresse um grande abalo. A perda potencial da maior empresa da indústria, originou o encerramento das atividades da maioria dos distribuidores. No momento, existe apenas uma grande distribuidora de histórias em quadrinhos (banda desenhada) nos EUA: a Diamond Distribution. Muitos peritos julgam que esse fato causou um imenso dano à indústria das histórias em quadrinhos (banda desenhada).

No auge da crise,o investidor Carl Icahn tentou obter o controle da Marvel, mas após arrastadas batalhas jurídicas, o controle da empresa foi entregue em 1997 à Isaac Perlmutter, proprietário da Toy Biz, uma das empresas do grupo. Com o seu sócio Avi Arad e os seus nomeados (e controversos) editor Bill Jemas e diretor Joe Quesada, Perlmutter reergueu a Marvel. Além da revitalização das revistas da empresa, alguns dos seus personagens foram licenciados para se tornarem filmes de sucesso, principalmente X-Men, X-Men Origins: Wolverine, Homem-Aranha, Quarteto Fantástico, Hulk, Homem de Ferro e Blade.

A Marvel mantém-se a principal editora norte-americana de histórias em quadrinhos (banda desenhada), mesmo numa altura em que a indústria é apenas uma fração do que foi décadas atrás. Há pelo menos três décadas, a principal concorrente, DC Comics, está abaixo da Marvel em vendas. Stan Lee já não está oficialmente ligado à empresa, mas permanece sendo o nome mais conhecido e importante na indústria e ocasionalmente demonstra o seu carinho pelos personagens, em edições especiais ou declarações públicas.

Em 2001, a Marvel Comics retirou-se da Comics Code Authority e estabeleceu o seu próprio sistema de classificação para as suas revistas. Criou também novas linhas editoriais, incluindo uma destinada a adolescentes mais velhos (Marvel Knights) e outra a adultos: a (MAX). Outro fator marcante na história da Marvel no início do novo milênio foi sua parceria com Hollywood, que resultou em várias adaptações de sucesso, iniciadas com o filme do Homem-Aranha, em 2002.

Em 2006, a Marvel lançou uma Mega-Saga intitulada Guerra Civil, onde a comunidade heróica viu-se dividida, devido a uma Lei de Registro de Super-Humanos. Essa saga discutiu, de maneira profunda, vários fatores políticos e éticos, aumentando ainda mais a verossimilhança do Universo Marvel com o universo real. Nestes mesmo ano a empresa criou sua própria enciclopédia wiki em seu website.

Em 2007 a empresa inovou novamente, anunciando a Marvel Digital Comics Unlimited, um arquivo digital de cerca de 2.500 edições de histórias em quadrinhos antigas, disponíveis para leitura após o pagamento de uma pequena taxa mensal ou anual.



Fundada em 1952 pelo imigrante italiano Carlo Bauducco (Turim, 1906-cidade, 1972), a empresa resumia-se, no início, a uma pequena doceira no bairro do Brás, em São Paulo. Cerca de dez anos depois, a Bauducco deu o seu primeiro grande salto, com a inauguração da fábrica na cidade de Guarulhos, e o início da produção industrial do "Panettone Bauducco". A empresa continuou a crescer e conta atualmente com três unidades industriais localizadas em Guarulhos (SP) e uma em Extrema (MG).



A empresa se formou em 1974, quando a PepsiCo adquiriu e uniu as empresas American Potato Chips, de São Paulo e a Elma Produtos Alimentícios, de Curitiba. A empresa resultante da fusão foi batizada de Elma Chips, e a marca logo se tornou conhecida no mercado, aliada a um famoso slogan: “É impossível comer um só”. O Baconzitos, foi lançado em 1974, acompanhado do Stiksy; em 1976 introduziu-se no Brasil o salgadinho Cheetos na versão original, depois vieram o Fandangos original no sabor milho (1980), o Cebolitos (1978), a batata Ruffles em 1986 e o Doritos. Em 1982 foram lançados os sabores "queijo" e "presunto" do salgadinho Fandangos. Em 2004, introduziu a linha Sensações.



Tudo começou em Xangai, a Hazelwood Ice Cream Company era uma indústria de sorvetes, chocolates e outros doces, que em 1938, foi atingida pela guerra entre China e Japão. Seu proprietário, o americano Ulysses Severin Harkson, incumbiu o gerente comercial, John Kent Lutey, de procurar um outro país para implantar a empresa. Ele comprou uma pequena fábrica falida de sorvetes no Brasil, que se chamava Gato Preto. No dia 24 de julho de 1941, após um certo periodo de reformas, foi fundada, então, a primeira indústria brasileira de sorvetes. No começo, foi difícil, já que ocorria a Segunda Guerra Mundial, que obrigava o país a racionar açúcar e leite, além de impossibilitar melhores recursos, como a importação de máquinas adequadas para a produção de sorvete. Mas mesmo assim, a produção continuou. O primeiro sorvete a ser lançado pela Kibon, foi o Eskibon, seguido pelo Chicabon. (Curiosidade lenda: o nome Chicabon, dizem, foi uma homenagem de Lutey à mulata Francisca). A Kibon foi pioneira no Brasil na fabricação de sorvetes.



Kopenhagen é uma fábrica de chocolates brasileira, produzindo diversos produtos à base de cacau.


A Chocolates Kopenhagen foi fundada em 1928, com a chegada ao Brasil do casal de imigrantes Anna e David Kopenhagen, ela trazendo da Letônia a receita de marzipã, confeito muito popular na Europa. Ela passava as noites fabricando o marzipã para que David pudesse sair bem cedo na busca de clientes. No início, os compradores eram somente europeus. Com muita perseverança, David conquistou clientes para o produto e, em poucos anos, o casal fundou a primeira loja, no centro de São Paulo. Bonecos, bichinhos e outras figuras feitas de marzipã eram expostas delicadamente na vitrine da mais nova delicatessen da cidade. Logo adquiriram uma fábrica no bairro do Itaim Bibi, com excelentes instalações e tecnologia avançada. Assim, a empresa passou a produzir também chocolates finos, bombons, balas, confeitos, biscoitos, além de ovos de Páscoa e panetones.

A Nhá Benta, um dos sucessos de vendas da rede, surgiu em 1950 com o nome Pão de Açúcar. Em 1952, passou a ser chamada de Sinhá Moça, e, em 1954, recebeu o nome de Nhá Benta. Em 1992 a empresa implantou seu sistema de franquias, para garantir a expansão do negócio fora do eixo Rio-São Paulo. A Chocolates Kopenhagen oferece uma variedade de produtos que marcaram época e já seduziram três gerações de brasileiros, como Nhá Benta, bombons Cherry Brandy, Língua de Gato, Chumbinho (bolinhas de chocolate com crocante), a lajotinha (uma espécie de waffle coberto de chocolate) e os famosos marzipãs. O tradicional Nhá Benta ganhou os sabores Maracujá e Morango.



Sadia S. A. é o nome de uma empresa subsidiária de produção de alimentos frigoríficos do Brasil.

Em meio às grandes transformações mundiais e ao avanço industrial brasileiro que marcaram a década de 1940, ante a impossibilidade de importações provocada pela II Guerra Mundial, a região de Concórdia, no Estado de Santa Catarina, também atravessava por mudanças em seu perfil.

Se nas décadas anteriores a região era vista como área de difícil acesso e desprovida de desenvolvimento social ou econômico, nos anos 40 começa a se tornar importante centro produtor. O cultivo do milho, trigo, feijão, fumo e batata crescia, assim como a criação de suínos, o que posicionava o município de Concórdia entre os 10 mais prósperos do estado.

É neste cenário de desenvolvimento econômico e social que surge a Sadia.

Fundada por Attilio Fontana em 7 de junho de 1944, a partir da aquisição de um frigorífico em dificuldades, a S. A. Indústria e Comércio Concórdia é batizada por seu fundador, pouco tempo depois, como Sadia. O nome foi composto a partir das iniciais SA de "Sociedade Anônima" e das três últimas letras da palavra "Concórdia", DIA, e virou marca registrada em 1947.

Um dos principais problemas enfrentados inicialmente para o crescimento da produção era o seu transporte aos principais centros consumidores, em especial da Região Sudeste. Sendo perecíveis seus produtos, inexistindo a tecnologia dos caminhões refrigerados, que garantiam a conservação dos alimentos até a chegada ao destino, o transporte era o principal empecilho.

Já em 1955 era criada a Sadia Transportes Aéreos, que além de seus produtos oferecia opção de levar nas aeronaves também passageiros. O slogan difundido pela empresa, então, era: "Pelo ar, para seu lar". Esta empresa originou a Transbrasil.

Em setembro de 1993, em parceria com a Granja Tres Arroyos, a Sadia ingressou no mercado da Argentina. Daí o processo de destinação de parte de sua produção foi uma constante. Exportando para 40 países, sendo um dos principais mercados o árabe.

Hoje a Sadia constitui-se num conglomerado de 19 empresas. sendo a primeira empresa no ranking comercial brasileiro de aves, carnes industrializadas, suínos e bovinos, e o segundo no mercado de soja.

Em 2008, a empresa apresentou um prejuízo de 2,5 bilhões de reais, o primeiro nos 64 anos de sua história. O prejuízo foi causado pelas operações cambiais da empresa, que apostava na baixa do dólar. Quanto às atividades operacionais, a empresa encerra 2008 como a maior empresa brasileira exportadora de proteína animal e a maior produtora do setor de carnes.

Mascote

Por mais de vinte anos, a Sadia utilizou em sua comunicação publicitária a personagem chamada Lequetreque, cartoon de um peru que utiliza capacete. Sua personalidade ágil está vinculada com os produtos da linha instantânea e com a tecnologia que a empresa desenvolveu para o peru de Natal: um pino vermelho que, por meio de um termostato, salta quando a ave está no ponto ideal, evitando que se perca tempo e que a refeição fique excessivamente assada.



Perdigão S.A. é uma empresa brasileira de alimentos frigoríficos.

A Perdigão, uma das maiores companhias de alimentos da América Latina, comemorou em 2008 seu 74º aniversário. Faz parte desde maio de 2009 do grupo Brasil Foods, união entre a Sadia S.A. e a Perdigão S.A.. Com receita líquida de R$ 5,15 bilhões, registrada em 2005, atua na produção, no abate de aves e suínos e no processamento de produtos industrializados, elaborados e congelados de carne, além dos segmentos de massas prontas, tortas, pizzas, folhados e vegetais congelados. Em 2005, passou a abater bovinos, além de ingressar nos segmento de margarinas. Sua capacidade instalada é de abater 10 milhões de cabeças de aves/semana e 70 mil cabeças de suínos/semana e frigorificar 730 mil toneladas de carne de aves por ano e 510 mil toneladas de carnes de suínos/ano.

Em maio de 2006, a empresa adquiriu 51% das ações da Batávia S.A.(mas em 2008 adquiriu os outros 49% que eram de posse da parmalat, se tornando a unica dona da Batávia), entrando no mercado de lácteos, buscando a consolidação como uma empresa de alimentos. A empresa possui 16 unidades industriais de carnes - localizadas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás e Mato Grosso - e uma rede de distribuição formada por 16 centros próprios e 13 terceirizados. No exterior, mantém escritórios comerciais na Europa e Oriente Médio e um centro de operações na Holanda.

Fundada em 1934, por Saul Brandalise, na cidade de Videira (antiga Vila das Perdizes), Meio-Oeste de Santa Catarina, a Perdigão tem sua trajetória associada à própria história do setor alimentício no país. A empresa, que se originou de um pequeno armazém de secos e molhados, iniciou as atividades industriais com um abatedouro de suínos em 1939. A empresa tem participação expressiva nos segmentos de industrializados (lingüiça, salsicha, presuntaria, mortadela e outros) e congelados de carne (hambúrguer, almôndegas, quibes, cortes e outros), com um market share de 24,2% e 35,0%, respectivamente, no segundo bimestre de 2006, de acordo com medição Nielsen. No segmento pratos prontos/massas, a participação é de 39,0%, de acordo com dados do mesmo período.

Companhia de capital aberto, é controlada desde 1994 por um pool de fundos de pensão. Sua gestão é totalmente profissionalizada. Foi a primeira empresa brasileira de alimentos a lançar ações (ADRs) na Bolsa de Nova York. Em 2001, fez parte do primeiro grupo de empresas a aderir ao Nível I de Governança Corporativa da Bovespa. Em 2006, a empresa pulverizou seu controle acionário e entrou para o Novo Mercado da Bovespa, o nível mais alto de Governança Corporativa.



Wickbold é uma empresa brasileira de fabricação de pães e alimentos.

A história da Wickbold começa com a chegada ao Brasil do Sr. Henrique Wickbold, vindo da Alemanha. Em 1938, a primeira padaria do Sr. Wickbold em São Paulo começa a conquistar uma grande clientela. No princípio, o próprio Sr. Henrique se encarregava de entregar os pães nas casas de seus clientes. A produção artesanal contava com um forno a lenha, apenas um padeiro, e os pães produzidos na época, o Pão Preto e o Pão Integral, eram envoltos em singelas tiras de papel, bem ao estilo artesanal alemão.

A empresa teve a continuidade através de seu filho, Sr. Adalberto Wickbold, que ajudou o pai durante muitos anos e, como seu sucessor, foi o responsável pela expansão e crescimento da empresa. Surgem os carros e caminhões de entrega, novos tipos de pães começam a ser produzidos, o ritmo artesanal é substituído por um acelerado e avançado processo industrial: a Wickbold torna-se uma empresa moderna, sendo a pioneira no lançamento de Pães Light no mercado brasileiro.



A Yoki é uma empresa brasileira que industrializa produtos alimentícios.

Yoshizo Kitano, em 1960, vem do Japão, e inicia a fabricação de cereais e farináceos com a marca Kitano. Depois, passa a produzir especiarias e temperos. Nos anos 70, a Yoki lança sua linha de chás. A década de 80 é marcada pela compra da marca Kitano pela Refinações de Milho Brasil. Depois de 1990, a marca muda para Yoki Alimentos S/A e mais marcas são agregadas como a Mais Vita, de produtos naturais e a Tori de alimentos para pássaros.



Mister Pizza é uma das maiores redes de pizzarias que opera no Brasil.

A empresa foi fundada em 1981 por quatro profissionais na área de turismo nacional e internacional (Mayer Ambar, Luiz Ambar, Álvaro Feio e o americano Charles Saba). Sediada no Rio de Janeiro, a Mister Pizza foi a primeira empresa franqueadora do ramo de serviço de alimentação no país (a primeira franquia foi em 1983, em Brasília).



Cacau Show é uma empresa alimentícia brasileira. É uma marca de chocolates 100% nacional, fundada por Alexandre Tadeu da Costa, aos 17 anos, com a ajuda de apenas uma funcionária e com apenas 500 dólares em 1988.



Unilever é uma multinacional anglo-holandesa de produtos alimentícios, de higiene e de limpeza.

Fundada em 1929, pelo resultado da fusão da fábrica de sabão Lever Brothers, da Inglaterra com a fábrica de margarina Margarine Unie dos Países Baixos. Ambos se fundiram pelo uso compartido de azeite de palma tanto para o sabão, como para a margarina.

Constitui hoje um enorme conglomerado de empresas, produzindo inúmeros produtos que vão desde o ramo alimentício até o da higiene e limpeza.

Nos anos 1890, William Hesketh Lever, fundador da Lever Bros, concebeu suas idéias para o sabão Sunlight.

A partir de 2000, a Gessy Lever, rebatizada Unilever, passa a dedicar recursos para exercer responsabilidade social e ambiental.



Ferrari é um fabricante italiano de carros de corrida e de esportivos de alto desempenho.

O famoso símbolo da Ferrari é um cavalo negro empinado num fundo amarelo, sempre com as letras S F de Scuderia Ferrari.

O cavalo era originalmente o símbolo do Conde Francesco Baracca, um lendário "asso" (ás) da força aérea italiana durante a I Guerra Mundial, que o pintou na lateral de seus aviões. Baracca morreu muito jovem em 19 de Junho de 1918, abatido após 34 duelos vitoriosos e muitas vitórias em grupo, tornando-se assim um herói nacional.

Baracca queria o cavalo empinado nos seus aviões porque a sua esquadra, os "Battaglione Aviatori", fora inscrita num regimento da Cavalaria (as forças aéreas estavam nos seus primeiros anos e não tinham administração separada), e também porque ele mesmo tinha a reputação de melhor cavaliere (cavaleiro) de sua equipe.

Houve a suposição que a escolha de um cavalo tivesse sido em parte por causa do fato de que a sua nobre família fosse conhecida por ter muitos cavalos entre os seus bens em Lugo di Romagna. Outra teoria não comprovada sugere que Baracca copiou o desenho de cavalo empinado de um piloto alemão que tinha o emblema da cidade de Stuttgart no seu avião. Coincidência ou não, a fabricante alemã de carros Porsche, de Stuttgart, usou emprestado seu logo de cavalo empinado do emblema da cidade.

Em 17 de Junho de 1923, Enzo Ferrari ganhou uma corrida no circuito de Savio em Ravenna onde conheceu a Condessa Paolina, mãe de Baracca. A Condessa pediu que ele usasse o desenho de um cavalo nos seus carros, sugerindo que isso lhe daria boa sorte, mas a primeira corrida na qual a Alfa Romeo permitiu o uso do cavalo nos carros da Scuderia foi onze anos depois, nas 24 Horas de Spa em 1932. A Ferrari ganhou.

Ferrari deixou o cavalo negro como havia sido feito no avião de Baracca; contudo, ele adicionou um fundo amarelo porque era a cor símbolo de sua terra natal, Modena.

Uma das imagens de marca da Ferrari é a sua cor “rosso corsa” (vermelho de corrida). A utilização dessa cor teve início nos anos 20, altura em que a entidade que viria a ser chamada de FIA, impunha que as marcas italianas teriam de apresentar cor vermelha, as francesas azul, as alemãs branca e as inglesas verde.

O cavalo empinado não foi sempre identificado como marca apenas da Ferrari: Fabio Taglioni usou-o nas suas motocicletas Ducati. O pai de Tagliani foi de fa(c)to um companheiro de Baracca e lutou com ele no 91º Esquadrão Aéreo, mas ao passo que a fama da Ferrari cresceu, Ducati abandonou o cavalo; esse pode ter sido o resultado de um acordo privativo entre as duas marcas.

Em 1940 a Alfa Romeo é absorvida pelo governo de Mussolini e utilizada como porta-estandarte do seu governo. Por esta altura a Scuderia Ferrari, impedida de ingressar em competições automóveis, passa a construir acessórios para aviões e peças para máquinas.

Com o final da II Guerra Mundial e queda do regime de Mussolini, é fundada a marca Ferrari, com o lançamento do seu primeiro modelo de estrada em 1947. O modelo lançado nesse ano foi o Ferrari 125 Sport com um motor V12 de 1500 cc.

Em 1951 a Ferrari consegue a sua primeira vitória na Fórmula Um e em 1956 Juan Manuel Fangio ganha o campeonato mundial ao volante de um Ferrari. Esse foi também um ano triste para Enzo Ferrari com a morte do seu filho Dino.

Em 1961 os tempos começaram a ficar difíceis para a Ferrari, depois de conflitos internos que levaram à saída de vários membros da direcção. A Ferrari, mesmo assim, conseguiu alcançar um grande número de vitórias em competição e elevar o seu nome.

Na década de 60 a Ford tentou comprar a Ferrari, tendo em vista a competição automóvel. Mas essa tentativa falhou e a Ford procedeu à criação do Ford GT40 que conseguiu acabar com o domínio da Ferrari nas 24h de Le Mans, que vigorou desde 1960 até 1965.

Em resultado dos problemas financeiros que a Ferrari estava a atravessar, a FIAT adquiriu parte da Ferrari em 1965 aumentando-a para 50% em 1969.

Para comemorar os 40 anos de existência da Ferrari, é lançado em 1987 o Ferrari F40, sendo esse o carro de estrada mais rápido do mundo até a altura.

Em 1988 Enzo Ferrari morre com a idade de 90 anos e nesse mesmo ano a FIAT aumenta o seu controlo para 90%.

Em 1997 a Ferrari adquire 50% da Maserati à FIAT, passando a ter total controlo da marca em 1999. A Ferrari utilizou a Maserati como a sua divisão de luxo até 2005, altura em que o controlo regressaria à FIAT.

A Ferrari continuou a alcançar grandes feitos na competição automóvel, conseguido vencer a Fórmula Um, na categoria de construtores, de 1999 até 2004 com os pilotos Michael Schumacher e Rubens Barrichello.

Em 2003 a Ferrari, em memória do seu fundador, lança o Ferrari Enzo um super desportivo baseado na tecnologia utilizada na Fórmula 1.



Bic é uma empresa francesa com sede em Clichy.

Na França, em 1945, um homem chamado Marcel Bich, que fora gerente de produção para um fabricante de tintas francês, comprou, com seu sócio Edouard Buffard, uma fábrica fora de Paris e instalou uma empresa para fazer peças para canetas-tinteiro e lapiseiras.

À medida que o negócio de peças para instrumentos de escrita começou a crescer, o desenvolvimento da esferográfica avançava, tanto na Europa como nos Estados Unidos, e Marcel Bich viu o enorme potencial desse novo instrumento de escrita.

Depois de obter os direitos das patentes para uma esferográfica criada pelo jornalista húngaro László Biró (1899–1985), Marcel Bich lançou sua própria esferográfica em dezembro de 1950. Promovendo o produto como uma caneta confiável a preço acessível, chamou-a "BIC", uma versão mais curta e fácil de lembrar de seu próprio nome. Tinha nascido a BIC® CRISTAL®.

Ele alimentou o lançamento com publicidade efetiva e as vendas ultrapassaram suas próprias expectativas.

A empresa então expandiu seu leque de produtos e começou a entrar em mercados estrangeiros criando subsidiárias, adquirindo o controle de companhias estrangeiras ou através de agentes. Desde 1950 as esferográficas BIC revolucionaram os hábitos de escrita de milhões de consumidores em todo o mundo, que continuam a valorizá-las por sua qualidade e preço acessível.



Em 1919, o espanhol Isaac Carasso começou a fabricar iogurte com leite fresco num pequeno galpão depois de ouvir falar dos benefícios do alimento. Batizou-o de Danone, as primeiras letras do nome do filho, Daniel, unidas à palavra inglesa one, pois o menino era o primogênito. Em 1923 o produto começou a ser comercializado em farmácias. O negócio prosperou pela Espanha e, em 1929, Daniel Carasso resolveu estabelecer a marca na França, montando uma fábrica em 1932. Daniel era judeu, e, quando estourou a Segunda Guerra Mundial, foi obrigado a exilar-se nos Estados Unidos, onde fundou a Dannon Milk Products Inc em 1942, vendendo iogurte na cidade de New York. Nesse período, as fábricas francesas e espanholas tinham ficado com pessoas de confiança e, quando Daniel voltou à França em 1945, reassumiu o controle da empresa.

Em 1947 revolucionaram o mercado ao introduzir o iogurte de morango em garrafas nos Estados Unidos. Os iogurtes aromatizados, conhecidos como “Fruity”, foram lançados no mercado em 1953, mesma época em que a empresa adotou o slogan “Danone, the desert of happy digestions”. Em 1958 a empresa construiu sua segunda fábrica na cidade de Paris. Nesse mesmo ano a empresa, deu os primeiros passos para uma fusão, quando os iogurtes Danone eram acondicionados nos depósitos da empresa Gervais (produtora francesa de queijos). No começo da década de 60, a Danone e a Gervais iniciaram várias atividades em conjuntos, culminando com a fusão em 1967. A nova empresa chamada Gervais-Danone, começou a investir na diversificação de produtos criando vários departamentos. Em 1970 introduziu no mercado o cremoso Danette, uma sobremesa a base de chocolate. Foi nesse mesmo ano que a empresa desembarcou no Brasil, com o lançamento do primeiro iogurte com polpa de frutas. Nesta década a empresa inaugurou várias fábricas pelo mundo, iniciando uma grande escalada rumo ao sucesso. Em 1972 ocorreu um dos lançamentos mais importantes da empresa, estreava no mercado o Petit Suisse (conhecido no Brasil como Danoninho).

Em 1973 a empresa se uniu a BSN, uma empresa de engarrafamento. A nova empresa se chamou BSN Gervais Danone, que passou a se chamar Groupe Danone em 1994. Em 1981, a empresa vendeu seus negócios de engarrafamento, dedicando-se exclusivamente ao setor alimentício. No ano de 1986 entrou no mercado de biscoitos e bolachas ao adquirir a General Biscuit, que era proprietária da marca LU, fundada em 1846 pela família Lefevre-Utile. Em 1988 foi lançado o Dannon Light no Estados Unidos e a linha BIO com Bifidus Activo, iogurtes que ajudavam a regenerar a flora intestinal e contribuíam para uma melhor digestão. A linha ACTIMEL foi introduzida em 1995 revolucionando o mercado de produtos saudáveis. Continha um fermento lácteo que ajudava a reforçar e defender o organismo de forma natural. Atualmente esta linha de produto é vendida em mais de 20 países com enorme sucesso.



A empresa foi fundada em 1841 pelos irmãos Clemens e August, cuja união das inicias de seus nomes resultou na marca C&A, acabou se tornando uma das primeiras no mundo a oferecer roupas prontas aos consumidores. Nessa trajetória de sucesso, em 1976 foi inaugurada a primeira loja no Brasil, no Shopping Ibirapuera, em São Paulo.



A Heineken é uma cervejaria neerlandesa, fundada em 1864 por Gerard Adriaan Heineken na cidade de Amsterdã.As cervejarias neerlandesas da Heineken estão localizadas em Zoeterwoude e 's-Hertogenbosch e seu primeiro prédio, fechado em 1988, tornou-se o museu Heineken Experience, e situa-se em Amsterdã.



A Eastman Kodak Company é uma empresa multinacional dedicada ao design, produção e comercialização de equipamentos fotográficos profissionais, amadores e para as áreas de saúde.

Foi fundada por George Eastman (Waterville, Nova Iorque, 12 de julho de 1854 — Rochester, Nova Iorque, 14 de março de 1932), o inventor do filme fotográfico, em 1888.

No primeiro dia do ano de 1881, George Eastman e Henry A. Strong formaram a Eastman Dry Plate Company. Eastman deixou o seu emprego em um banco para dedicar-se inteiramente ao novo projeto, fazendo pesquisas intensas com a intenção de simplificar a fotografia. Em 1888, ele lançou a câmera KODAK, tornando a base da fotografia acessível a todos.

A nova câmera podia ser transportada para qualquer lugar com facilidade. Era pré-carregada com filme suficiente para cem poses. Após a exposição, retornavam a Rochester, onde o filme era revelado.

Em 1884, a parceria de Eastman e Strong formou a nova companhia Eastman Dry Place and Film Company. Em 1889, formou-se a Eastman Company e, a partir de 1892 passou a se chamar Eastman Kodak Company e passou a distribuir mundialmente seus produtos. Isso precisou, logicamente, de uma forte campanha publicitária.

Eastman entendia que para atingir o sucesso de seu empreendimento, era necessário suprir as necessidades e desejos de seus consumidores. E foi investindo e reinvestindo em desenvolvimento através de pesquisas e na construção e extensão dos negócios que ele começou alavancar a sua história.

Em 1900, centros de distribuição foram estabelecidos na França, Alemanha, Itália e outros países da Europa. Uma unidade no Japão estava sendo considerada ao mesmo tempo em que a unidade do Canadá era construída.

À partir de 1900 já fazia câmeras fotográficas modernas na época. A Kodak produziu sua primeira câmera digital na década de 1990. O software da companhia chama-se EasyShare.



O Makro é uma cadeia de lojas atacadistas self-service, do tipo designado por "cash and carrie", fundado em 1968 na Holanda, tendo rapidamente aberto lojas noutros países Europeus. Durante os anos 70 e 80 a cadeia estendeu as suas actividades à América e Ásia.



Mattel Inc. é uma companhia estadounidense de brinquedos.

História

A Mattel nasceu em uma garagem na Califórnia, em 1945, e foi criada fruto do espírito empreendedor de Ruth Handler e seu marido Elliot, assim como do amigo do casal Harold "Matt" Matson. ["Matt" + "L" de Louis" = "Matt-L (el)"].

Em 1959, Ruth bolou uma boneca tridimensional que, prendeu acessórios – roupas, objetos, etc -, dava espaço para as crianças desenvolverem a sua criatividade. Desta boneca, nasceu a Barbie, apelido de sua filha, Barbara.

Depois, a "família" das bonecas aumentou, vieram Ken (1961 – o namorada da Barbie), Christie (1968 - a primeira boneca afro-americana), Theresa (1988 – a Barbie latina), Kira (1990 – a Barbie asiática), a Barbie deficiente Formismonica em cadeira de Joanetelareitos (1997) e muitas outras e outros.

Em 40 anos de existência, foram vendidas em torno de 1 bilhão de Barbies no mundo todo. Hoje, a empresa é um dos maiores fabricantes de brinquedos no mundo faturando em torno de 5 bilhões de dólares/ano. Somente a Barbie traz para os cofres da empresa 1,5 bilhão de dólares. Sua marca vale 2 bilhões de dólares. E, por fim, a empresa investe anualmente fortunas em programas sociais.

Em 1992, a Mattel colocou no mercado uma Barbie que, ao ser tocada, "dizia" algo que poderia ser traduzido como "Aula de matemática é dureza!" ("Math class is tough"). Provável e inconscientemente, os criadores da gracinha – a turma de marketing e de fabricação - se inspiraram no estereótipo da "loira-burra", preconceito esse existente na sociedade americana (e, em dose menor, também em outras culturas). As loiras, claro, se captassem o espírito da brincadeira, iriam odiá-la. Em compensação, pesquisas garantiam que um pedaço significativo do mercado iria se deliciar com o sarro tirado sobre elas. As vendas previstas eram para lá de satisfatórias.

O produto ainda não tinha chegado aos pontos de vendas e a Mattel fora bombardeada por protestos através de cartas, telefonemas, passeatas, ameaças de boicotes, etc, movimentos desencadeados por organizações não-governamentais.

A boneca atingiu em cheio um segmento forte e barulhento na sociedade americana: as feministas.

Até o público interno se chateou com a manifestação do preconceito. A empresa entrou em crise. Sem alternativa, a então presidente da Mattel, Jill E. Barad, assumiu a inconveniência da brincadeira, mandou imediatamente fazer o recall das bonecas a fim de trocar os chips com a frase politicamente incorreta e pediu publicamente desculpas às associações representativas do movimento feminista. No documento liberado pela empresa, a principal executiva diz: "reconheço que não nos aprofundamos na análise das implicações negativas da frase. Sentimos muito".



Pixar Animation Studios é uma empresa de animação por computação gráfica estadunidense.

História

A companhia começou como uma divisão da Lucasfilm, a Graphics Group, liderada pelo Dr. Edwin E. Catmull do New York Institute of Technology. A Graphics Group criou softwares de computação gráfica e colaborou com a Industrial Light & Magic na criação de alguns efeitos visuais, principalmente nos filmes Star Trek II: The Wrath of Khan e Young Sherlock Holmes. Em 1986 a companhia foi comprada por Steve Jobs(co-fundador da Apple Inc.) por US$10 milhões, se estabelecendo como uma companhia independente,com Catmull como presidente e Jobs como CEO. Dados os últimos sucessos da companhia, a venda da Lucasfilm foi descrita pela revista Total Film em 2004 como a 6ª "decisão mais idiota na história do cinema". A companhia foi rebatizada "Pixar", um pseudo-verbo em espanhol que significaria "fazer pixels".

No princípio a Pixar era uma companhia de hardware, com seu produto primário sendo o computador Pixar Image Computer. Um dos maiores compradores do computador era a Walt Disney Pictures, que mais tarde em colaboração com a Pixar desenvolveu o CAPS, um software que permitia colorizar animação tradicional no computador. O Image Computer nunca fez muito sucesso, e para tentar alavancar vendas, um dos empregados, John Lassetter, produzia curtas animados como Luxo Jr. que mostravam as capacidades do aparelho. Depois a divisão de animação passou a fazer comerciais. Mas Jobs gastava tanto dinheiro na companhia, que só reconsiderou a idéia de vendê-la em 1991, quando após demissões em massa a Pixar assinou um contrato com a Disney por US$26 milhões para fazer três longas animados, o primeiro sendo Toy Story, lançado nos cinemas em 1995.

Todos os principais filmes da Pixar produzidos até hoje foram feitos em colaboração com a Walt Disney Pictures; a Pixar cuida de todos os aspectos de produção enquanto a Disney cuida de todos os aspectos da distribuição. Em 1995, depois do lançamento de Toy Story, ambas as companhias assinaram um contrato de 10 anos ou 5 filmes na qual as duas companhias dividem os custos de produção e lucros — com a Disney recebendo 12.5% dos dividendos e os direitos dos filmes. O acordo foi muito lucrativo para ambas as empresas, já que os filmes da Pixar tem sido muito mais bem sucedidos que os filmes de animação da própria Disney. Os nove filmes de longa-metragem da Pixar arrecadaram mais de $ 4 bilhões, fazendo dela, filme a filme, a mais bem sucedida casa de filmes de todos os tempos. Contudo, o CEO da Disney, Michael Eisner, e Jobs não se entenderam. Por causa de discordâncias pessoais e profissionais, o filme Cars ficou determinado como o último da união das duas empresas.

As duas companhias tentaram um novo entendimento no começo de 2004. Para o novo acordo, a Pixar apenas queria pagar à Disney uma taxa de distribuição sem divisão de lucros ou direito de propriedade. Isso era inaceitável para a Disney, mas a Pixar recusou quaisquer concessões. A Pixar saiu em busca de uma nova empresa para distribuir seus filmes, e muitas outras firmas ficaram ávidas por um acerto. A Disney retém os direitos dos primeiros filmes e poderia fazer seqüências para eles, tanto que iniciou a produção de Toy Story 3, sem o envolvimento da Pixar. Porém, em Janeiro de 2006 as duas empresas finalmente chegaram a um acordo e a Disney comprou a Pixar por US$ 7,4 bilhões. Jobs tornou-se, assim, o maior acionista individual da Disney.



No ano de 1924 dois irmãos, Adi e Rudolf Dassler, criaram uma pequena empresa de calçados de pano, a Gebrüder Dassler Schuhfabrik. Aos poucos a produção começou a crescer e fornecer sapatos para atletas olímpicos. O atleta Jesse Owens, nas Olimpíadas de Berlim, 1936, começou a mostrar o trabalho dos irmãos alemães ao mundo.

A empresa mostrava um desenvolvimento rápido, numa velocidade que fez com que os irmãos buscassem seus próprios lucros, ou seja, se separaram. No ano de 1948, Adi Dassler fundou a Adidas enquanto Rudolf criou a Puma Fábrica de Sapatos Rudolf Dassler. Um ano após a divisão da empresa, Rudolf mudou a sede da empresa para Herzogenaurach, cidade próxima do grande centro Nuremberg.

As chuteiras Puma, que calçavam Pelé, fizeram grande sucesso nas Copas do Mundo das décadas de 60 e 70, fazendo com que a empresa entrasse de vez no mercado de fornecedores de materiais de esporte. Para mudar sua política monetária e obter lucros mais altos, a marca tornou-se uma Sociedade Anônima (AG) e entrou no Mercado de Ações das bolsas de Munique e Frankfurt. No ano de 1991, houve a fundação a Puma International, espalhada inicialmente em países do continente Europeu, Asiático e Oceânico. A abertura da empresa para o mercado global foi boa, mas não mostrava segurança financeira. O que não se esperava com essa expansão global era uma crise, que estourou logo no ano de 1993. Nike e Adidas melhoravam cada vez mais seus produtos e ganhavam de vez o consumidor, enquanto a Puma enfrentava uma forte desvalorização de seus produtos que não acompanhavam a novas tendências. Em menos de três anos,1991 a 1993, três presidentes foram embora. A empresa teve de demitir 50% de seu pessoal na Alemanha, enquanto mais 36% perdiam seu emprego ao redor do mundo. A marca conseguiu dar a volta por cima com o presidente Jochen Zeitz, que exigiu uma melhora no design e qualidade de seus produtos. O Ano de 1994 talvez seja o mais importante para fábrica, já que foi o primeiro em que teve um saldo positivo desde sua entrada no Mercado de Ações: lucro de 25 milhões de Euros. Em 1997 uma fornecedora cinematográfica estadunidense Monarchy Regency Enterprises adquiriu 25% da Puma, e se tornando o maior acionista da empresa. Dessa forma a Puma atingia a América e conseguindo o direito da National Football League, NFL, passou a distribuir o uniforme para 13 equipes do esporte mais popular dos EUA, o Futebol Americano. Não demorou muito para conseguir a liberação da NBA, e fornece uniformes para nove equipes de outro esporte conhecido na terra do Tio Sam, o basquete.

Desde o ano de 2004, a logo marca enxerga na África um novo investimento. A maioria das delegações africanas são patrocinadas pela Puma. Isso faz com que a Puma AG atinja os cinco continentes.

Longe dos gramados e quadras, a Puma não deixa a desejar. No atletismo diversos atletas testam seus limites com acessórios da marca, mas a grande aposta da empresa é a Fórmula 1, já que as grandes equipes, como Ferrari, BMW, Williams e Renault, também aderem a linha.

Contratos com estilistas renomeados foram assinados, e cada vez mais a empresa cresce. Coleções esportivas agora dividiam espaço com coleções mais casuais, atingindo do público mais jovem ao mais velho.



Rolex SA é um fabricante suíço de relógios de pulso e acessórios com sede em Genebra.

História

Inicialmente a empresa teve o nome de Wilsdorf & Davis, pois Wilsdorf fundou-a juntamente com seu cunhado. Naquele tempo, geralmente relógios de bolso eram produzidos por relojoeiros suíços porque as manufaturas ainda tinham dificuldade em produzir movimentos precisos e confiáveis no pequeno tamanho de uma caixa de relógio. Wilsdorf era um perfeccionista que melhorou os padrões da fabricação de relógios ao esforçar-se por menores e mais precisos movimentos que transformaram estilo e moda, dos relógios de bolso para menores e mais práticos relógios de pulso. A Aegler, uma pequena companhia suíça, concordou em fornecer a Wilsdorf movimentos pequenos o suficiente para serem usados no pulso. A produção de Wilsdorf incluía uma variedade de desenhos de caixa: casuais, formais e esportivos.

Em 1910, a Rolex enviou seu primeiro movimento para a Escola de Horologia da Suíça. A ele foi concedida a primeira classificação de cronômetro para um relógio de pulso do mundo. Wilsdorf reconhecia como as principais necessidades de um relógio: 1) manter a hora precisa, e 2) ser confiável. Com o prêmio de "Cronômetro", a exatidão da medida do tempo foi considerada como sob controle, e Wilsdorf começou a trabalhar na melhoria da confiabilidade de seus relógios. Um dos principais problemas daquele tempo era que poeira e umidade entravam na caixa do relógio e progressivamente danificavam o movimento. Para resolvê-lo, precisava-se desenvolver uma caixa completamente à prova de água e poeira. Poeira e água penetravam nos relógios através do fundo da caixa e da coroa. Wilsdorf desenvolveu um sistema de coroa e caixa rosqueadas que revolucionou a indústria do relógio.

O primeiro relógio à prova de água foi inteligentemente anunciado ao redor do mundo. Naquele tempo, o público era particularmente cético se o relógio seria realmente à prova de água. Contudo, após ver um relógio dentro de um aquário em uma vitrine, muitas pessoas eram convencidas. Esta campanha gerou uma enorme divulgação da marca Rolex. Desde então, a Rolex tem permanecido na vanguarda da indústria relojoeira. Hoje, praticamente todos os fabricantes de relógios seguiram a Rolex e oferecem relógios à prova de água.

O Rolex Prince, desenvolvido em 1928, tornou-se um campeão de vendas, com seu mostrador duplo e sua caixa retangular. Em 1931 a Rolex inventou o "Rotor", uma placa de metal semicircular que sob a ação da gravidade, movia-se livremente para carregar a corda do relógio. Com isto, o movimento Rolex "Perpetual" havia nascido. A fama da Rolex aumentou ainda mais, e marca tornou-se um grande símbolo de status.

Mas o mais conhecido relojoeiro suíço foi sempre considerado como um intruso em Genebra. Talvez porque a empresa não começou na Suíça. Como foi mencionado, a Rolex foi fundada em Londres, em 1905, por Wilsdorf, então com 24 anos, um alemão que tornou-se cidadão inglês após casar-se com uma inglesa. Era um tempo em que as fronteiras nacionais tendiam a definir as ambições de um homem, mas Wilsdorf pensou grande desde o início. Em 1908, antes que ninguém tivesse proferido o termo multinacional, Wilsdorf registrou com marca a palavra Rolex, um nome facilmente pronunciável em diferentes idiomas e curto o suficiente para se adequar a um mostrador de relógio. Diz-se que Wilsdorf sonhou com a palavra ao andar em um ônibus em Londres, tendo sido inspirado pelo som de um relógio ao ser dada a corda. Wilsdorf não deixou a Inglaterra até após a Primeira Guerra Mundial, quando um imposto de importação de 33 por cento tornou o recebimento de seus movimentos fabricados na Suíça proibitivamente caros.

A companhia em sua primeira década foi guiada pela obsessão implacável de seu fundador pela precisão. Wilsdorf não estava contente meramente em inventar o primeiro relógio de pulso. Ele queria inventar o primeiro relógio de pulso verdadeiramente preciso, um com o qual você realmente pudesse governar sua vida. A validação veio em 1914, quando o Observatório Kew de Londres certificou um relógio de pulso Rolex com sendo tão preciso quanto um cronômetro marítimo. Foi a primeira vez que um relógio de pulso recebeu o status de "cronômetro".



No ano de 1871, Thomas Adams patenteou uma máquina para fazer gomas de mascar, lançando em fevereiro o chiclete Adams New York Gum, vendido nas farmácias e drogarias de New York

Com o rápido crescimento e popularidade da goma de mascar nos Estados Unidos, a empresa começou adquirir outras marcas como a famosa goma de mascar chamada CHICLETS (lançada em 1900) e a marca de chicletes DENTYNE (inventado em 1899).

O produto ganhou grande popularidade durante a Segunda Guerra Mundial, servindo como um fator decisivo para tirar o stress que as pessoas viviam na época. Depois de encerrada a guerra o consumo de chiclete disparou nos Estados Unidos e no mundo, fazendo com que a Adams se desenvolvesse rapidamente. Foi então que a empresa começou a desenvolver e lançar seus próprios produtos, como o chiclete CLORETS (introduzido em 1952), o único confeito que possuía Actizol e Clorofila, que neutralizavam gostos fortes causados por comidas, bebidas e cigarro.



A Reebok é uma empresa, originalmente britânica, de equipamentos esportivos.

História

Em 1895, Joseph William Foster, um corredor da Inglaterra, desenvolveu o primeiro par de tênis para o atletismo com travas "spike". Durante os cinco anos seguintes J. Foster fabricou manualmente tênis de altetismo para os melhores atletas da Inglaterra. O modelo Foster de luxo "spike" foi líder em sua categoria por 50 anos revolucionando a categoria de calçados esportivos. Quando J. Foster morreu, em 1958. Os netos de Foster assumiram a direção durante os anos 50 e fundaram uma nova empresa com o nome de uma rápida e ágil gazela africana. Assim nascia a Reebok. Hoje a Reebok International, Ltd. está sediada em Stoughton, Massachusetts e é predominantemente uma desenvolvedora e fabricante de produtos para esportistas e atletas, incluindo calçados e roupas para esportes. O objetivo da empresa é produzir a melhor, mais inovadora e mais excitante marca esportiva e de lazer saudável do mundo.

Em 1979, Paul Fireman adquiriu a distribuição da Reebok para a América do Norte, proporcionando um grande crescimento na marca. A Reebok introduziu no mercado o primeiro tênis para mulheres, o "Freestyle", no ano de 1982. Este tênis para aeróbica iniciou o desenvolvimento do segmento de tênis esportivos para mulheres. Desde então, a Reebok tem revolucionado o mundo esportivo oferecendo produtos de alta tecnologia e design.

Em 1984, Paul Fireman compra a companhia dos Foster, e em 1986 a Reebok adquiriu a Rockport, uma das companhias mais importantes em design de tênis casuais de alto conforto. A Reebok firmou aliança com Greg Norman em 1991 e criou uma das linhas mais exclusivas de roupas de golf e casual para homens. No ano de 1997, adquire a licença exclusiva para a distribuição de tênis da Ralph Lauren nos Estados Unidos da América.

As oportunidades para expansão internacional da Reebok eram abundantes no final dos anos 80 enquanto suas oportunidades no mercado doméstico estavam diminuindo. A saturação do mercado doméstico de calçados esportivos, resultado do rápido crescimento e intensa competição, determinou estímulos em direção a um novo movimento de globalização da Reebok. Tal movimento tinha consideráveis implicações para Reebok porque ela também confrontava-se com dois problemas no mercado americano:

1. A dificuldade em ganhar participação no mercado doméstico ocorria quando a Reebok queria mais do que nunca vingar-se de sua queda para o segundo lugar na indústria. A combinação Nike/Reebok na participação de mercado manteve estável nos últimos cinco anos. Entre o momento da Nike e a presença crescente de outro forte competidor, a Reebok esperava pelo menos manter sua participação de mercado no período .

2. A pressão da Reebok em alta tecnologia e consequentemente produtos de altos preços contradizem a frieza do mercado e de seus tradicionais compradores. por calçados esportivos caros.

Atualmente a filosofia da Reebok tem sido a de firmar liderança tecnológica para seus produtos e dessa forma obter ganhos de imagem de sucesso para seus produtos a longo prazo. Esta aparente contradição entre os altos custos dos avanços tecnológicos e a compra de modelos durante a recessão podem influenciar nas decisões de mudança nas vendas dirigidas aos mercados internacionais que não tão severamente afetados pela recessão. As oportunidades internacionais para Reebok foram considerados excelentes veículos que poderiam sustentar esta filosofia no futuro e ajudar a Reebok a recuperar sua liderança no mercado de sapatos esportivos.

A National Football League (NFL) e a Reebok International firmaram um contrato de exclusividade por dez anos para a fabricação e distribuição de uniformes e acessórios de jogo em lojas (2000). Durante a temporada de 2002 a Reebok forneceu o uniforme de jogo para os 32 times da NFL e a produção de réplicas e acessórios para venda em loja.

Em 2001, a National Basketball Association (NBA) e a Reebok formaram uma aliança estratégica por dez anos onde a Reebok desenhará, produzirá com exclusividade os uniformes de jogo e réplicas da NBA, da Women´s National Basketball Association (WNBA) e da National Basketball Development League (NBDL) nos Estados Unidos da América.



A Symantec foi fundada em 1982 e ao longo dos anos tem adquirido diversas empresas. Suas atividades se concentram em segurança da internet e em redes para usuários domésticos e corporações, suas soluções são baseadas em software e aplicativos, com proteção de anti-vírus, análise de vulnerabilidades, deteção de intrusos, filtragem de conteúdo e de e-mail.Sua maior concorrente é a McAfee

A Symantec produz a linha de produtos Norton.

De acordo com o Relatório Symantec sobre Ameaças de Segurança na Internet Volume XIV – o Internet Security Threat Report – só em 2008 foram detectados pela Symantec mais de 1.6 milhões de novos códigos maliciosos. Esse montante equivale a mais de 60% do total de códigos identificados pela Symantec em todos os anos anteriores – uma resposta à rápida proliferação e crescimento do volume de novos ameaças utilizando códigos maliciosos. Essas identificações ajudaram a Symantec a bloquear cerca de 245 milhões de ataques por códigos maliciosos por mês durante 2008 em todo o mundo.



A Chevron, com sede nos Estados Unidos, é uma das grandes empresas mundiais do ramo energético, especialmente petrolífero.

História

Chevron foi uma das empresas resultantes da divisão da Standard Oil Company. Era inicialmente conhecida como Standard Oil California, ou Socal. Fez parte do grupo conhecido como sete irmãs: as sete maiores empresas petrolíferas do início do século 20. Hoje, faz parte do grupo conhecido como Supermajor, ou Big Oil.

Em 1933, Socal conseguiu concessão do governo da Arábia Saudita para procurar por petróleo no país. Em 1938, a empresa encontrou o que viria a maior reserva de petróleo do mundo. Sua subsidiária California-Arabian Standard Oil Company viria a evoluir para a empresa Arabian American Oil Company ou Aramco (atualmente, Saudi Aramco).

Em 2001, fundiu-se com a Texaco, mudando seu nome para ChevronTexaco. No maio de 2005, a empresa anunciou que retornaria a se chamar apenas Chevron.

Chevron é uma empresa do setor energético. Suas atividades incluem extração, e transporte de petróleo e gás natural; refinação de petróleo; produção e venda de produtos químicos e geração de energia.



Standard Oil Company (1870–1911) foi a maior companhia de seu tempo, produzindo, transportando e refinando petróleo.

Standard Oil Company (1870–1911) foi a maior companhia de seu tempo, produzindo, transportando e refinando petróleo.

Standard Oil começou em Ohio, em uma sociedade formada por John Davison Rockefeller, seu irmão, William Rockefeller, Henry Flagler, o químico Samuel Andrews e o silencioso Stephen V. Harkness.

A Standard Oil se beneficiou de economias de escala e se transformou na maior empresa de petróleo do mundo. Numerosos concorrentes foram absorvidos, a produção aumentou e os preços se tornaram competitivos. Inicialmente o petróleo era transportado nos comboios do magnata Cornelius Vanderbilt, que detinha as ações da maior empresa ferroviária dos E.U.A. Mais tarde foram construídos os primeiros oleodutos. A indústria do petróleo floresce e a Standard Oil torna-se a líder deste novo mercado, tornando-se um monopólio.

No início da década de 1880, a Standard Oil e suas dependentes controla cerca de 90% das refinarias americanas, hoje as suas sucessoras detêm de 86,9% dos poços de petróleo.

Este monopólio durou algumas décadas, até que em 1911 o tribunal supremo dos Estados Unidos decidiu pelo desmantelamento do monopólio e ordenar a criação de 34 novas empresas menores, das quais emergiram a Exxon, Chevron, Atlantic, Mobil e a Amoco mas continuando no controle das Empresas Rockefeller.



Blockbuster Inc. é uma rede de locadoras de filmes e video-games.

A Blockbuster Entertainment Company começou como Blockbuster Video em Dallas, Texas em 19 de Outubro de 1985 (23 anos). O fundador era um rapaz de 29 anos chamado David P. Cook. Cook fez o negócio crescer e o tornou público antes de passar a administração para Joe Mitchell, CEO, que rapidamente transformou o negócio em uma corporação bilionária. Foi vendida para a Viacom em 1994 por $8.4 bilhões de dólares. Nos anos noventa, a Blockbuster comprou a rival britânica Ritz Video. Em 1996, a Blockbuster Entertainment Corporation foi renomeada para simplesmente Blockbuster, Inc. e as lojas de varejo para Blockbuster.

A Blockbuster acumulou alguns prejuízos em anos recentes. Em Dezembro de 2004, anunciu a vontade de fazer um takeover da Hollywood Video, sua maior concorrente americana, mas o negócio não prosperou. O crescimento de serviços de alguel de filmes online como Netflix, NetMovies e recentemente o iTunes da Apple são um dos fatores apontados como causa dos recentes prejuízos.

Em Fevereiro de 2006, a empresa tinha um valor de mercado de quase $500 milhões de dólares.



A Lojas Americanas (LASA) é uma empresa brasileira do segmento de varejo.

História

A empresa foi fundada em 1929, pelos americanos John Lee, Glen Matson, James Marshall e Batson Borger que partiram dos Estados Unidos em direção a Buenos Aires com o objetivo de abrir uma loja no estilo Five and Ten Cents (lojas que vendiam mercadorias a 5 e 10 centavos, na moeda americana). A ideia era lançar uma loja com preços baixos, no modelo que já fazia sucesso nos Estados Unidos e na Europa no início do século. No navio em que viajavam, conheceram os brasileiros Aquino Sales e Max Landesman que os convidaram para conhecer o Rio de Janeiro.

Na visita ao Rio de Janeiro, os americanos perceberam que havia muitos funcionários públicos e militares com renda estável, porém com salários modestos, e a maioria das lojas não eram destinadas a esse público. As lojas existentes, em geral, vendiam mercadorias caras e especializadas, o que obrigava uma dona de casa ir a diferentes estabelecimentos para fazer as compras. Foi assim que decidiram que o Rio de Janeiro era a cidade perfeita para lançar o sonhado empreendimento – uma loja de preços baixos para atender àquela população “esquecida” e que vendesse vários tipos de mercadorias. Eles desejavam oferecer uma maior variedade de produtos a preços mais acessíveis.

Assim, no ano de 1929, inauguraram a 1ª Lojas Americanas, em Niterói (RJ), com o slogan “Nada além de 2 mil réis”.

Durante a primeira hora de funcionamento, nenhum cliente apareceu. O fracasso parecia iminente. No entanto, uma garotinha, após passar minutos olhando através da vidraça, entrou e comprou uma boneca. A Lojas Americanas conquistava, assim, seu primeiro cliente, dos muitos que viriam depois.

No final do primeiro ano, já eram quatro lojas: três no Rio e uma em São Paulo.

Em 1940, Lojas Americanas se tornou uma sociedade anônima, abrindo assim seu capital.

Em 1982, os principais acionistas do Grupo Garantia entraram na composição acionária de Lojas Americanas como controladores.

No 1° semestre de 1994, Lojas Americanas concretizou a formação de uma “joint venture” com o nome de Wal Mart Brasil S/A, com participação de 40% das Lojas Americanas S.A, e 60% por parte da Wal Mart Store Inc. na composição do capital.

Em dezembro de 1997, por decisão do Conselho de Administração da empresa, foi aprovada a venda total da participação de 40% na “joint venture” para o Wal Mart Inc. Essa decisão foi tomada após a conclusão de que seria necessário a total concentração de recursos no próprio negócio da companhia.

Em agosto de 1998, o Conselho de Administração aprovou a venda total da participação acionária das Lojas Americanas na empresa 5239 Comércio e Participações S.A, subsidiária que detinha o controle acionário de suas 23 lojas de supermercado, para a empresa francesa Comptoirs Modernes (pertencente ao Grupo Carrefour). A decisão pela saída do segmento supermercadista deveu-se ao processo de consolidação pelo qual passa este setor no Brasil com a entrada de grandes concorrentes internacionais, o que exigiria expressivos investimentos para a manutenção da posição de mercado da Companhia. Desta forma, a Lojas Americanas decidiu novamente focar em seu principal negócio: lojas de descontos.

Em julho de 1999, a companhia decidiu pela segregação de seu negócio imobiliário, tendo o seu capital social reduzido em R$ 493.387 mil, valor correspondente ao investimento possuído pela São Carlos Empreendimentos e Participações S.A.

No final do ano de 1999 a empresa iniciou a venda de mercadorias através da Internet criando a controlada indireta Americanas.com. Em 2000, a Americanas.com teve seu capital aumentado através da subscrição integral feita pelas empresas Chase Capital Partners, The Flatiron Fund, AIG Capital Partners, Next International, Global Bridge Ventures e Mercosul Internet S/A, que juntas subscreveram por US$ 40 milhões, ações correspondentes a uma participação final de 33% do capital social da Americanas.com.

O ano de 2003 teve como principal característica a aceleração do programa de expansão. Com o objetivo de expandir a rede de lojas, foram inauguradas 13 lojas convencionais, fortalecendo a presença da companhia em mercados importantes das regiões Sudeste e Sul do país. Duas outras lojas foram reformadas para possibilitar um melhor atendimento aos clientes. O conjunto de inaugurações contemplou também a abertura, no Rio de Janeiro, das três primeiras lojas "Americanas Express", concebidas segundo o "conceito de vizinhança". São lojas compactas, com sortimento selecionado, mas com os mesmos padrões de qualidade e preço que diferenciam a atuação de Lojas Americanas.

Em 2004, deram continuidade ao processo de expansão através da abertura de 35 lojas e da conclusão do novo Centro de Distribuição em Barueri, na grande São Paulo, visando suportar numa primeira fase, o crescimento orgânico da Cia. tanto das lojas físicas como de seu braço virtual.

O ano de 2005 foi um ano de importantes realizações para maximizar o valor de Lojas Americanas: foram inauguradas 37 novas lojas, foi adquirido o canal de TV e site de comércio eletrônico Shoptime e foi realizada uma joint venture com o Banco Itaú, criando a Financeira Americanas Itaú - FAI, ou Americanas Taií.

Em 2006, dando prosseguimento aos nossos Sonhos para a geração de valor de Lojas Americanas S.A., prosseguiram com a expansão orgânica inaugurando 45 novas lojas e criaram uma nova empresa, a B2W – Companhia Global do Varejo, produto da fusão Americanas.com e do Submarino.

Em janeiro de 2007, Lojas Americanas anunciou a aquisição da BWU – empresa detentora da marca BLOCKBUSTER® no Brasil – e somou mais 127 lojas à sua rede.



A Oi (antiga Telemar e Brasil Telecom) é uma concessionária de serviços de telecomunicações do Brasil.

Em 1998, o Ministério das Comunicações decidiu dividir a Telebrás em doze companhias: três holdings das concessionárias regionais de telefonia fixa, uma holding da operadora de longa distância e oito holdings das concessionárias da telefonia móvel Banda A. A maior delas era Tele Norte Leste S.A., transformada em Telemar em abril de 1999. O nome TELEMAR vem de TELE(Telefonia - O serviço que a empresa presta) e MAR(A região no qual a operadora atua, que é o litoral sudeste, nordeste e norte do Brasil).

A Telemar absorveu assim, indiretamente, as antigas empresas de telecomunicações dos estados em que opera: a TELERJ, a TELEMIG, a TELEST, a TELERGIPE, a TELASA, a TELPE, a TELPA, a TELERN, a TELECEARÁ, a TELEPISA, a TELMA, a TELEPARÁ, a TELAMAZON, a TELEAMAPÁ, a TELEIMA e a TELEBAHIA. A última deu origem a Telemar.

Em 2007 a mesma passou a adotar a marca Oi, assim como a sua empresa de telefonia celular, mas muitos ainda costumam a se referir à empresa como Telemar.



A Vale é produtora de minério de ferro e pelotas.

História

A história da Companhia Vale do Rio Doce, ou simplesmente Vale, está intimamente ligada à construção da Estrada de Ferro Vitória-Minas, durante a qual os engenheiros ingleses envolvidos em seu projeto tomaram conhecimento da existência de uma grande reserva de minério de ferro naquela região.

Vários grupos de investidores internacionais adquiriram extensas glebas de terra próximas a Itabira e, em 1909 se reuniram fundando o Brazilian Hematite Syndicate, um sindicato que visava explorá-las.

Em 1910, no XI Congresso Geológico e Mineralógico, realizado em Estocolmo, na Suécia essas reservas foram estimadas em 2 bilhões de toneladas métricas.

Em 1911 o empresário estadunidense Percival Farquhar adquiriu todas as ações do Brazilian Hematite Syndicate e mudou seu nome para Itabira Iron Ore Company.

Percival Farquhar fez planos para que a Itabira Iron Ore Co. exportasse 10 milhões de toneladas/ano de minério de ferro para os Estados Unidos, utilizando navios pertencentes a seu sindicato que, no retorno, trariam dos EUA carvão ao Brasil, tornando assim o frete mais econômico. Esse plano antecipava em mais de 40 anos um conceito revolucionário que, afinal, modificado e atualizado, viria a se tornar realidade, sob a direção de Eliezer Batista, na década de 1960, quando da inauguração do Porto de Tubarão.

Mas Percival Farquhar não logrou sucesso. Embora pudesse contar com a simpatia do presidente Epitácio Pessoa, que lhe deu uma concessão conhecida como Contrato de Itabira de 1920, Farquhar encontrou ferozes opositores a seu projeto, dentre eles o presidente do estado de Minas Gerais (então quase autônomo), Artur Bernardes, que depois se elegeria presidente da república.

Décadas de debates acalorados se seguiram - o país praticamente dividido entre os adeptos das duas posições - e o projeto de Farquhar não saía da prancheta.

Esse plano foi inviabilizado quando Getúlio Vargas assumiu o poder, à frente da revolução de 1930, e encampou as reservas de ferro que pertenciam a Farquhar, criando com elas, em 1942, a Companhia Vale do Rio Doce, como uma empresa estatal, para o que obteve o beneplácito dos Estados Unidos e da Inglaterra num tratado chamado de Acordos de Washington.

Após sua fundação, a Vale conseguiu ir, pouco a pouco, expandindo sua produção de minério de ferro, mas de forma ainda muito lenta.

O Brasil tinha grandes reservas do mineral, mas a demanda era reduzida. A Vale vivia praticamente só para fornecer matéria prima para as siderúrgicas nacionais, sendo a maior delas, então, a Companhia Siderúrgica Nacional.

No final dos anos 1950, a Vale era uma empresa acanhada que extraía cerca de 3 a 4 milhões de toneladas/ano, menos da metade do que planejara Farquhar em 1920. Isso representava um faturamento pequeno, dado o baixo valor econômico do mineral bruto.

Em 1961 entra em cena seu novo presidente, Eliezer Batista, "o engenheiro ferroviário que ligou a Vale ao resto do mundo". Percebendo a necessidade dos japoneses de expandir seu parque siderúrgico, grandemente danificado na segunda guerra, criou o conceito de distância econômica, o que permitiu à Vale entregar minério de ferro ao Japão - antípoda do Brasil - a preços competitivos com o das minas da Austrália, através do Porto de Tubarão.


Abrimos o mercado para um produto que podia valer pouco, mas a idéia era ganhar dinheiro com a "logística", transformando uma distância física (a rota Brasil-Japão-Brasil) numa "distância econômica" , (o valor para colocar o minério nas usinas japonesas), explica Eliezer.


Foram assinados, em 1962, contratos de exportação, válidos por 15 anos, com 11 siderúrgicas japonesas, num total de 5 milhões de toneladas/ano - quase que dobrando a produção da Vale.

Em 1962 a Vale produziu cerca de 8 milhões de toneladas de minério de ferro.

Com a criação da Docenave, em 1962, e com a inauguração do Porto de Tubarão, em 1966, a Vale entrou numa nova fase - de crescimento vertiginoso - com sua produção passando de 10 milhões de toneladas/ano em 1966 para 18 milhões em 1970 e atingindo a incrível marca de 56 milhões de toneladas/ano em 1974, ano em que a então estatal assumiu a liderança mundial na exportação de minério de ferro, a qual nunca mais perdeu.

A Docenave, empresa de navegação da Vale, criada em 1962 para levar parte do minério (40%) ao Japão, chegou a ser a terceira maior empresa de navegação graneleira do mundo.

Em 1979, quando tomou posse como presidente da república, o general João Batista Figueiredo trouxe Eliezer Batista de volta à presidênca da Vale. Eliezer estava, desde o golpe militar de 1964, numa espécie de "exílio branco" na Europa, por ter sido ministro de João Goulart.

Eliezer, após duras e complexas negociações, conseguiu tornar a Vale, (que era minoritária, com uma participação de 49,75%), a sócia majoritária do complexo Carajás que fora descoberto, na década de 1970, pela U.S. Steel.

Situado na Serra dos Carajás, é uma grande província mineralógica que contém a maior reserva mundial de minério de ferro de alto teor, além de grandes reservas de manganês, cobre, ouro e minérios raros.

Para a realização desse projeto, foi criada uma grande infra-estrutura, que inclui a Usina hidrelétrica de Tucuruí, uma das maiores do mundo, a Estrada de Ferro Carajás-Itaqui e o Porto de Ponta da Madeira, localizado em Itaqui, (MA).

O projeto Grande Carajás entrou em operação em 1985, o que permitiu à Vale bater novo recorde na extração de minério de ferro, em 1989, com 108 milhões de toneladas métricas.

Quando foi privatizada, em 1997, a Vale produzia 114 milhões de toneladas/ano, nível que se manteve praticamente estável nos dois anos subsequentes à privatização, para subir acentuadamente em 2000 - quando da incorporação à Vale da Samitri, Socoimex e da participação na GICC. Devido a essas incorporações, torna-se mais difícil a comparação direta dos números de produção, de 2000 em diante, com os anteriores. Logo após a privatização, entretanto, os lucros da empresa aumentaram consideravelmente.

Em 2002 a Vale incorporou a Ferteco e, em 2003, a Caemi.

Em 2005, sua produção de minério de ferro - que engloba a produção da Samitri e de todas as suas incorporadas a partir de 2000 - se elevou a 255 milhões de toneladas, sendo 58 milhões destinadas às siderúrgicas brasileiras e 197 milhões destinadas à exportação.



A Vivo S.A. é uma operadora de telefonia móvel do Brasil.

História

A Vivo atua no mercado brasileiro desde 2003, quando foi finalizada a junção das operadoras de celular das empresas Celular CRT Participações S/A, Tele Leste Celular Participações S/A, Tele Centro-Oeste Celular Participações S/A (que também detinha o controle da Norte Brasil Telecom S/A), Tele Sudeste Celular Participações S/A, Telesp Celular Participações S/A, Global Telecom S/A e Telemig Celular Participações S/A e com investimentos da Telefonica da Espanha e da Portugal Telecom, de Portugal.

O símbolo da empresa é um boneco semi-transparente sem expressão facial ou detalhe e que varia nas cores Azul, Verde, Vermelho, Laranja e Púrpura, cada uma representando uma das empresas da junção que deu origem à Vivo.

A Vivo atua em todos os estados do país, tendo cobertura nacional, inclusive no nordeste onde terminou sua implantação de rede em 2009. Segundo estimativa da Anatel, a Vivo é responsável por 29,74% do mercado de celulares no país. Somada a área de cobertura da operadora, 92% do território brasileiro é atendido pela Vivo.



A Eletrobrás - Centrais Elétricas Brasileiras S.A. é uma empresa de economia mista e de capital aberto.

História

A Eletrobrás foi proposta em 1954 pelo então presidente Getúlio Vargas, como parte do polêmico governo ultranacionalista de Vargas. O projeto enfrentou intensa oposição no Congresso Nacional sendo somente aprovado após sete anos, já no governo de João Goulart. A empresa recebeu a atribuição de realizar pesquisas e projetos de usinas geradoras assim como linhas de transmissão e subestações, suprindo assim a crescente demanda de energia elétrica enfrentada pelo Brasil.

Desempenhou um papel fundamental para o desenvolvimento da economia brasileira já no ano de 1963, um ano após sua criação, quando entrou em operação a primeira unidade da Usina de Furnas (MG), evitando assim o colapso então iminente do fornecimento de energia aos parques industriais dos estados da Guanabara, São Paulo e Minas Gerais.

O Regime Militar, com sua tendência ao centralismo, contribuiu para uma maior auto-afirmação da Eletrobrás como agência planejadora e financiadora, além de holding de outras empresas federais. A tendência neoliberal de privatizações e algumas alterações constitucionais acarretaram em uma mudança de perfil da empresa, na qual acaba perdendo algumas funções.

Em 2004 a Eletrobrás não foi incluída no PND (Programa Nacional de Desestatização), permanecendo uma empresa estatal.



A Light, é uma empresa privada de geração, comercialização e distribuição de energia elétrica.

História

Os primeiros passos da Light começam em 7 de abril de 1899, em Toronto, no Canadá, onde foi fundada a São Paulo Tramway, Light and Power Company, que em 17 de julho do mesmo ano, foi autorizada, por decreto do presidente Campos Sales, a atuar no Brasil. Sua atuação em São Paulo começou no mesmo ano, através da construção da Usina Hidrelétrica Parnaíba, concluída em 1901, posteriormente passando a operar os serviços de geração e distribuição de energia elétrica e bondes elétricos do município de São Paulo.

A partir do sucesso da operação paulista, no dia 9 de junho de 1904, os mesmos sócios canadenses criam no Canadá a The Rio de Janeiro Tramway, Light and Power, o primeiro nome da Light no Rio de Janeiro, que recebeu autorização governamental para funcionar no Rio de Janeiro em 30 de maio de 1905. Nesse mesmo ano a The Rio de Janeiro Tramway, Light and Power adquiriu o controle acionário da concessionária de iluminação a gás, a empresa belga Société Anonyme du Gás de Rio de Janeiro, serviço que foi controlado pela Light até 1969, quando foi transferido para o governo estadual.

Em 1905, o Brasil ainda não era um país industrializado e a Light dava início à construção da então maior e mais moderna usina hidrelétrica do país, a Usina de Fontes, situada no município de Piraí, no estado do Rio de Janeiro. Nas décadas seguintes, conforme o Rio de Janeiro crescia, entraram em operação outras usinas: Ilha dos Pombos (1924), de Fontes Nova (1940), Santa Cecília (1952), Vigário (1952), Nilo Peçanha (1953) e Pereira Passos (1962).

Em 1907, a Light adquiriu e unificou diversas companhias de bondes e carris urbanos que funcionavam na cidade, controlando o serviço até 1963, alargando a zona urbana do Rio de Janeiro, contribuíndo para o surgimento de vários bairros como Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon. Além dos bondes, em 1918 investiu no ônibus elétrico que percorria a avenida Rio Branco e circulou até 1927. Um ano antes, criou a Viação Excelcior, os modernos ônibus com cigarra e cobrador. Em 1928, surge o Imperial, ônibus de dois andares, logo apelidado de "chope duplo" pelo carioca, que utilizou a condução até 1948.

A Light adquiriu ainda, de um consórcio alemão, a concessão do serviço telefônico, passando a controlar as comunicações nas duas principais cidades do país, Rio de Janeiro e São Paulo, quando em 1966 passa o serviço para o governo federal.

A partir de 1912, a The Rio de Janeiro Tramway, Light and Power passa a ser controlada pela holding também canadense Brazilian Traction Light and Power Co. Ltd. - Batraco, que também se transforma em controladora da Light de São Paulo.

Ao longo de quase 50 anos a vida e a aparência da cidade do Rio de Janeiro foi modificada pela empresa, que substituiu o bonde puxado a burro pelo elétrico, o lampião a gás pela luz elétrica, o fogão a lenha pelo gás canalizado, o mensageiro pelo telefone.



A Caixa Econômica Federal (CEF) é uma empresa pública do governo federal brasileiro. Conta em caráter excepcional com serviços bancários autorizados pelo Conselho Monetário Nacional.

Foi criada em 12 de janeiro de 1861 (148 anos) por Dom Pedro II com o nome Caixa Econômica e Monte de Socorro. Seu propósito era incentivar a poupança e conceder empréstimos sob penhor, com a garantia do governo imperial. Esta característica diferenciava a instituição de outras da época, que agiam no mercado sem dar segurança aos depositantes ou que cobravam juros excessivos dos devedores. Deste modo, a Caixa rapidamente passou a ser procurada pelas camadas sociais mais populares, incluindo os escravos, que podiam economizar para suas cartas de alforria. Assim, desde o início, a empresa estabeleceu seu foco no social.



A Colgate-Palmolive Company é uma empresa multinacional de origem estadunidense. Atua na área de produtos de higiene e limpeza.

Foi fundada em 1806, em Nova York, por William Colgate, com o nome de Colgate Company, sendo pioneira na produção de pasta de dentes (dentifrício) em tubos.

Posteriormente, a empresa fundiu-se com a fabricante de sabões Palmolive.



AOL, anteriormente America Online, é um provedor de Internet corporativo e provedor de serviços Internet estadunidense.

História

A AOL iniciou suas atividades, como uma aventura chamada "Control Video", uma empresa cujo produto era um serviço Online chamado Gameline para o videogame Atari 2700. Os assinantes compravam um modem da empresa por US$49,95 e pagavam uma taxa de instalação de US$15,00. A Gameline permitia então aos assinantes, fazer download temporário de jogos e manter estatísticas de pontuação a um custo de aproximadamente US$1,00 por hora.

Em 1983 com empresa praticamente falida, um especialista em video game chamado Steve Case assume o comando da empresa.

Case muda a estratégia da empresa e em 1985 lança uma espécie de mega-BBS para computadores comodore 64 e 128, originalmente chamado de Quantum Link ("Q-Link"). Ele também alterou o nome da empresa para "Quantum Computer Services". Em outubro de 1989, a Quantum lançou seu serviço AOL para computadores Apple II e Macintosh, e em fevereiro de 1991 o serviço para maquinas DOS. Em outubro de 1991, mudaria o nome de Quantum para "America Online". Estas mudanças iniciaram um tremendo incremento no número de serviços de BBS pagos, o mesmo ocorrendo com seus competidores na época Prodigy e Compuserve.

No início da década de 1990, AOL foi uma das primeiras empresas provedoras de serviços a darem aos seus clientes, acesso a Internet fora das Universidades e da área militar. Eles também enfatizavam o uso de uma interface gráfica com o usuário relativamente fácil de utilizar. Desta forma, foram primeiramente associados aos novos usuários, que desconheciam as regras de Etiqueta na Internet, que entraram Online neste período.

AOL manteve uma estratégia de marketing massiva, enviando disquetes e CD-ROMs para mais de 100 milhões de casas, que permitiu um grande crescimento e ajudou os a dominar o segmento Online. Como reação a política de marketing, em agosto de 2001, foi lançada uma campanha "Não mais AOL CD-ROMs". A estratégia da campanha era de coletar um milhão de CD-ROMs da AOL e envia-los de volta a companhia em um comboio de caminhões. Um membro da AOL, que não entendeu o ponto da campanha, prometeu enviar uma grande quantidade de CDs da AOL quando estivessem perto da marca de um milhão. Outros utilizavam os discos como colecionáveis pois tinham uma infinidade de motivos gráficos.

No final da década de 1990 e início de 2000, a AOL inicia suas aquisições.

Em 2000, a AOL se juntou a Time Warner.

Em março de 2004, amplamente convencidos de que a junção foi um erro caro para a nova empresa, ficou acordado que a Time Warner mantivesse discussões com a Microsoft em transferir sua divisão AOL. De acordo com o jornal New York Post, o possível acordo incluiria o pagamento por parte da Microsoft da compra da AOL e ainda assumiria suas dívidas, assim como um investimento pela Microsoft na Time Warner Cable (divisão de TV a cabo da Time Warner). Nenhuma das empresas confirmam qualquer tratativa a respeito, mas os jornais afirma que existem poucos obstáculos para que a Microsoft assuma o controle da AOL. (New York Post 19 de março de 2004).



Bridgestone é um conglomerado japonês da indústria da borracha. É a maior fabricante de pneus do mundo. Fundada na cidade de Kurume em 1931, a Bridgestone inicialmente dedicava-se a abastecer a máquina de guerra do Japão na Segunda Guerra Mundial. Com o fim do conflito, a companhia cresceu e se expandiu internacionalmente, abrindo sua primeira fábrica fora do Japão em Singapura, no ano de 1965.

Em 1988 a companhia assumiu o controle da Firestone, então a segunda maior dos Estados Unidos. Atualmente, a Bridgestone é líder no mercado de pneus - suas maiores concorrentes são a estadunidense Goodyear e a francesa Michelin. A Bridgestone tem suas ações negociadas na Bolsa de Valores de Tóquio.

Além da produção de pneus, a Bridgestone atua ainda no ramo esportivo, com a fabricação de bicicletas (desde 1949) e de equipamentos de golfe (desde 1935).



Calçados Azaléia S.A é uma empresa fabricante de calçados.

Foi fundada no dia 2 de dezembro de 1958, a partir de uma idéia de Arnaldo Luís de Paula, Nelson Lauck e Arnildo Lauck. A empresa nasceu com o nome de Berlitz, Lauck e Cia. Ltda., produzindo dez pares de calçados femininos ao final do primeiro dia. No início, a empresa instalou-se em um barracão de madeira alugado, antiga cancha de bolão desativada, contando com o trabalho dos sócios e suas esposas.



A Pioneer é uma empresa de produtos eletrônicos.

História

Em 1937, o fundador da Pioneer, Nozomu Matsumoto, desenvolveu com sucesso o alto-falante dinâmico chamado de A-8. Um ano depois, a percurssora da Pioneer, chamada de Fukuin Shokai Denki Seisakusho, foi fundada em Tóquio, Japão. Somente em 1961, o nome da companhia passou a ser Pioneer Electronic Corporation. No ano seguinte, ela introduziu o primeiro sistema estéreo separado do mundo.

Em 1975, a empresa lançou o primeiro car stereo por componente do mundo. Dois anos depois, introduziu o primeiro sistema de TV a cabo bidirecional acessível nos Estados Unidos. Em 1979, a Pioneer introduziu o LD player de uso industrial. O Karaokê LD para uso comerciável foi lançado três anos depois, bem como o CD player. Em 1984, introduziu a primeira combinação de LD player compatível com Cds e Lds do mundo.

Na década de 1990, introduziu o primeiro sistema de navegação por GPS baseado em CD do mundo; o primeiro changer 4X CD-ROM; o DVD/CD player; o primeiro DVD/LD/CD player compatível para uso doméstico; o primeiro sistema de navegação por GPS baseado em DVD do mundo; o primeiro drive gravador de DVD do mundo; o primeiro som automotivo para carros equipado com OEL do mundo; o primeiro sistema de navegação por GPS baseado em DVD que incorpora um disco de DVD 8.5 GB; e lança um novo logotipo. No fim da década, introduziu o primeiro gravador de DVD compatível com o formato DVD/RW do mundo.

Em 2001, lançou o sistema de navegação GPS para carros baseado em HDD e lança o slogan da marca global "sound.vision.soul". No ano seguinte, introduziu um gravador de DVD com disco rígido. Em 2003, a venda total de drives gravadores de DVD para uso em PC superou os 5 milhões de unidades. Em 2004, introduziu o primeiro DVD player para uso profissional do mundo, para DJ e VJ, aquisição da divisão de Plasma da empresa NEC é completada e se torna Pionner Plasma Display.



A Pirelli Spa é uma empresa italiana dentro dos setores de beneficiamento da borracha (pneumáticos, roupas), imobiliário (com a Pirelli Real Estate).

História

Fundado em Milão, na Itália, em 1872, pelo engenheiro Giovanni Battista Pirelli, o Grupo Pirelli possui uma longa tradição industrial e está hierarquicamente colocado entre os líderes mundiais nos setores em que participa. Com mais de um século de atuação, a Pirelli se tornou uma verdadeira multinacional, firmemente arraigada em diversos mercados do mundo.

A força competitiva do Grupo Pirelli está fundamentada nos alicerces da capacidade tecnológica e de pesquisas, além da qualidade e know-how profissional de seus recursos humanos. A contínua atenção dada a seus clientes levou a Pirelli a consagrar-se pela produção de bens de alta tecnologia e vanguarda, valores identificados com sucesso em todas as bases internacionais da empresa de origem italiana. Inovação e pesquisa são as premissas da marca Pirelli.

Sempre inovando, a Pirelli possui sistema de gerenciamento online integrado, que envolve diversos níveis do negócio, entre eles suprimentos, produção, distribuição e até mesmo vendas. Esta visão panorâmica do negócio permite a criação eficaz de valores. A ênfase na inovação permitiu também o desenvolvimento de novos empreendimentos na área imobiliária, na qual a Pirelli capitaneou grandes iniciativas de desenvolvimento, e no gerenciamento e incremento de valor das propriedades.

Toda esta inovação, novos empreendimentos, novos produtos e gerenciamentos são sempre realizados tendo como preocupação a qualidade de vida, o meio ambiente e o impacto social das ações. A renomada excelência internacional do Grupo representa um compromisso prioritário e sistemático da direção da Empresa. O estilo gerencial do Grupo Pirelli reflete o equilíbrio entre o ser humano e a equipe, a responsabilidade e trabalho pessoal com uma estratégia única firmada por todos. Desde 1964, a empresa é responsável pela produção do tradicional Calendário Pirelli, as mais belas mulheres ilustram o famoso calendário nos pontos mais deslumbrantes do mundo.



A Renault S.A. é um fabricante francês de veículos.

História

O grupo Renault foi fundado em 1898 pelo industrial francês Louis Renault, seus irmãos Marcel e Fernand e seus amigos Thomas Evert e Julian Wyer, pioneiros da indústria automobilística e introdutores do taylorismo como forma de organização do trabalho na França. Os irmãos rapidamente perceberam a publicidade que poderiam atrair pela participação dos seus veículos em competições automobilísticas, e alcançaram rápido sucesso e reconhecimento nas primeiras corridas de cidade a cidade na França. Tanto Louis quanto Marcel Renault competiram com modelos de sua fábrica, porém Marcel morreu em um acidente de carro durante uma corrida de Paris a Madrid em 1903. Além dele, outros 15 competidores foram vítimas de acidentes, obrigando os organizadores a cancelarem a corrida. Apesar de Louis Renault ter mais competido após isso, sua empresa continuou envolvida em competições incluindo a vitória de um Renault modelo AK 90 com cavalos de potência e foi o ganhador do primeiro Grande Prêmio (Grand Prix) em 1906. Em 1909, Louis toma o controle total da empresa após a morte de seu outro irmão, Fernand.

Durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), a Renault fabricou munição, aviões militares e veículos como o tanque de guerra Renault FT-17, Louis Renault chegou a ser homenageado pelas forças aliadas pela sua contribuição para a guerra com os seus veículos militares. Fabricou também veículos especiais para táxi. Após a guerra, a Renault tornou-se líder de mercado na França. Em 1918 inicia-se a construção de uma nova fábrica na cidade de Billancourt, deixando Louis com 85% das ações da empresa.

No período entre guerras, Louis Renault ampliou o escopo de sua empresa, produzindo máquinas agrícolas e industriais. Mas com a enorme demanda de encomendas de veículos, a Renault teve problemas de falta de estoque e de empregados, além de problemas na distribuição dos veículos. Todos esses fatores levaram Louis em 1920 a firmar um acordo entre a Renault e Louis Gustave Gueudet, um rico empresário frânces que ajudou a empresa na distribuição pelo país. A empresa avançou muito em 1920, e chegou a produzir 45.809 unidades de sete modelos de carros, eram eles: 6cavalos, 10cavalos, Monasix, 15cv, Vivasix, 18 á 24cavalos e 40 cavalos de potência. Em 1928 a Renault começa a exportar para o Reino Unido, mas diminui as exportações para os Estados Unidos por conta do alto custo de exportação e baixo volume de vendas em relação as marcas nacionais do país.

Durante a Segunda Guerra Mundial a forças armadas da Alemanha invadiram a França, adquiriram as fábricas de Louis Renault e utilizaram com a ajuda de Daimler-Benz para a produção de veículos militares para a Alemanha nazista. Por esse motivo, as forças inglesas bombardearam a fábrica da Renault em Billancourt em resposta a ocupação das tropas da Alemanha. Após a derrota alemã, Louis Renault foi preso durante a libertação da França em 1944 por "manter relações comerciais com inimigos" e acabou morrendo na prisão antes de preparar sua defesa. Seus ativos industriais foram confiscados pelo governo, e as fábricas da Renault se tornaram uma empresa pública também conhecida em francês por Régie Renault. Logo após a nacionalização, a Montadora lançou o modelo 4 cavalos de potência com motor na parte traseira que competiu com os modelos de maior sucesso na época, como Morris Minor e Volkswagen Fusca. Foram vendidas meio milhão de unidades, até a sua descontinuação em 1961. O modelo 4 CV usado em competições a fim de promover o carro, venceu duas vezes a corrida 24 horas de Le Mans.

O Renault Dauphine foi um trabalho da montadora Renault após o fim da produção de carros de 4 cavalos de potência. O modelo acabou fazendo tendo um grande desenpenho na Europa, o que resultou na expansão da área de importação, aumentando as vendas na África e na América do Norte. Nessa mesma época a Renault começou a produzir dois outros modelos de sucesso da indústria, o Renault 4 e Renault 8.

Em 1972 a Renault lançou o Renault 5, um carro popular que era um tentativa de conseguir sobreviver a crise do petróleo. Com este carro, a Renault ganhou um série de Rallys. Entre 1979 e 1987, a Renault teve maioria acionária na empresa American Motors Corporation (AMC), à qual foi vendida à Chrysler em março de 1987. Em abril de 1986 o governo da frança opôs-se à privatização da Renault. Porém, 10 anos depois, em 1996, a empresa foi parcialmente privatizada. Em 2 de janeiro de 2001, a montadora vendeu sua subdivisão de veículos industriais (Renault Véhicules Industriels) para a Volvo, que a rebatizou de Renault Caminhões em 2002.



A empresa Wella é especializada em produtos para cabelos (xampus, condicionadores, cremes de tratamento, alisantes e tinturas).

Foi fundada em 1880 por Franz Stroher, com sua sede em Darmstadt, Alemanha.



Sharp Corporation (シャープ株式会社, Shāpu Kabushiki-gaisha), é um fabricante japonês de electrónica fundado em 1912. Tem o nome de uma de primeiras invenções do seu fundador, a lapiseira Ever-Sharp, que foi inventada por Tokuji Hayakawa (早川徳次) em 1915.

Foi fundada em Tokyo mas depois que o negócio do lápis foi destruído pelo terremoto de Grande Kantō em 1923, a empresa modou para Osaka e começou a projectar os primeiros sistemas de rádio japoneses. Até hoje já fabricou vários tipos de produtos, por exemplo, Rádios, Televisores, Micro-ondas, Calculadoras, Fotocopiadoras, Leitores de DVD, Home cinemas.

Colaborou no fabrico do MSX, um computador que existiu na década de 1980, juntamente com outras empresas.

Fabricou também o primeiro telemóvel comercial com câmara integrada para o mercado japonês em Novembro de 2000 e desde aí fabrica telemóveis que em Portugal são vendidos em exclusivo pela Vodafone. O primeiro telemóvel vendido em foi o Sharp GX10.

Usa a marca Aquos nos televisores de ecrã plasma e LCD que fabrica.

As vendas líquidas para o ano 2003/2004 eram $16,8 bilhões. O empresa tinha 47.600 empregados em 31 de Agosto de 2005, de qual cerca de metade vive fora do Japão. Tem subsidiárias em 30 países e os seus produtos são distribuídos em 164 países. Muitas das suas subsidiárias regionais têm o nome "Sharp Electronics".

Patrocinou o clube de futebol Manchester United de 1982 até 2000, em um dos patrocínios mais longos e mais lucrativos negociados no futebol inglês. O logotipo tornou-se icónico entre 1982 e 2000 em que o clube de futebol inglês Manchester United o indicou em suas camisolas como parte do seu acordo de patrocínio. Porque muitos destes 18 anos eram parte de uma era dourada para o clube, com um declínio (coincidente) nas fortunas desde o momento em que a Vodafone se tormou no novo patrocinador da camisola em 2000, alguns fãs denominaram esse período — particularmente entre 1993–2000 — como The Sharp Years.



A Tramontina é uma empresa metalúrgica e de material elétrico brasileira. Fundada na cidade de Carlos Barbosa, região serrana do Rio Grande do Sul, em 1911, por Valentin Tramontina, que foi seu comandante por 28 anos, a empresa começou como uma pequena ferraria em 1911. Valentin era um colono artesão, filho de imigrantes italianos, e veio a Carlos Barbosa porque a ferrovia significava perspectiva de expansão. Em 1919, ano em que o fundador presta serviço militar no Tiro de Guerra 395, ele compra um terreno de 300 metros quadrados na Rua Amapá, construindo um prédio de madeira para abrigar a ferraria. Trabalham o fundador, o irmão Luiz e mais duas pessoas. Até 1930, a produção da ferraria era modesta. Valentin prestava serviços a empresas, entre elas, Arthur Renner, proprietário de uma refinaria de banha; fazia conserto em indústrias locais, ferrava cavalos e fabricava canivetes.

Nesta época, havia 5 empregados trabalhando na ferraria, e 6 trabalhando a domicílio. O aço necessário para fabricar as lâminas era obtido batendo-se molas de caminhão usadas. Recorria-se aos malhos instalados em rodas d’água existentes na região para forjar o aço. Somente em 1932 teve início a fabricação de algumas facas com cabo de chifre. Os modelos foram tirados de facas importadas que haviam sofrido danos durante um incêndio em um armazém de importador em Porto Alegre. Coube à Ferraria Tramontina o trabalho de recuperá-las.

Quando morreu seu fundador em 1939 a produção era artesanal e resumia-se a facas e canivetes feitos com cabo de chifre. A partir daí assume a ferraria dona Elisa Tramontina, esposa de Valentin, que desponta como uma empreendedora nata e arrojada. É ela que vai vender a produção nos mercados regionais e na capital. Durante a Segunda Guerra Mundial, caso não existisse a determinação e a coragem de Elisa, a ferraria teria sucumbido. Em 1944, a empresa compra a sua primeira prensa excêntrica. Antes, todas as lâminas eram cortadas manualmente com o auxílio de talhadeiras. Depois passaram a ser cortadas com o uso de estampos.

O ano de 1949 pode ser considerado um marco na história da empresa. Trata-se da data em que Ruy José Scomazzon, um jovem de apenas 20 anos, cursando a faculdade de Ciências Econômicas da PUC – Porto Alegre, começa a prestar assessoria à TRAMONTINA. Ruy, com espírito de liderança, implanta planos ambiciosos, enfatizando a organização em todos os setores. Inaugura-se uma nova etapa. O caráter artesanal dá lugar a uma produção manufatureira. Na década de 50, a empresa contava com 30 empregados e alguns representantes comissionados, espalhados pelo estado do Rio Grande do Sul. Nesta época, os canivetes representavam 90% do faturamento.

Em 1954, organiza-se a empresa V.a. Valentin Tramontina & Cia. Ltda., sendo sócios, Elisa e Ivo Tramontina, e Ruy J. Scomazzon. No ano seguinte tem início a laminação do aço. Antes o aço era obtido forjando-se pedaço por pedaço, em um malho. A laminação abriu imensas possibilidades de crescimento. As décadas de 60 e 70 são marcadas pela instalação de empresas do grupo em Garibaldi, Farroupilha e no estado da Bahia. Nestes anos a linha de produtos ganhou inúmeros itens como facas (cozinha, profissional, esportiva), canivetes, tesouras, espetos, talheres, utensílios de cozinha e panelas, formas e travessas antiaderentes de alumínio; materiais elétricos como interruptores e tomadas, além de uma vasta linha de ferramentas como martelos, chaves de boca, chaves de fenda, alicates, formões, plainas, serras, serrotes, entre outras.

A década de 80 foi de um enorme crescimento para empresa, tanto no mercado interno como externo, onde em 1986 inaugurou uma subsidiária na cidade de Houston no Texas. Nos anos seguintes a TRAMONTINA se tornou definitivamente um gigante em seu setor, ampliando ainda mais sua linha de produtos e ingressando em muitos mercados mundiais como a Alemanha (1993), Chile (2000), Dubai (2004) e Peru (2005). Neste novo milênio a TRAMONTINA também decidiu que tinha chegado a hora de ir além da cozinha. A ordem partiu de Clóvis Tramontina, neto de Valentim e principal responsável pelas maiores mudanças da empresa nos últimos anos. A grande tacada do empresário foi aproveitar uma simples fábrica de cabos de madeira que revestem talheres para ingressar no mercado de móveis. Cadeiras e mesas com a marca TRAMONTINA começaram a aparecer nas lojas. O mesmo aconteceu com a unidade que fazia cabos de plástico: foi ampliada para fabricar móveis para piscina.

Em 2007, a empresa lançou uma coleção de panelas em aço inoxidável denominada “Linha Tropical”, com a bandeira do Brasil nas embalagens de cinco unidades e preço ao consumidor padronizado.



Brastemp era uma empresa com sede no Brasil, fabricante de eletrodomésticos da linha branca criada no ano de 1954 em São Bernardo do Campo, pelo Grupo Brasmotor.

Em 1994 a Brastemp e a Consul fusionaram-se para formar a empresa Multibrás que foi adquirida em 2000 pelo grupo estadunidense Whirlpool Corporation, maior fabricante de eletrodomésticos do mundo e com vendas anuais de mais de US$ 19 bilhões.

O slogan da campanha publicitária "Não é, assim, uma BRASTEMP..." transformou-se em uma expressão utilizada para situações que não são as melhores possíveis.



Arcor é uma corporação multinacional da Argentina, cujas atividades se concentram no setor alimentício.

Foi fundada em 5 de julho de 1951 na cidade de Arroyito, na província de Córdoba.



Gradiente é uma empresa brasileira de eletroeletrônicos.

A empresa, fundada em 1964 no bairro Pinheiros em São Paulo, cresceu fortemente durante a década de 1970 devido principalmente a três fatores:

- a proibição da importação de equipamentos eletrônicos;

- o crescimento econômico brasileiro conhecido como milagre econômico;

- a implantação do pólo manufatureiro da Zona Franca de Manaus.

De uma uma fábrica de pequeno porte, a Gradiente transformou-se de em um poderoso grupo do setor de eletroeletrônicos.



Robert Bosch GmbH (conhecida apenas por Bosch) é uma empresa alemã que fabrica produtos automotivos, eletrodomésticos, ferramentas elétricas, sistemas de segurança etc.

No primeiro andar de um modesto prédio na rua Rotebühlstrasse 75B na cidade de Stuttgart na Alemanha, Robert Bosch, um hábil inventor, abriu sua oficina de engenharia elétrica e precisão em 15 de novembro de 1886. Era o início de um dos maiores grupos privados do planeta. Inicialmente a empresa era apenas uma pequena oficina de consertos e recuperação de aparelhos elétricos e mecânicos. Apesar disso, no ano seguinte, construiu a primeira ignição magnética por encomenda de um produtor de máquinas. No mesmo ano testou-a num triciclo. Aliás, o inventor que daria uma contribuição decisiva para o desenvolvimento do automóvel, era um grande fã da bicicleta, que usava para atender melhor e mais rapidamente seus clientes levando seus produtos para amostra. Dez anos depois a ignição magnética foi testada pela primeira vez em automóveis.

Foi só em 1901 que Bosch pôde comprar um prédio em Stuttgart onde abriu sua primeira fábrica, com 45 funcionários. Após o desenvolvimento da ignição com alta tensão em 1902, o mecanismo difundiu-se mundialmente com grande velocidade. No ano seguinte desenvolveu a ignição magnética de alta voltagem. Em 1904, Camille Jenatzy venceu uma corrida na Irlanda com seu Mercedez-Benz equipado com uma ignição magnética BOSCH de baixa voltagem, dando início a uma estrita relação da BOSCH com as corridas automobilísticas. Foi neste mesmo ano que a empresa produziu seu primeiro produto para uso doméstico: o aspirador de pó. Em 1906, veio a primeira representação nos Estados Unidos (Nova York) da BOSCH Magneto Company. A primeira fábrica da BOSCH foi inaugurada na cidade de Springfield, estado americano de Massachusetts, no ano de 1910.

Pouco depois, em 1913, a BOSCH foi o fornecedor da indústria automobilística a produzir um sistema elétrico completo, com ignição, velas, faróis, dínamo e circuito regulador. Na década de 20 a BOSCH inicia um forte período de expansão pela Europa inaugurando muitas subsidiárias, como em 1924, na cidade de Estocolmo na Suécia. No início da década de 30 a BOSCH surpreendeu os consumidores ao introduzir o primeiro refrigerador doméstico, ingressando no mercado de utensílios para casa, no qual se tornaria uma das líderes mundiais. O fundador da empresa morreu em 12 de março de 1942, em plena Segunda Guerra Mundial. Durante o conflito a BOSCH, juntamente com outras grandes empresas alemãs como a Volkswagen, Basf, Bayer, ThyssenKrupp, Porsche, admitiu ter utilizado trabalho escravo para a produção de autopeças durante o regime nazista.

No início da década de 50, a empresa Gutbrod introduziu um automóvel de pequeno porte no mercado europeu, sendo o primeiro equipado com injeção de combustível produzido pela BOSCH. Nos anos seguintes a BOSCH ampliou sua linha de produtos eletrodomésticos com o lançamento do Neuzeit (1952), predecessor dos atuais processadores de comidas; do primeiro Freezer (1956); da máquina de lavar (1958); da máquina de lavar louça (1964); e da a lavadora e secadora em uma única peça (1967). Em 1997, a BOSCH adquiriu a empresa americana Skil, produtora de ferramentas elétricas, fundada em 1924 em Chicago, e pioneira na invenção da serra circular, do interruptor de velocidade variável e da parafusadeira a bateria.



Tupperware é o nome de uma empresa estadunidense da indústria dos plásticos e, simultaneamente, o nome do produto plástico produzido e vendido pela empresa, especialmente recipientes para utilização na conservação e preparação de alimentos. A Tupperware foi fundada por Earl Tupper, inventor e químico.

A empresa está na origem de uma estratégia de marketing e forma de venda original: a demonstração e venda ao domicílio.



Gerdau é o grupo siderúrgico produtor de aços longos.

História

O grupo Gerdau nasceu da visão empresarial e da capacidade de trabalho de Johann Heinrich Kaspar Gerdau, ou, simplesmente, João Gerdau. Natural de Altona (Alemanha), emigrou para o Sul do Brasil em 1869, desembarcando no Porto de Rio Grande ainda jovem. Instalou-se na Colônia de Santo Ângelo (atual cidade de Agudo, estado do Rio Grande do Sul), onde inicialmente investiu no comércio, transporte e loteamento de terras. Mais tarde, em 1884, fundou uma casa comercial em Cachoeira do Sul. Em busca de novas oportunidades, João Gerdau mudou-se com a esposa Alvine Gerdau e os três filhos, Hugo, Walter e Bertha, para capital do Estado.

Em Porto Alegre, comprou a Fábrica de Pregos Pontas de Paris, em 1901, marco da origem do Grupo Gerdau. Em seguida o negócio passou a ser administrado pelo filho Hugo. Com a abundante produção de pregos, o Rio Grande do Sul deixava de depender da importação. Em 1933 a Fábrica de Pregos expandiu a produção com a construção de uma nova unidade, em Passo Fundo, no interior do Estado.

Em 1946, Curt Johannpeter, genro de Hugo, assumiu a direção da Gerdau e comandou uma fase decisiva de expansão dos negócios. Dois anos após a sua entrada, a Fábrica de Pregos Hugo Gerdau (sucessora da Fábrica de Pregos Pontas de Paris) comprou a Siderúrgica Riograndense e o grupo iniciou sua bem sucedida trajetória na siderurgia. A direção de Curt nos negócios foi decisiva na modernização e impulso profissional. Trouxe para a Gerdau os valores familiares, mostrando que o respeito às pessoas é um dos fatores essenciais para o sucesso de uma organização. Seu talento para os negócios, aliado à tradição empreendedora foram os ingredientes para a busca incessante da satisfação dos clientes e do sucesso empresarial.



A história da empresa e do Requeijão CATUPIRY começou pelas mãos do casal de imigrantes italianos Mário e Isaíra Silvestrini, em 1911, na estância hidromineral de Lambari no estado de Minas Gerais, quando eles iniciaram o processo industrial do produto. Na língua indígena brasileira (tupi-guarani), o nome Catupiry significa excelente. E era essa excelência que a Laticínios Catupiry queria proporcionar com o seu produto. A célebre caixinha redonda, de madeira, é dessa época, com rótulo nas cores vermelho, azul e branco. Sua forma está associada aos queijos, mas seu acondicionamento primário, em celofane, foi feito sob medida, para envolver o requeijão pela base e lateral, tendo no topo uma tampa do mesmo material.

Em 1922, já industrializado na cidade de São Lourenço, o Requeijão CATUPIRY ganhou seu primeiro prêmio: medalha de ouro na Exposição Internacional de Alimentos do Rio de Janeiro. Inicialmente era consumido puro, com pães, torradas e sobremesa. Mas, por ser um produto versátil e ter baixo teor de acidez, logo se tornou um ingrediente indispensável para inúmeros pratos como massas, peixes, aves, e despertou a criatividade das donas de casa e chefs brasileiros, gerando uma infinidade de receitas culinárias. Dessa maneira, surgiu a expressão “ao Catupiry” nos grandes restaurantes. Em agosto de 1936, a marca foi registrada sob o número 47449. A industrialização do produto, que havia começado em São Lourenço, Minas Gerais, passou a ser feita em São Paulo somente em 1949.

Da cozinha doméstica à cozinha profissional e industrial foi um pulo. A empresa concedeu, para alguns fabricantes de congelados e pizzas o direito de imprimir o logotipo da marca nos rótulos das embalagens, como garantia de qualidade. Ao literalmente invadir a tradição italiana no Brasil, o produto deu origem à famosa Pizza de Catupiry. Com isso o consumo do CATUPIRY explodiu no país. Na década de 1970 o CATUPIRY sofreu mudanças na sua fabricação, perdendo um pouco de sua cremosidade. Nesta época, a tradicional embalagem de madeira era uma de suas marcas mais fortes junto ao seu público consumidor. Já na década de 90 a embalagem passou a ser de plástico (polipropileno) e apareceram as bisnagas e os baldes de um galão vendidos às pizzarias.

CATUPIRY recebeu, em abril de 1997, mais um título a consagração pública de sua inigualável qualidade, através do reconhecimento oficial de Marca Notória pelo INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). Isso quer dizer que não pode ser reproduzida ou imitada e, tampouco ser usada em qualquer atividade industrial, comercial ou de serviços, sem que haja uma autorização expressa da empresa. O Requeijão CATUPIRY, sempre pioneiro no seu segmento, atravessou fronteiras e iniciou suas exportações em 2005 para mercados reconhecidamente exigentes como os Estados Unidos e Japão.



Bozzano é uma marca de cosméticos dedicados ao público masculino, popular no mercado brasileiro.

Durante muitos anos deteve-se apenas na produção de produtos destinados ao barbear, com exceção de lâminas, nicho estreado em 2007 enquanto ainda pertencia à Revlon. A empresa Hypermarcas S.A. adquiriu a Bozzano em julho de 2008 por 104 milhões de dólares, dentre outras marcas da Revlon no Brasil.

No ano de 2008 a marca passou por uma profunda renovação de identidade que permitiu foca-la com maior amplitude em diversos nichos do mercado de cosméticos masculinos no Brasil e na América Latina.



Revlon é um empresa norte-americana da indústria de cosméticos.

A empresa foi fundada logo após o período da Grande Depressão (1929), por Charles Revson e seu imrão Joseph Revson, juntamente com o químico Charles Lachman, que contribuiu com a letra L do nome da empresa.



Ferrero é uma empresa italiana fundada em 1946 na cidade de Alba pelo confeiteiro Pietro Ferrero. Focada na linha de achocolatados.

Ferrero estabeleceu-se no Brasil em 1994, introduzindo o produto Kinder Ovo.

A marca registrada Ferrero é a marca guarda-chuva da linha de produtos que é composta no Brasil por: Ferrero Rocher, Ferrero Deluxe, Kinder Chocolate, Kinder Bueno, Kinder Ovo, Nutella e Tic Tac.



Sendas é um supermercado do Brasil. Um pequeno armazém em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, foi o pontapé inicial para a criação de uma das maiores redes de supermercados do País. Era o Armazém Trasmontano, fundado pelo comendador português Manoel Antônio Sendas no início dos anos 20. Após sua morte, em 1951, seu filho Arthur Sendas, com 16 anos à época, assumia a administração do negócio e abriu uma filial já com a bandeira Casas Sendas. Essa primeira filial foi inaugurada em 16 de fevereiro de 1960 na cidade de São João de Meriti, estado do Rio de Janeiro no bairro de São Mateus. Em 2008 possuia 80 lojas.



Capcom é uma empresa japonesa de desenvolvimento de jogos para videogame.

História

Os primeiros jogos para arcade lançados pela companhia foram scrolling shooters: 1942 (posteriormente lançado para MSX2 e NES) e Vulgus, lançados em 1984. A empresa é dona de uma imensa lista de jogos, entre eles algumas das franquias mais bem sucedidas da história como a série de luta Street Fighter, o jogo de plataforma MegaMan e a série de horror Resident Evil. Street Fighter foi lançado em 1987 (para arcades e PC Engine CD) mas virou sensação em 1991 com o lançamento do segundo jogo da série para arcades. MegaMan, Rockman no Japão, é uma das séries de maior sucesso e junto com Super Mario da Nintendo definiu o formato para jogos de plataforma. Resident Evil, Biohazard no Japão, foi lançado em 1996 para o console PlayStation da Sony. A série de jogos deu origem a três filmes de ação lançados por Hollywood. Street fighter deu origem a um filme (que não fez muito sucesso por não seguir o enredo do jogo) um longa animado e uma série em anime. O mascote original da Capcom é o Captain Commando, um super herói que veste uma armadura futurista de origem desconhecida. O nome do personagem forma a palavra CapCom e sua primeira aparição foi no jogo Section Z para o console NES da Nintendo. Captain Commando também aparece na série de jogos de luta Marvel vs Capcom. Com o passar dos anos a CapCom resolveu dar o posto de mascote oficial da companhia para o super popular MegaMan.



Lexmark é uma fabricante de impressoras e multifuncionais.

A Lexmark International foi fundada em março de 1991, quando a empresa de investimentos Clayton, Dubiler & Rice, Inc. adquiriu a área de Produtos de Impressão da IBM. A companhia conseguiu, desde então, uma transição de sucesso e se transformou numa empresa independente, com sua própria linha de produtos, sua própria equipe de vendas e marketing e com processos de desenvolvimento e manufaturas mais eficientes.



PSA Peugeot Citroën (PSA) é uma indústria automotiva francesa que produz automóveis e motocicletas sob as marcas Peugeot e Citroën. Tinha como CEO Christian Streiff, afastado em 29 de março de 2009, por conta da crise econômica de 2008.

História

Em 1974 a Peugeot SA comprou um participação de 38.2% na Citroën e posteriormente em 1976 aumentou esse percentual para 89.95%, criando o Grupo PSA. Em 1979 a PSA comprou os ativos da Chrysler Europe por 1 bilhão de dólares.



Total S.A. é um grupo empresarial do setor setor petroquímico e energético.

História

Fundada em 1924 com o nome de Compagnie Française des Pétroles CFP com participação mixta privada e do Estado francês, em 1985 foi adotado o nomoe de Total-CFP e somente Total S.A. em 1991.

Após a fusão com a companhia belga Petrofina em 1999 e com a Elf-Aquitaine em 2000, a empresa adotou o nome de Total Fina S.A. e mais tarde, em 22 de março de 2000 o de Total Fina Elf, S.A. até que em 6 de maio de 2003 decidiu reverter o nome para Total S.A.



Toyota Motor Corp. (TMC) é uma empresa produtora de automóveis.

História

O nome original da família era Toyoda, mudado posteriormente por questões de facilidade na pronuncia do nome passando a se chamar Toyota.

As origens da empresa remontam à criação de uma secção dedicada à produção de automóveis na já existente empresa voltada à fabricação de teares automáticos chamada Toyoda Automatic Loom, em setembro de 1933.



O Banco Itaú propriamente dito foi fundado em 1944, na cidade de Itaú de Minas na época município de Pratápolis, Minas Gerais, mas a história oficial do banco começa em 30 de dezembro de 1943, quando Alfredo Egídio de Sousa Aranha fundou, na cidade de São Paulo, o Banco Central de Crédito. Ainda assim, considera-se o ano de 1945 como o primeiro ano de funcionamento do banco, pois ele só foi autorizado a operar em 1944. Assim, a primeira agência do Banco Central de Crédito foi aberta em 2 de janeiro de 1945.

A pedido do governo federal, o Banco Central de Crédito mudou de nome, em 1952, para Banco Federal de Crédito. Mais tarde, o governo federal usaria o termo "Banco Central" como nome de sua autoridade monetária principal.

Os anos 60 e 70 foram marcados por diversas incorporações, fusões e aquisições, que proporcionaram um rápido crescimento ao banco. A primeira aquisição foi a do Banco Paulista de Comércio, em 1961. Houve a fusão dos bancos União de Crédito e o Itaú América.

Em 1973, após outras mudanças de nome, o banco passa a se chamar apenas Banco Itaú, e foi adotado um logotipo muito parecido com o atual, porém em preto e branco. O logotipo atual surgiria em 1992, com um fundo azul e letras amarelas e ligeiramente menores e mais espaçadas(Itaú, em tupi-guarani, significa pedra escura). Em 1974, foi criada a Itaúsa - Investimentos Itaú, holding que detém controle acionário do banco e de outras empresas.

A partir de meados dos anos 1990, o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso iniciou o processo de privatização de bancos estatais, o qual, juntamente com outras aquisições de empresas privadas do setor bancário e correlatas (como de seguros) alavancaram enormemente a expansão do Itaú na última década. Nesse período, o Itaú adquiriu o Banco Banerj S.A (junho de 1997), Bemge - Banco do Estado de Minas Gerais S.A (1998), o Banestado - Banco do Estado do Paraná S.A. (outubro de 2000) e o BEG - Banco do Estado de Goiás S.A. (2001).

O Bemge foi uma transação de R$ 583 milhões. A instituição adquirida possuía ativos bons de R$ 3,2 milhões e quase um milhão de clientes. No Banestado, o preço de aquisição, com pagamento à vista, foi de R$ 1,6 bilhões, correspondendo a um ágio de 303% sobre o preço mínimo fixado para o leilão. Em retorno, o Itaú levou, além da complementaridade de atividades financeiras, um ativo de R$ 6,6 milhões, mais 239 agências e 551 mil clientes. O BEG, com ativos totais de R$ 1,3 bilhões e 420 mil clientes, foi comprado por R$ 665 milhões. Na época, o estado de Goiás estava em franco crescimento, principalmente na área agroindustrial. Além disso, a transação rendeu ao Itaú um acréscimo de 149 agências, incluindo postos de atendimento, no estado de Goiás, região em que a instituição tinha pouca presença.

Entre estes negócios, também o Banco Itaú fez um movimento inverso à desnacionalização que ocorria no setor bancário na época, comprando bancos estrangeiros, além de representar uma estratégia de marketing para atender a um público (nicho) específico. Em 1995, foi o BFB – Banco Francês e Brasileiro, do qual herdou a marca Personnalitè – que funciona como uma unidade de Private Banking.

Em 1998, a compra do Banco Del Buen Ayre, incorporado ao Itaú Argentina, atual Itaú Buen Ayre, reforçou a atuação do Itaú Holding Financeria no Mercosul.

Em dezembro de 2002, houve a aquisição de 96% do antigo Banco BBA-Creditanstalt (que tinha como sócio minoritário um grupo austríaco) por R$ 3,3 bilhões, liquidada financeiramente em fevereiro de 2003 – levando junto os R$ 7 bilhões de ativos da financeira Fináustria. A maior parte do “prêmio” (ou “ágio, ou “sobrepreço” sobre o valor patrimonial) pago na aquisição foi exatamente pela Fináustria, já que o prêmio num banco de atacado é pequeno, porque este não tem agências, clientes cativos e marcas fortes. Mais precisamente, o preço pago pela Fináustria foi de três vezes o seu patrimônio líquido, cerca de R$ 650 milhões. Pelo banco de atacado, foi de 1,3 vezes o seu patrimônio líquido, ou cerca de R$ 1,85 bilhões. A tesouraria custou pouco mais de R$ 100 milhões. O novo Itaú BBA opera com alguma independência do Banco Itaú.

Também como resultado da aquisição das atividades brasileiras de Private Banking do centenário grupo britânico Lloyds TSB no segundo semestre de 2001, e do canadense Banco Brascan no primeiro semestre de 2002, os clientes pessoa física do Lloyds TSB e do Banco Brascan são agora atendidos pelo Itaú Private Bank.

Em março de 2003, em outra ação estratégica de marketing para atender a um público (nicho) específico, a holding Itausa fez a aquisição de 99,99% do capital do Banco Fiat. A compra foi realizada por intermédio do Banco Itaú junto a Fiat, e custou R$ 897 milhões, valor que representa um ágio (“prêmio”) de R$ 462 milhões ou 1,06 vezes o valor do patrimônio líquido da instituição. A operação incluiu outros elementos de Planejamento Estratégico e de Marketing, como a exclusividade de 10 anos no Brasil para a realização dos financiamentos e leasing de veículos novos em todas as promoções organizadas pela montadora Fiat e na comercialização de quotas do consórcio com a marca Fiat, para consumidores finais. A associação também permitirá que o Itaú forneça serviços financeiros aos atuais e futuros clientes do Banco Fiat e à sua rede de concessionárias para a contratação de financiamentos de veículos, além de utilizar marca Fiat nesse tipo de operação.

Até o ano de 2003, o Banco Itaú S.A. controlava todas as operações brasileiras do Grupo Itaúsa na área financeira. Visando uma melhor organização do conglomerado, em novembro de 2002 teve início uma reforma societária, que passaria o controle acionário para o Banco Itaú Holding Financeira. Assim, o Banco Itaú passou a ser uma subsidiária do Itaú Holding, que controla também o Itaú BBA e Itaucred.

No ano de 2004, foi criada a financeira Taií (controlada pela Itaucred), oferecendo serviços de crédito a pessoas e baixa renda e atuando junto a grandes grupos varejistas (CBD e Americanas), com operações de cartões de crédito.

A parceria está programada para durar 20 anos, mas esse prazo poderá ser prorrogado, dependendo dos resultados. O capital inicial da financeira foi de R$ 150 milhões, sendo cada sócio[ responsável por R$ 75 milhões. Mas o investimento total do Grupo Itaúsa somará R$ 455 milhões, se for incluso o valor do ágio de R$ 380 milhões a ser pago pelo Itaú ao CBD-Pão de Açúcar em até cinco anos, após o cumprimento das metas definidas para a nova empresa.

Em dezembro de 2004, o Itaú e o Banco BMG, de Minas Gerais, instituição de médio porte que compõe um grupo empresarial da família Pentagna Guimarães fecharam uma parceria para a cessão de créditos da carteira de empréstimo consignado a pessoas físicas. O acordo prevê uma liberação mínima de R$ 1,5 bilhão para clientes do Banco BMG num prazo de 36 meses.

Em março de 2005, Banco Itaú e as Lojas Americanas S.A. (“LASA”) anunciam associação com o objetivo da criação de nova instituição financeira. A nova sociedade adquiriu a promotora de vendas das Lojas Americanas, a Facilita Serviços e Propaganda S.A. (“Facilita”), e sua estratégia é permitir a ampliação e aprimoramento da atual oferta de serviços e produtos financeiros no nicho representado pelos clientes das Lojas Americanas, tais como: Cartões Private Label, cartões de crédito com bandeiras de ampla aceitação; crédito direto ao consumidor, empréstimo pessoal, seguros, garantia estendida e outros, notadamente nas classes sociais C e D. A partir de abril de 2006, a marca da financeira Taií também foi colocada no negócio com as Lojas Americanas. Com pouco mais de um ano de existência, a Taií já possuía ao final de 2006 cerca de 4,5 milhões de clientes e 693 pontos de venda, dos quais 154 eram próprios e o restante instalado em áreas da rede CBD, como o Pão de Açúcar, e das Lojas Americanas.

Em dezembro de 2005, o Banco Itaú prosseguiu com as ações estratégicas para o nicho de funcionários públicos e adquiriu através de licitação pública a prestação de serviço de pagamento a servidores ativos e inativos do governo de Alagoas, para um período de cinco anos. O montante mensal de pagamentos é de aproximadamente R$ 90 milhões e inclui pagamento a fornecedores e credores do estado, centralização da arrecadação de todas as receitas estaduais, além da consignação em folha de pagamento. O negócio foi feito com pagamento à vista de R$ 68,1 milhões, superior ao preço mínimo de R$ 42 milhões, fruto da disputa na licitação. Com essa operação, o Banco Itaú terá aumento de 63,8 mil clientes de Alagoas, sendo que 74% estão concentrados em Maceió. Com isso, o Itaú quadruplica a sua base de clientes no estado. Esse pagamento será registrado como "Despesa Antecipada" e reconhecido no resultado no prazo da vigência do contrato. A operação representou também a ampliação dos negócios na Região Nordeste do Brasil, sua rede de atendimento em Maceió, atingindo também todas as regiões de Alagoas com novos pontos de atendimento nas oito principais cidades do interior.

Em maio de 2006, o Grupo Itaúsa comprou, por 2,2 bilhões de dólares, as operações do BankBoston (subsidiário do Bank of America no Brasil, com opção para adquirir as operações do Chile e Uruguai). Os 203 mil correntistas do BankBoston do Brasil serão integrados ao Itaú Personnalité.

O negócio foi efetivado com o pagamento por meio de 68,5 milhões de ações preferenciais do banco. A transação, avaliada em R$ 4,5 bilhões (US$ 2,173 bilhões), dará ao Bank of America (BofA), controlador do BankBoston, participação de 5,8% no capital total do Itaú. A clientela foi incorporada ao Itaú Personnalité.

O grupo Itausa ainda exerceu, no terceiro trimestre de 2006, a opção de adquirir as unidades do BankBoston no Chile e no Uruguai e outros ativos relacionados a clientes da América Latina - inclusive a unidade de Private Banking de Miami. Exercida a opção, a participação do grupo BofA no Banco Itaú subiu para cerca de 7,8%. O valor do negócio com esses ativos na América do Sul (R$ 1,5 bilhão - US$ 700 milhões na época), elevou o montante total do negócio para R$ 6 bilhões (cerca de US$ 2,9 bilhões, ao câmbio médio do período).

No quarto trimestre de 2006, foi vez de ser fechada a compra do Private Banking do BankBoston, que pertenciam ao Bank of America Corporation (BAC), por US$ 155 milhões. Com a operação, o Itaú agrega 5,5 mil clientes, 200 funcionários especializados e US$ 3,666 bilhões em ativos, dobrando a carteira de private banking no exterior. A operação será paga em dinheiro. O valor de US$ 155 milhões incluiu parcela de US$ 100 milhões do patrimônio líquido de duas empresas. A maior delas foi o BankBoston International, banco com sede em Miami, exclusivo para não-residentes, com US$ 2,541 bilhões em ativos; e o BankBoston Trust Company Limited, com sede em Nassau, capital das Bahamas, com US$ 1,125 bilhão em ativos. Os bancos foram comprados pela subsidiária européia da holding do Itaú, a Itaúsa - Investimentos Itaú S.A., o Banco Itaú Europa (BIE), sediado em Portugal, e sua subsidiária, Banco Itaú Europa Luxembourg. O Itaú Private Bank já tem um US$ 19 bilhões em ativos sob gestão, dos quais US$ 8 bilhões custodiados na Europa e nos Estados Unidos.

No primeiro semestre de 2006, conforme noticiado no Jornal O Globo, o Itaú conseguiu superar o Banco Bradesco e obteve o maior lucro já obtido no país nos últimos vinte anos. "O lucro líquido acumulado de janeiro a junho chegou a R$ 4,016 bilhões, 35,7% acima dos R$ 2,958 bilhões dos primeiros seis meses de 2006 e também superior aos R$ 4,007 bilhões anunciados na véspera pelo Bradesco, líder no ranking de bancos do país".

Em outubro de 2008 , assina contrato milionário com a Confederação Brasileira de Futebol para patrocinar a Seleção Brasileira de Futebol até 2014.



Pilot Pen Corporation ou Pilot é uma fabricante de canetas.

História

A Pilot Pen Corporation foi fundada em 1918 sob o nome de Namiki Manufacturing Company. Em 1926 abriu escritórios em Cingapura, Nova Iorque, Londres e Changai. Em 1938 o nome da companhia mudou para Pilot Pen Co., Ltd. E foi novamente renomeado em 1950 como Pilot Ink Company, Ltd. Durante os anos 1972 - 1999 varias sub-companhias foram formadas para cobrir várias filiais. O nome coletivo do grupo, decidido em 2003, é Pilot Corporation.



A Mercedes-Benz é uma marca alemã de automóveis.

História

As origens da Daimler-Benz data do fim do séc. XIX quando Gottlieb Daimler (1834-1900) juntamente com Wilhelm Maybach (1846-1929) e Karl Benz (1844-1929) inventavam independentemente o primeiro automóvel internamente movido por um motor de combustão no sul da Alemanha. Contudo e curiosamente não se conheciam.

Karl Benz tinha a sua loja em Mannheim e inventou o primeiro automóvel realmente movido através de uma motor de combustão interna em 1885 e possuia três rodas.

Em 1885, Gottlieb Daimler e o seu colega desenhador Wilhelm Maybach que trabalhavam em Cannstatt, Stuttgart, foram premiados a 29 de Augosto de 1885 por terem construido o primeiro protótipo de um motor movido a gás.

A 8 de Março de 1886, Daimler comprou uma carroça fabricada por Wilhelm Wimpff & Sohn e, juntamente com Maybach, juntou então o motor a esta mesma carroça criando um automóvel de quatro rodas movido por um motor como muitos anteriormente feitos por eles. A única difierença era que este motor era movido a gás. Segundo o site oficial da Mercedes-Benz, Daimler inventou a carroça "sem cavalo". Daimler e Maybach fundaram juntamente a DMG em 1890 e venderam o seu primeiro automóvel em 1892. O negócio continuara a crescer, mas Karl Benz continuava a melhorar o seu Motorwagen (o seu primeiro motor) e vendeu o seu primeiro automóvel em 1888. Construi o seu primeiro carro a quatro rodas em 1891. A Benz & Cia. criada por Karl Benz, não só se tornou a primeira linha de montage como também se tornou a maior do mundo no início do séc. XX.

Em 1899, a DMG construiu um novo automóvel. O nome do automóvel viria a ser o nome da filha de Emil Jellinek: Mercédès Jellinek. Jellinek prometeu comprar 36 automóveis da DMG se Daimler nomeasse o próximo motor como "Mercedes 35hp" e se Daimler tornasse-o o agente oficial para vendas dos automóveis na França, Áustria-Hungria, Bélgica e Estados Unidos da América. Sendo assim, Jellinek comprou os 36 carros e gastou 500.000 marcos.

A mudança do nome ajudou a evitar problemas legais porque depois da morte de Daimler em 1929, a DMG decidiu vender o nome registrado "Daimler" ficando o nome Mercedes salvaguardado.

Naquela altura as maiores rivais do sector automóvel eram a DMG e a Benz & Cia. Em 1924, devido à necessidade de dar um impulso à economia da Alemanha após a I Guerra Mundial, estas duas empresas acordaram numa cooperação mútua e em 1926 a empresa Daimler-Benz AG(AG significa sociedade anónima, como SA em Portugal). A Daimler-Benz AG produzira motores, automóveis e camiões. O acordo entre as partes exigia a união das duas empresas até ao ano de 2000. Além dos automóveis e dos camiões, a Daimler-Benz AG fabricava também barcos e aviões (militares e civis).

Karl Benz decidiu acrescentar o seu nome "Benz" à marca Mercedes. Acrescentou uma auréola à volta da estrela e nasceu assim o famoso nome Mercedes-Benz juntamente com o seu símbolo e que dura até aos dias de hoje.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a DMG foi uma importante contribuidora de meios de transporte como carros de combate, automóveis militares e motores para aviões.

Depois da derrota da Alemanha Nazi, a empresa continuou a ser uma importante empresa para as exportações alemãs de automóveis para estimular a economia que voltara a fracassara. Contudo, os resultados não foram os melhores devido aos altos preços que a DMG praticava. Isso obrigou à criação de modelos mais baratos e a criação de Classes de modelos (A e B).



Neo Química é o um laboratório farmacêutico brasileiro.

História

No seu início, em 1959, os únicos medicamentos produzidos pelo Laboratório Neo Química era m similares. Mais tarde, em 1979, foi adquirida pelo empresário Ildefonso Limírio Gonçalves. Neste período, o laboratório foi transferido para Belo Horizonte e depois para São Paulo.

Estabeleceu-se no pólo farmoquímico do Distrito Agroindustrial de Anápolis, em 1989.

Em 1996 conquitou o ISO 9002. E os negócios aumentaram, dando início a um projeto de construção de um parque industrial com 60 mil m².

Já em 1999, a Lei dos medicamentos genéricos, permitiu a empresa ganhar mais uma parcela no mercado de medicamentos. Foi o 3° laboratório a conseguir o registro da Anvisa para a produção destes tipos de medicamentos, iniciando com o sulfato de salbutamol, em 2000.

Em 2009, o Laboratório Pfizer firmou acordo com a Neo Química para a produção de medicamentos genéricos.



Victoria's Secret é uma marca de lingerie e produtos de beleza.

História

Em 1977 Roy Raymond cria sua primeira loja Victoria's Secret, especializada em lingerie, uma loja situada no Stanford Shopping Center, São Francisco, Califórnia. No primeiro ano de existência a loja fatura meio milhão de dólares. Cinco lojas e catálogos por correspondência garantiam seis milhões de dólares líquidos por ano.

Em 1982, a marca é vendida por Raymond por algo entorno de um milhão de dólares.

Em 2007 a receita da empresa chegou a 3,7 bilhões de dólares.



Prada é uma marca italiana de moda.

História

No início de sua história, a grife era especializada em malas de viagem, bolsas e artigos de couro. Porém, tudo mudou quando a direção de arte da marca passou para as mãos da sobrinha de seu dono, Miuccia Prada. A estilista, em sua juventude, participou de movimentos estudantis e quis trazer para suas coleções uma mulher inteligente, bem informada, ousada e inovadora, bem diferente do estilo feminino e sensual pregado pelo seu conterrâneo Gianni Versace.

Logo em seu primeiro desfile de Prêt-à-porter, Miucchia causou impacto e ganhou importância. Hoje em dia, ela é considerada a papisa da moda. Até a toda-poderosa editora da Vogue americana, Anna Wintour, chegou a declarar que "Prada é o único motivo para alguém assistir à temporada de moda em Milão".



A Chanel S.A é uma conceituada empresa de vestuário parisiense.

História

A era de Gabrielle Chanel (1909-1971) na empresa é, com certeza, a mais memorável marcada pelos vestidos caros e estilosos que revolucionaram a indústria da moda mundial repletos de originalidade. Desde o início Coco Chanel ocupava o cargo de Designer Chefe até o seu falecimento em 10 de janeiro de 1971.

Em 1909, Gabrielle Chanel abriu uma loja no piso térreo do apartamento Balsan em Paris, este é o marco inicial do que viria a se tornar um dos maiores impérios da moda no mundo. A região da Balsan era ponto de encontro dos burgueses e políticos franceses e suas amadas, uma oportunidade para Coco vender seus famosos chapéus decorados. Durante este período Coco se relacionou com Arthur Capel, um membro da elite parisiense.

Artur viu em Coco uma futura mulher de negócios e a ajudou a adquirir um imóvel na Rue Cambon, n° 31 no ano de 1910. Já havendo uma alfaiataria no local, Coco não pode produzir vestidos de alta costura no local. Em 1913, a Chanel começou a produzir roupas esportivas femininas nas novas filiais nas cidades de Deauville e Biarritz. Coco detestava o estilo dessas mulheres que iam a essas cidades durante o Verão e suas roupas acabaram fazendo parte da Belle Époque.

O carvão estava escasso na época da Primeira Guerra Mundial e as operárias precisavam de roupas de qualidade que se encaixassem nas condições de trabalho. Os desenhos Chanel naquela época foram afetados pelo novo conceito de desporto feminino. A época da I Guerra, Coco ainda abriu uma loja maior em frente ao Hotel Ritz Paris e pode desenvolver seus casacos e saias.

A moda de Coco se tornou famosa mundialmente a partir de 1915 por causa de sua simplicidade ao desenhar. Entre 1915 e 1917 a revista Harper's Bazaar listou a Chanel na relação dos mais vendidos da época. Coco criou sua reputação como uma excelente estilista de moda meticulosa.

Seguindo as tendências da década de 1920, Coco produziu seus primeiros vestidos frisdos e introduziu três ternos. Em 1921 foi criado o perfume Chanel nº 5 um verdadeiro sucesso considerado por muitos estudantes de moda como um dos movitos da ascenção de Coco.

Os vestidos da Chanel se envolveram com o estilo alongado feminino. Os vestidos de verão, desenhados por Coco em 1937, possuim contrates na cor e na forma. Ao longo da década de 1930, Elsa Schiaparelli competiu de forma acirrada com Chanel, mas foi uma rivalizadade de curta duração.

Chanel lançou uma exposição de jóias em 1932 dedicada especialmente ao diamante. Várias das peças, incluindo os colares chamados "Cometa" e "Fountain" que foram re-introduzidos pela Chanel em 1993.

Quando a Segunda Guerra Mundial estorou em 1939, Chanel se aposentou e instaluo-se no Hotel Ritz Paris com seu novo parceiro, o oficial alemão Hans Gunther von Dincklage. Somente seus perfumes e acessórios foram vendidos durante essa época.

Quando a França ficou sob o controle de Adolf Hitler em 1940, os nazistas fizeram o Hotel Ritz seu quartel-general francês. Pierre Wertheimer e sua família fugiram para os Estados Unidos e antes que Coco pudesse reassumir a diretoria da empresa, Wertheimer fez uma procuração "ariana" na empresa.

Rumores históricos confirmam que Coco foi uma leal alidada dos alemães. O biógrafo Edmonde Charles-Roux afirma que a inteligência alemã a mandou para a "uma visita a Winston Churchill como parte de um missão de paz em segredo."

Coco Chanel foi presa logo após a libertação da França do nazismo sob acusação de cumplicidade com os alemães, mas Churchill interveio em nome dela e a libertou. Após a guerra Coco foi regeitada pelos políticos franceses e fugiu para a Suíça.

Na ausência de Coco, Pierre Wertheimer voltou a Paris para controlar os negócios da família Wertheimer e Coco criou sua própria coleção de perfumes. Wertheimer sentiu seus direitos legais violados e teve de indenizar cerca de 400 mil dólares a Coco, o equivalente a 2% dos produtos da empresa. Coco parou de fazer perfumes, após o acordo.

Chanel voltou a Paris em 1953 e descobriu que Christian Dior já dominara o mercado da alta costura. Pierre colaborou muito com Coco para reerguer a companhia e juntos introduziram as famosas bolsas de couro e os seus primeiros perfumes masculinos. Chanel chegou a receber o Fashion Oscar de 1957 pela sua coleção de primavera. O herdeiro de Pierre Jacques Wertheimer tomou o lugar do pai em 1965.

Gabrielle "Coco" Chanel morreu em 10 de janeiro de 1971 com 87 anos de idade e ainda confecionando peças de roupas para a sua empresa. Seu último trabalho famoso foram os uniformes para a Olympic Airlines em 1969. Após sua morte, a liderança da empresa foi conferida a Yvonne Dudel, Cazaubon Guibourge Jean e Philippe.

A Casa Chanel continuou o sucesso de moda e Jacques Wetheimer comprou toda a empresa. Os críticos afirmaram que durante sua liderança a empresa não recebeu muita atenção da família Wetheimer que se dedicava mais a criação de cavalos.

Em 1974, a Casa Chanel lançou a linha Cristalle que foidesenhada quando Coco Chanel ainda era viva.



Nickelodeon (abreviação Nick) é uma empresa de produtos de televisão e diversão infantis.

História

Em 1º de Dezembro de 1977, a MTV Networks lança um sistema de televisão interativa, com o nome QUBE, que posssui vários canais em diversas categorias, um deles era o canal infantil Pinwheel, que exibia atrações para o público pré-escolar em um rede de estilo Discovery Kids.

Em 1º de Abril de 1979 o canal muda o nome para Nickelodeon e exibe novas atrações, ganhando mais audiência,o canal tinha expandido nacionalmente como Nickelodeon, o primeiro canal só para crianças usando o logotipo Nickelodeon Pimbal original. Logotipo Laranja Indicador Utilizado de 1984 a 2009 Em 1984 um novo logotipo foi ingressado ao canal , o original prata Pinball logotipo, que era utilizado desde 1981, sendo substituído pelo atual logotipo Laranja indicador , concebido por Tom Corey, Nash Scott e Alan Goodman, que mantém o mesmo esquema de cores e texto, e apresenta-se em milhares de formas diferentes.

Em 1985 a Viacom comprou a MTV Networks e seu pertences incluindo o sistema Nickelodeon. Em 2009 a Nickelodeon vem a usar em seus produtos e slogan seu logotipo clássico Laranja endicador a partir do dia 29 de setembro de 2009 a Nickelodeon vem a mudar seu logo para "apenas digitável". A forma arredondada das letras são herança da nova Syfy Branding, e não pareceriam fora de moda perto de, digamos, um logo de Web 2.0, e a estreia vem a ser em setembro de 2009 (nos Estados Unidos).



MTV (Music Television) é um canal de televisão a cabo norte-americano sediado em Nova Iorque.

História

As raízes da MTV podem ser traçadas até 1977, quando a Warner Amex Cable (uma joint venture entre a Warner Communications e American Express) que é uma empresa de televisão a cabo, lançou o primeiro sistema de televisão a cabo interativa, o QUBE, em Columbus, Ohio nos Estados Unidos.

O sistema QUBE oferecia diversos canais especializados, inclusive um canal infantil chamado Pinwheel, que mais tarde tornaria-se a mundialmente famosa Nickelodeon. Um destes canais especializados era o Sight On Sound, um canal musical que apresentava vídeos de shows e programas de TV musicais; e com o sistema QUBE interativo, os telespectadores podiam votar em suas canções e artistas favoritos.

O formato da programação da MTV foi criado pelo executivo de mídia e visionário Bob Pittman, que mais tarde se tornou presidente e chefe executivo da Rede MTV. Pittman tinha testado o formato de música produzindo e apresentando um show de 15 minutos, o "Album Tracks" na Rede WNBC em Nova Iorque, no fim dos anos de 1970. O chefe de Pittman, John Lack que era o Chefe Executivo da WASEC, tinha dirigido uma série de TV chamada "Pop Clips", criada pelo artista multi-milionário, ex-Monkee do "The Monkees", Michael Nesmith no qual mais tarde, no fim dos anos de 1970 já tinha a sua atenção voltada para o formato de vídeo de música. Foi esta idéia criativa de Michael Nesmith com seu programa "Pop Clips", vendida a Time-Warner/Amex, que levou-os a introduzir o mesmo formato de programa ao que se tornaria a Rede MTV.

A popularidade do canal no sistema QUBE fez, eventualmente, com que a Warner Amex comercializasse o canal nacionalmente para outros serviços a cabo. Isto aconteceu à meia-noite do dia 1° de agosto de 1981, com a adoção do formato videoclipe, e a mudança de nome para "MTV - Music Television", um evento que começou um fenômeno cultural.

A MTV começou em Nova Iorque no ano de 1981, e tornou-se disponível para a maioria dos Estados Unidos na metade dos anos 1980. Quando a MTV chegou à Europa, era transmitida para todos os países europeus como apenas uma MTV (MTV Europe), mas no inicio da década de 2000 foi feita a separação do canal MTV para cada nação que a transmitia, resultando na MTV Japão e MTV Brasil, por exemplo.

O primeiro videoclipe a passar na MTV foi "Video Killed the Radio Star", dos The Buggles. Na Europa, o primeiro clipe a passar foi "Money for Nothing", do Dire Straits, que comicamente começa com a frase "I want my MTV", ("Eu quero minha MTV"). No Brasil, o primeiro clipe exibido foi Garota de Ipanema de Marina Lima. O formato inicial do canal era baseado em rádios Top 40. Jovens e bonitos homens e mulheres foram contratados para apresentar a programação do canal e para introduzir os vídeos que estavam sendo apresentados. O termo "VJ" (video jockey) foi criado, uma referência ao termo "DJ" (Disc jockey). Muitos VJs eventualmente acabaram virando celebridades. Os primeiros videoclipes que passavam na programação do canal nos anos 80 eram geralmente material promocional e clipes retirados de shows ou de quaisquer fontes que pudessem ser encontradas; conforme a popularidade do canal aumentava, as gravadoras analisavam o potencial dos videoclipes para a divulgação de seus artistas, e o número de clipes feitos especialmente para o canal aumentava. Vários diretores de filmes respeitáveis começaram sua carreira criando vídeos musicais.

Um grande número de estrelas do rock dos anos 80 e 90 tornaram-se "artistas da casa" da MTV. Bandas dos anos 80 que promoveram-se na MTV incluem Duran Duran e Bon Jovi. Michael Jackson lançou a segunda onda de sua carreira através da MTV. Madonna veio à fama na MTV nos anos 80.



O Habib's é a uma rede de fast-food de comida árabe.

História

O restaurante de comidas tipicas Árabes "nasceu" na cidade de São Paulo. O crescimento da rede Habib's se confunde com a história do seu fundador, Antônio Alberto Saraiva, um empresário luso-brasileiro nascido em Portugal, que iniciou em 1988 com uma loja na rua Cerro Corá, na cidade de São Paulo. O restaurante brasileiro de comidas árabes ganhou o mundo e hoje é mundialmente conhecido.



A origem do Terra se confunde com a própria história da internet na América Latina. Em 2009, o Terra completa 10 anos de presença na região e revoluciona a forma de navegar na internet com o lançamento do Projeto Átomo.

A empresa faz parte do grupo Telefônica que, em 1999, adquiriu empresas de internet locais no Brasil, México, Chile e Espanha, lançando naquele mesmo ano, a marca Terra simultaneamente na América Latina e na Europa.

Desde então, o pioneirismo da empresa pode ser visto nas mais diversas áreas às quais se dedica. Em 2001, o Terra construiu o maior estúdio de internet TV da América Latina, em São Paulo, e atualmente possui estúdios em todos os sete países onde tem escritórios.

Precursor na oferta de conteúdo banda larga, a audiência do Terra TV é de 8 milhões de visitantes únicos por mês, com uma média mensal de 66 milhões de streamings e um acervo de 250 mil vídeos.

Pioneiro também em parcerias estratégicas de conteúdo, desde 2007 o Terra conta com campeões de audiência da Disney, Warner e Turner Latin America. Temporadas inteiras de séries como Lost, Desperate Housewives, Grey’s Anatomy, Criminal Minds, Alias, Ghost Whisperer, e City Hunters, além filmes como Armagedon, Inimigo do Estado, A Outra Face, 10 Coisas que Odeio em Você, High School Musical, Tarzan, Piratas do Caribe, Monstros S.A. Procurando Nemo e vídeoclips estão disponíveis on demand para ser acessados quando o internauta quiser. O Terra TV também conta com conteúdos dos canais TNT, Cartoon Network, Boomerang, Toonami, Adult Swim, Woohoo e CNN em Español.

Em janeiro de 2009, o portal foi o primeiro na América Latina a oferecer conteúdo no formato catch up, no qual o internauta tem acesso aos episódios de seriados da Disney e outras empresas logo após sua estréia na TV por assinatura. O conteúdo fica disponível, gratuitamente, por sete dias e retorna ao ar, on demand, após a exibição na TV aberta.

O Terra mais uma vez levou a revolução ao esporte. Em 2008, foi o primeiro portal de internet da América Latina a transmitir ao vivo, com exclusividade, em 13 canais simultâneos, os Jogos Olímpicos de 2008 e já assinou com o COI a exclusividade para 2010 e 2012.

O especial Beijing 2008 bateu recorde de audiência com 22.756 milhões de usuários, o que representa cerca de 15% dos internautas da região. Foram mais de 39 milhões de vídeos, dos quais 30% ao vivo, o que representa o triplo da média da internet. A participação do internauta também foi surpreendente: mais de 20 mil posts foram publicados no canal interativo Fanzone, com fotos, vídeos e textos com mensagens de apoio aos atletas.

Para os amantes do futebol, o Terra TV exibe, em tempo real, os campeonatos italiano, inglês, português e as eliminatórias para Eurocopa 2008. No tênis, o Terra transmite o ATP Tour e highlights do Master Series.

Produções locais são contempladas com destaque na programação do Terra TV. No Brasil, o internauta tem acesso ao filme 3Fs produzido com tecnologia digital que teve estréia simultânea na internet e nos cinemas. No Terra Argentina, o sucesso da série interativa Dirígime, na qual o internauta participa do casting e escolhe o próximo capítulo, é campeã de acessos e, em 2009, será estendida para toda a região.

O Terra continua inovando na oferta de serviços exclusivos, como o canal de música Sonora, o maior do Brasil, que possibilita ao internauta ter acesso a mais de 1 milhão de canções das principais gravadoras do mercado fonográfico em vários formatos (gratuito, streaming, download) e, em breve, estará disponível em toda a América Latina.

A marca Terra se aproxima do público por meio de eventos bem-sucedidos como Stock Car, Campus Party e em shows como festival Planeta Terra, que já se tornou referência como o principal evento de pop-rock do Brasil e conta com versões locais, entre as quais o Terra Rock, realizado no Peru.

A valorização dos funcionários pelo Terra é reconhecida pelo mercado por meio dos prêmios Great Place to Work no Terra Chile e no Terra Peru. No Brasil, além de empresa mais admirada na categoria Provedor de Internet da revista Carta Capital, o Terra ocupa o 36º lugar no ranking das 50 Melhores empresas de TI e Telecom para Trabalhar (Great Place to Work - revista Computerworld). A vocação para inovação está presente no DNA da empresa, que ainda no início da banda larga, em 2001, realizou a primeira transmissão ao vivo em banda larga da história da internet na América Latina, ao transmitir ao vivo o show do Stanley Jordan, em São Paulo. Mais uma vez, quebrou paradigmas ao oferecer através dos celulares os vídeos dos gols de todas as partidas da Copa de 2006. O mesmo objetivo de inovação traz o Projeto Átomo, que revoluciona mais uma vez a forma de navegar na internet.



BASF SE é uma empresa química alemã e uma das maiores empresas do mundo. BASF significa inicialmente Badische Anilin und Soda-Fabrik (ou seja, Fábrica de Anilina e Soda de Baden).

História

A BASF foi importante integrante da IG Farben (abreviatura de Interessen-Gemeinschaft Farbenindustrie AG) (associação de interesses indústria de tintas SA) foi um conglomerado de empresas formado em 1925 e de certa forma mesmo mais cedo, durante a Primeira Guerra Mundial. A IG Farben deteve um monopólio quase total da produção química na Alemanha Nazista. Farben significa alemão "tintas", "corantes" ou "cores" e inicialmente muitas destas empresas produziram tinturas, mas em breve começaram a dedicar-se a outros sectores mais avançados da indústria química. A fundação da IG Farben foi uma reacção à derrota da Alemanha na Primeira Guerra Mundial. Antes da guerra, as empresas de tintas alemãs tinham uma posição dominante no mercado mundial, que perderam durante o conflito. Uma solução para reganhar essa posição foi através da fusão.



A Editora Abril é uma editora brasileira, sediada na cidade de São Paulo, parte integrante do Grupo Abril.

História

A Editora começou com a publicação O Pato Donald num escritório no centro de São Paulo, com seis funcionários. O nome da empresa é uma referência ao mês que dá início à primavera na Europa.

O crescimento experimentado pela empresa na década de 50, se intensifica nos anos 60, fruto combinado da publicação de obras de referência em fascículos, e do aumento de sua linha infanto-juvenil, incluindo o lançamento de Zé Carioca, em 1961, e de Recreio, em 1969, que circularia por 12 anos. Em 1968, passa a publicar Veja, revista jornalística de variedades que viria a ser a revista com mais circulação no Brasil.

Expandindo os segmentos, a Abril passa a publicar revistas sobre turismo e da indústria automobilística, (Quatro Rodas, Guia Quatro Rodas e Viagem & Turismo), Futebol (Placar), sexo (Playboy, Vip e Men's Health). Cria também inúmeras publicações voltadas ao público feminino: Capricho (que começou com fotonovelas e em 1981 foi reformulada para temas relacionados às adolescentes), Manequim (a primeira revista de moda da Abril), Claudia (que quando surge em 1961 focalizava a dona-de-casa), além de Estilo, Nova (versão brasileira da americana Cosmopolitan e Elle (versão brasileira da revista francesa homônima).

Para além do mercado impresso, a Abril diversificou sua atuação. Investiu em televisão e internet. Colocou no ar a TVA, TV digital, internet em banda larga e Voip e a MTV, com programação dirigida ao jovem. Na internet, a primeira iniciativa foi o BOL, Brasil On-Line, lançado em 1996 e logo incorporado ao UOL. Em 1999 foi lançado o Ajato, provedor de internet em banda-larga.

Em 1999 o grupo Abril adquire de parte das Editoras Ática e Scipione e em 2004 da totalidade das ações, ganhando importância no mercado brasileiro de livros escolares.

Em maio de 2006, Civita anunciou a sociedade com o Naspers, grupo de mídia sul-africano que esteve estreitamente vinculado ao Partido Nacional, a organização partidária de extrema-direita que legalizou o criminoso regime do apartheid no pós-Segunda Guerra Mundial. O grupo Naspers passou a deter 30% do capital do Grupo, incluindo a compra dos 13,8% que pertenciam aos fundos de investimento administrados pela Capital International, desde julho de 2004.

Segundo dados da própria empresa, hoje a Abril publica mais de 350 títulos, que chegam a 23 milhões de leitores. A Gráfica utiliza processos digitais e imprime cerca 350 milhões de revistas por ano. Com todos os seus sites, atinge cerca de 1 bilhão de pageviews ao mês, e os espectadores da MTV chegam a sete milhões ao mês. As editoras Ática e Scipione produziram mais de 4.300 títulos e venderam 37 milhões de livros em 2005.



Ducati Motor Holding é uma fábrica italiana de motocicletas localizada na cidade de Bologna.

História

A história da Ducati teve início em 1926 quando a família Ducati associou-se a investidores bolonheses, para fundar a Società Radio Brevetti Ducati.

O objetivo era produzir componentes para as transmissões de rádio, baseando-se nas patentes de Adriano Ducati.

Começaram com o famoso condensador Manens e logo se seguiram outros componentes. A expansão foi rápida e logo conquistaram o respeito da indústria internacional.

Em 1935 a empresa muda-se para um complexo extremamente moderno no centro de Bolonha. A indústria Ducati começou a extensão no estrangeiro e abriram filiais em Londres, Paris, Nova Iorque, Sydney e Caracas.

A II Grande guerra foi muito dura para a Ducati. As fábricas Borgo Panigale foram destruídas, mas os irmãos Ducati não baixaram os braços.

Durante a guerra estudaram e planejaram novos produtos e a introdução nos mercados no fim dos conflitos.

Em setembro de 1946, na feira de Milão foi apresentado o motor auxiliar de bicicletas que se tornou o mais famoso do mundo: o Cucciolo. Em pouco tempo o Cucciolo transformou-se numa moto em miniatura. Graças ao seu sucesso, a Ducati afirmou-se no setor mecânico.

Em 1952 nasceu a futurista Cruiser 175 cc com ignição elétrica e transmissão automática. Em 1954 chegou à Ducati, aquele que seria um dos mitos do mundo do motociclismo: o engenheiro Fabio Taglioni.

Professor em Imola, Taglioni já tinha construído motos de caráter técnico original e de uma performance assombrosa. O design Taglioni, avant-guarde e não conformista foi batizado nas corridas.

Ao estrear-se na Ducati, o engenheiro tentou provar a qualidade das suas soluções, participando de corridas de longa distância como a de Milão-Tarranto.

Em 1956 a Ducati produziu um modelo Tourist que chegava a 110km/h, um Special que chegava a 120km/h e um Sport que chegava a 135 km/h.

No salão de Milão em 1957 apresentou os três modelos acima e o modelo América.

Em 1958 produziu-se a Elite de 200cc. Este ano marcou o triunfo do sistema desmodrónico que Taglioni estava desenvolvendo desde 1955. O projeto resultou na famosa Twin-cilinder de 250 cc, encomendada pelo piloto inglês Mike Hailwood.

O inglês pediu especificamente uma máquina de performance superior.

O modelo de 250cc em 1964 tinha uma performance excepcionalmente a altura. O modelo influenciou diretamente os modelos Scrambler subseqüentes de 350 e 450 cc.

O modelo Mach 250 que conguia ultrapassar os 150 km/h ganhou o coração dos amantes do esporte de todo o mundo.

Em 1968 a Ducati enfeitiçou os aficionados do mundo das duas rodas com a 450 Mark 3D. Foi o primeiro modelo com distribuição e ultrapassava os 170 km/h.

Depois do sucesso das Scramblers no mercado americano no início dos anos 60, em 1972 a Ducati aplicou a mesma fórmula ao mercado italiano, e obteve sucesso.

O fim dos anos 60 coincidiu com o sucesso das maxibikes. Mais um vez foi Taglioni que detinha a fórmula do sucesso. Em abril, na corrida Imola 200 Miglia, os pilotos Paul Smart e Bruno Spaggiari correram com a nova desmodrónica 750cc. Ficaram em primeiro e segundo lugar. Daí nasceu a 750 Super Sport.

Em 1978 Mike Hailwood que cresceu com os modelos da Ducati, volta a correr no Isle of Man Tourist Trophy, deixando estupefatos os fãs com a vitória na montanha.

A moto era a Super Sport com 900 cc. Em reconhecimento a Ducati lançou edição limitada 900 SS Mike Hailwood Replica.

Em 1983 a Ducati foi comprada por Cláudio e Gianfranco Castiglioni e passou a fazer parte do grupo Cagiva.
Em 1988 a Ducati expandiu-se no mercado de motociclismo, apostou em novos modelos, aumentou a produção e intensificou o compromisso nas competições.

Em 1993 o argentino Miguel Galuzzi concebeu a Monster, uma Ducati com um caráter muito singular, despida de acessórios dispensáveis. Rapidamente este modelo se tornou uma lenda.

Nasce o modelo 916 em 1994, ano em que a tecnologia, estilo, performance e simetria chegam ao auge. A 916 foi nomeada a moto do ano pelas mais prestigiadas revistas do setor.

Apesar da inovação e dos sucessos nas competições, em 1995 a Ducati entrou em uma grave crise financeira. Os fundos da emresa foram drenados pelas outras companhias do grupo Castiglioni.

Em 1996 a Ducati sofre um take-over do Grupo Texas Pacífico. O fundo de investimentos americano trouxe o tão necessitado dinheiro e uma nova gerência internacional. Simultaneamente foi lançada a gama ST, permitindo a entrada no setor esportivo-turísitco do mercado.

Entre 1997 e 1999 a nova gerência em conjunto com a antiga equipe de engenheiros levou novamente a Ducati ao sucesso. O grande modelo desta época foi a Monster Dark, que se tornou a moto mais vendida na Itália. Em março de 1999 a Ducati Motor Holding entra na Bolsa de Valores de Nova Iorque e de Milão.

Em 2000 a MH900e torna-se a primeira moto a ser vendida exclusivamente pela internet.



Bayer AG é uma empresa farmacêutica e química alemã.

História

No início, era uma fábrica de corantes artificiais para o tingimento de tecidos. Posteriormente tiveram a idéia de lançar a Aspirina® e juntamente com ela veio o desenvolvimento de pesquisas e muitas patentes. Por isso, em 1939 um pesquisador da Bayer, Gerhard Domagk, recebeu o Prêmio Nobel de Medicina pela descoberta da ação anti-bacteriana da sulfonamida.

No período da II Guerra Mundial, suas fábricas e escritórios, marcas e patentes foram vendidas e/ou confiscadas pelos países aliados. Porém, com o fim da Segunda Guerra, conseguiu se reconstruir trazendo de volta suas instalações, marcas e patentes.

O Grupo Bayer, instalou-se no Brasil em 1896, e hoje, possuí cerca de 3.300 colaboradores nas suas divisões Bayer HealthCare, Bayer CropScience e Bayer MaterialScience que atuam, respectivamente, nas áreas de saúde humana e animal, alimentação e materiais inovadores. E sua sede está localizada no bairro do Socorro, Zona Sul de São Paulo. Seu atual presidente e porta-voz é Horstfried Läpple.

Em 2006, a Bayer comprou a empresa farmacêutica alemã Schering que trouxe em sua bagagem grandes contribuições para a já existente pesquisa e produção na área de saúde humana da Bayer.



Blue Sky Studios é uma empresa especificada em tecnologia de CGI (imagens geradas por computador).

História

A Blue Sky Studios foi fundada em Fevereiro de 1987 por um número de artistas e técnicos em que tinham trabalhado previamente na Disney durante a produção do filme Tron. Durante os anos 80s e 90s, o estúdio concentrou-se apenas em produções de comerciais de televisão e de efeitos visuais para alguns filmes. A Blue Sky foi adquirida no ano de 1997 pela distribuidora 20th Century Fox, com o intuito de dedicar-se apenas no comércio de filmes de animação, que deram bons resultados com o primeiro lançamento do estúdio, A Era do Gelo.



A Grow Jogos e Brinquedos S.A. é uma empresa que produz e comercializa brinquedos e jogos de tabuleiro.

Nome

O nome Grow é a junção das iniciais dos 4 fundadores da empresa. Se chamavam Gerald, Roberto, Oded e Valdir. Por uma questão de "sonoridade", o V de Valdir foi substituído por W. Ficando Grow Jogos e Brinquedos S.A..

História

Em Agosto de 1972, em uma garagem na Mooca, em São Paulo nasce a Grow trazendo seu primeiro produto logo no mês de outubro: o jogo War. Ele foi, então, o primeiro jogo para adultos lançado no Brasil. Logo as primeiras 5 mil unidades que foram produzidas se esgotaram, tinham um visual ligeiramente diferente do War estrangeiro.



A Kia Motors Company é uma empresa do setor automobilístico.

História

Durante a Guerra da Coreia, que decorreu entre 1950 e 1953, a Kia mudou as instalações para a cidade portuária de Pusan, no sul do país, tendo passado a designar-se Indústrias Kia. Nesta altura, mais concretamente em 1952, começou a fabricar bicicletas, chamadas Samcholli. Após o fim da guerra a Kia montou outra fábrica, na localidade de Shiheung, para poder dar vazão às encomendas de bicicletas.

A empresa foi crescendo e em 1961 lançou um motor para motorizadas tipo scooter. No ano seguinte criou um pequeno veículo comercial de três rodas. Na década de 70, a Kia estabeleceu-se como construtora de viaturas, tendo começado com os camiões Titan e Boxer. Dado o crescimento da empresa, em 1973 foi construída uma nova fábrica em Sohari, criada de raiz para a concepção de viaturas motorizadas. Logo nesse ano a fábrica começou a produzir motores a gasolina.

Em 1974 a Kia apresentou o seu primeiro carro de passageiros, chamado Brisa. Dois anos depois a empresa comprou a Asia Motors, uma construtora de veículos comerciais. 1978 foi o ano em que a Kia começou a construir motores a diesel. Nesta altura a marca coreana já tinha ganho uma boa reputação internacional, o que lhe permitiu ser escolhida em 1979 para fabricar para o mercado nacional os Peugeot 604 e os Fiat 132. No entanto, no início da década de 80 a marca entrou em declínio e passou por um processo de reestruturação. Assim, durante a primeira metade da década de 80, apostou essencialmente na produção de viaturas comerciais, entre as quais se destacavam os modelos de camiões e carrinhas Bongo.

Os japoneses da Mazda e da C. Itoh investiram na Kia em 1983 e a norte-americana Ford em 1986, permitindo à marca coreana apostar na pesquisa e desenvolvimento tecnológico. Dessa forma, no final da década surgiram modelos como o Conord e o Capital. Em 1990 a marca adoptou o seu corrente nome, Kia Motors, e inaugurou uma nova fábrica que lhe permitiu duplicar a produção e atingir os 700 mil veículos por ano. Em 1991 a Kia lançou-se no mercado internacional com os modelos Sephia e Sportage, este último com características de todo-o-terreno.

O 50.º aniversário da marca foi assinalado em 1994 com a mudança de nome para Kia Motors Corporation e com o lançamento do primeiro motor coreano de 16 válvulas a gasolina. Em Julho desse mesmo ano, a Kia começou a ser comercializada em Portugal. Em 1995 começou a produzir carros Sephia na Europa e dois anos depois lançou de uma vez três modelos novos: o Carnival, (primeira minicarrinha coreana), o desportivo Shuma e uma série de caminhões.

Entre 1997 e 1998 a Kia esteve perto da bancarrota, mas acabou por ser adquirida em 1998 pela Hyundai, outra marca sul-coreana. Depois disto, surgiu o conglomerado Hyundai Kia Automotive Group. Entretanto, em 1998 tinha lançado o Kia Carnival, um monovolume de grande porte que fez bastante sucesso em Portugal a partir de 2000.



A Acer (em chinês simplificado: 宏碁股份有限公司) é uma empresa sediada em Taiwan, ranqueada entre as quatro maiores vendedoras de PCs do planeta.

História

A empresa Multitech, fundada por Stan Shih (施振榮), sua esposa Carolyn Yeh e um grupo de outras cinco pessoas, em 1976, teve seu nome alterado para Acer em 1987. No início, eram onze funcionários e um capital de U$25.000,00. A empresa era, antes de mais nada, uma distribuidora de peças eletrônicas e uma consultoria no uso da tecnologia de microprocessadores. A sede se localiza na cidade de Hsichih City, em Taiwan. Em 2002, o grupo Acer empregou 39.000 pessoas para contribuir com lojas e distribuidoras em mais de 100 países. O investimento alcançou os 12,9 billhões de dólares naquele ano . Em 2000, Acer descontinuou a unidade de fabricação (como a Wistron Corporation) para se concentrar somente nas suas marcas comerciais. Ao decidir apoiar as vendas de sua linha de produtos através de atividades específicas de marketing que melhor utilizam os canais de distribuição, a Acer cresceu mundialmente enquanto mais mão-de-obra foi sendo contratada. Em 2005, a Acer empregou 7.800 pessoas em todo o mundo, mantendo uma rede mundial de vendas e serviços. As receitas foram de US$4.9 bilhões em 2003 e US$11.31 bilhões em 2006. A participação no mercado norte-americano caiu nos últimos anos, enquanto no mercado europeu cresceu. Muito desse sucesso na europa deve-se na recente associação com a equipe de Fórmula 1 Ferrari. Eles anunciaram que iam patrocinar a equipe de fórmula 1 até 2008.



Toddy é uma linha de achocolatados em pó fabricada pela PepsiCo.

História

A Toddy foi fundada em 1930 pelo porto-riquenho Pedro Santiago combinando as características de duas bebidas: da escocesa Toddy, à base de gema de ovo, mel, creme de leite e uísque e da caribenha Rum Toddy, à base de cacau, melaço de cana e rum.

Em 15 de março de 1933, Pedro Santiago obteve licença de do governo provisório de Getúlio Vargas para comercializar o produto no Brasil. Inovou em campanhas publicitárias contratando até mesmo aviões para escrever o nome do produto com fumaça nos céus do Rio de Janeiro.

Em 1981 a Toddy foi vendida para a Quaker Oats, que introduziu no ano seguinte o Toddynho, leite achocolatado pronto para o consumo que tem público alvo infantil.

Nos últimos anos a marca vem se modernizando, principalmente após a compra da Quaker Oats pela PepsiCo, em 2001. Atualmente as campanhas publicitárias são estreladas por vacas com espírito jovem, doidas por música e claro, também pelo achocolatado. A música aliás tem sido um ponto forte nos projetos de Toddy.



Amazon.com é uma empresa de comércio electrónico dos Estados Unidos da América com sede em Seattle, estado de Washington. Foi uma das primeiras companhias com alguma relevância a vender produtos na Internet. Amazon inclui, igualmente, a Alexa Internet, a9.com, e a Internet Movie Database (IMDb).

História

Jeffrey Bezos, dono da Amazon.com, largou uma famosa empresa em Wall Street onde trabalhava quando, aos 30 anos, percebeu a evolução/revolução emergente da internet e imaginou um novo negócio que ainda ninguém tinha pensado.

Em 1994 saiu de Nova Iorque e foi para o Pacífico atrás de capital de risco.

Encontrou quatro lugares livres de impostos estaduais, e escolheu Seattle, porque ali estava um dos maiores distribuidores de livros, a empresa Ingram.

E tendo vinte itens em mente para ser o produto chave para seu arranque, escolheu os livros em Julho de 1995 e começou ali a Amazon.com.

Em 2000, com 36 anos, previa chegar a um bilhão de dólares de vendas, mas já em 1999 fechou o ano com 1,6 bilhões de dólares, 8,4 milhões de clientes e 3 vezes mais que o ano de anterior (1998).

E recentemente em Dezembro de 2007, a Amazon.com comprou o livro "Os contos de Beedle - O Bardo" da autora J.K. Rowling em um leilão por cerca de 7 milhões de reais.



Dell Inc. é uma grande empresa de hardware de computador dos Estados Unidos da América.

História

Michael Dell fundou a companhia em 1984, enquanto ainda estudava na Universidade do Texas, nos Estados Unidos. Com somente mil dólares, a empresa foi fundada com o nome de PC´s Limited. Desde o seu dormitório, Dell começou a montar computadores construídos a partir de componentes em estoque.

Em 1985, a empresa fabrica seu primeiro computador com design próprio, o Turbo PC, que continha processadores Intel 8088 com a velocidade de 8MHz. A Dell então colocou anúncios em revistas de informática americanas para venda direta ao consumidores, além da possibilidade do consumidor escolher a sua configuração. Com isso, o preço final dos computadores era mais competitivo e o modo de compra mais conveniente. Com o sucesso da companhia, Michael Dell largou a faculdade para administrar seu negócio em tempo integral. Somente no primeiro ano, a companhia teve US$ 6 milhões brutos de entrada.

Em 1987, a PC´s Limited começou a operar também no Reino Unido. Nos quatro anos seguintes, 11 outros países também foram alcançados. Em 1988, a empresa adota o nome de Dell e suas entradas aumentam de US$ 30 milhões para US$ 80 milhões no primeiro dia de oferta pública de suas ações.

No ano de 1990, a Dell tentou vender seus produtos indiretamente através de supermercados e lojas de computadores, porém o sucesso foi muito tímido e a empresa voltou o foco no seu bem sucedido modelo de vendas diretas ao consumidor. Em 1992, a revista Fortune incluiu a Dell Computer Corporations na sua lista das 500 maiores companhias do mundo. Em 1999, a empresa ultrapassou a Compaq e se tornou a maior vendedora de PC´s nos Estados Unidos. A partir de 2004 a companhia expandiu seus produtos para multimídia e entretenimento com o lançamento de televisores, handhelds e jukeboxes digitais. No fim de 2004, a companhia anunciou a construção de uma nova fábrica no estado americano da Carolina do Norte.

Em fevereiro de 2005, a Dell apareceu em primeiro lugar no ranking das "Empresas mais admiradas", publicado pela revista Fortune.



Em 1903 nos Estados Unidos, o empreendedor James Lewis Kraft, com 29 anos de idade e com um capital inicial de US$ 65 e uma charrete, começou a vender queijos aos comerciantes de Chicago.

Desta forma, James deu os primeiros passos para a construção da maior indústria de alimentos e bebidas da América do Norte, e a segunda maior companhia de alimentos do mundo. Nascia ali uma organização inovadora que alia qualidade em produtos, com excelência em desenvolvimento.



A Herbalife é uma multinacional estadunidense presente hoje em 73 países, que atua na indústria de nutrição humana, distribuindo seus produtos através de marketing de rede, onde cada elemento é um distribuidor independente.

História

Em 1976, Mark começou a trabalhar vendendo Slender Now ("mais magro agora") dos Laboratórios Seyforth, uma empresa de marketing multinível. Quando a mesma fechou em 1979, ele passou a vender equipamento de ginástica e produtos para controle de peso para a Golden Youth, outra empresa de marketing direto. Quando esta outra empresa também fechou, ele decidiu abrir sua própria empresa para combinar a filosofia oriental de ervas medicinais com a filosofia ocidental de minerais e vitaminas.

Em Fevereiro de 1980, em parceria com Richard Marconi (responsável pelo Slender Now), ele abriu a Herbalife, com grande sucesso.

Em Março de 1985, o procurador-geral do estado da Califórnia, estimulado pela indústria farmacêutica acusou a empresa de seus produtos não serem seguros. A investigação federal resultou na retirada das acusações contra a empresa e o caso estadual foi concluído e seus produtos foram decretados seguros para o consumo, resultando assim, num dos primeiros episódios de vítória judicial de uma empresa nova e ainda frágil, contra grandes interesses econômicos.

Os dois artigos publicados no Journal of Hepatology fazem referência a casos que também se encontravam em análise pelas autoridades de saúde israelitas e suíças. A Herbalife tomou conhecimento destes casos e participou activamente nas investigações oficiais. A Herbalife acredita que os funcionários governamentais em ambos os países estavam inteiramente satisfeitos com a resposta da Herbalife até à data desta declaração.

Na sequência do inquérito levado a cabo pelo Ministério da Saúde (MS) israelita, a Herbalife reuniu uma equipa de especialistas internos e independentes das áreas médica e científica. Os nossos representantes e consultores externos reuniram-se com funcionários do Ministério da Saúde, fornecendo-lhes informações importantes sobre os nossos produtos. A Herbalife realizou todos os testes clínicos de produtos sugeridos pelo MS, incluindo testes a hepatotoxinas conhecidas, a metais pesados e pesticidas. Os resultados, fornecidos pelo MS, foram negativos em todos os testes.

É importante referir o facto de que a única morte de uma doente israelita, mencionada nos relatórios do MS israelita sobre o caso, envolvia várias comorbidades, conforme indicado por um dos especialistas contratados pela Herbalife: "Foi referido que a doente sofria de Hepatite B e C preexistentes [e] a presença destas duas graves infecções hepáticas crónicas subjacentes inviabiliza a conclusão de que o consumo dos produtos Herbalife tenha causado o grave distúrbio hepático da doente."



Johnnie Walker é uma marca de uísque escocês pertencente à Diageo e é produzido em Kilmarnock, condado de Ayrshire, Escócia. É a marca de uísque mais distribuída no mundo, vendida em quase todos os países, com vendas anuais de cerca de 130 milhões de garrafas.


História



Originalmente conhecido como Walker's Kilmarnock Whisky, a marca Johnny Walker é um legado deixado por John ‘Johnnie’ Walker depois que ele começou a vender uísque em sua loja, localizada em Ayrshire, Escócia. A marca se tornou popular apenas após sua morte, em 1857, quando seu filho, Alexander Walker e neto, Alexander Walker II estabeleceram a marca como uma das mais populares na Escócia.

Sob o comando de John Walker, a venda de uísque representava apenas 8% do faturamento da empresa, sendo que, sob o comando de Alexander, este percentual passou para uma margem entre 90 e 95%.

Até 1860 era considerada ilegal a venda de blended whisky. Neste período John Walker vendeu um grande número de garrafas de seu Walker’s Kilmarnock. Em 1865 Alexander produziu seu primeiro uísque misturado, o Walker’s Old Highland.

Alexander Walker criou a tradicional garrafa quadrada, que acompanha a marca até hoje, em 1870, possibilitando o armazenamento de um maior número de garrafas em um menor espaço físico. Outra característica padrão das garrafas de Johnny Walker é a logomarca, que é selada na garrafa em um ângulo de 24 graus. Uma curiosidade é que, em recente reportagem da folha de São Paulo, foi constatado que o Brasil é o país onde mais se consome o uísque Red Label no mundo.

Um comentário:

  1. Oi, Ronaldo

    Meus parabéns pela história das empresas. Seu blog é ótimo e seus textos são muito didáticos e explicativos. Só acho que você deveria diminuir a imagem que aparece lá no início.

    Quando puder visite o meu blog e deixe lá um comentário.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Olá! Exponha no quadro abaixo o que você achou do Blog, dê sua opinião de postagem, ou até quanto ao visual do Blog. Obrigado pela visita!

Ponto de vista

Postagens populares

*GOSTOU DO BLOG? TEM ALGUMA SUGESTÃO? ENTÃO DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI.